Reino de Cinzas

Reino de Cinzas Sarah J. Maas




Resenhas - Reino de Cinzas


20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Ley - @Livros_fantasy 17/05/2019

Uma conclusão épica, mesmo que tenha me destruído, vou sentir saudades ??
Reino de Cinzas é a conclusão da série de livros Trono de Vidro. Esperei por esse livro por anos e sinceramente, a espera toda valeu a pena. A quantidade de páginas não me surpreendeu nem me assustou nenhum pouco, fiquei extremamente empolgada para ler e tive minhas expectativas atendidas.

O título do livro é uma simples verdade referente ao livro. O reino de Aelin está desestruturado e uma guerra está a sua porta. Aqui, a guerra se inicia e parece não haver fim. A nossa rainha vadia e cuspidora de fogo não está ali para salvar seu reino e se encontra presa por Maeve cuja lealdade é pertencente somente à ela. Os aliados então se dividem tentando salvar Erilea das guarras de um rei demônio.

Havia muita coisa ainda para se resolver neste livro. Aliados era um dos principais quesitos, o resgate de Aelin, a relação de algumas pessoas, o destino de alguns reinos. Cada uma dessas peças foram se encaixando aos poucos. Tudo isso em meio a guerra. A preparação de todos os livros anteriores em relação a este momento foi feito e tudo foi finalmente revelado.

Sofri extremamente com o destino de alguns personagens, e o livro é cheio de tensão. Aelin aparentemente precisa dar conta da guerra dos deuses e de governar. Passei o livro todo temendo o que iria acontecer a seguir. Principalmente quando a vida de alguns personagens que gosto estavam por um fio.

Só que tudo não se resume a Aelin. Todos os outros personagens que fomos conhecendo ao longo da série tiveram seus respectivos papéis e um dos que mais gostei foi de Dorian. Ele sempre esteve presente desde o livro 1, mas seu envolvimento não parecia fazer parte de uma trama principal. Um fato que foi totalmente invertido em Reino de Cinzas. Dorian passa a ser um personagem extremamente inteligente, astuto e tomou totalmente meu respeito. As coisas que ele fez foi incrível. Cada pedacinho de plano que ele teve foi sensacional.

Ao mesmo tempo que ansiava para terminar o livro e saber o que iria acontecer, eu temia justamente o final. Não queria acabar uma das melhores séries da minha vida. Mas a história me prendeu e não consegui parar. Me arrependo de ter lido rápido, mas a conclusão foi épica. Eu não teria imaginado uma sequência de acontecimentos mais incrível. Ao mesmo tempo que a autora se concentrou em escrever uma guerra, ela conseguiu entrelaçar isso na vida dos personagens que criou. E digo de certeza, você terá que ler para saber do que estou falando.

Para ler Reino de Cinzas, é necessário ler os Spin offs A Lâmina da Assassina e principalmente o livro do personagem Chaol: Torre do Alvorecer. Neles contém revelações que foram importantíssimas para a conclusão da série. E os personagens descritos lá participam da conclusão também. Queria muito mais, mas estou contente com o rumo da série. Mesmo ela tendo me desestabilizado e tirado um pedaço de mim em alguns momentos.
comentários(0)comente



Aline.Brasil 10/05/2019

Maravilhoso!
Que final maravilhoso! A autora arrasou, todos os personagens envolvidos, lutando por um mesmo fim. Chorei em algumas partes, ri em outras, super emocionante. Um final épico, estória muito bem construída. Amei
comentários(0)comente



Keli 10/05/2019

Sensacional!!!
Final da minha série favorita!! E que final!! Foi uma sensação de sentimentos: dor, ódio, amor, esperança, tristeza e muita...
Sem palavras para escrever sobre esse livro fantástico. A autora conseguiu dar os desfechos para os personagens sem esquecer de ninguém. E ainda deixou um gostinho de quero mais!!!
Ainda vou ficar relembrando esse livro por um bom tempo!!
Quem não conhece a série eu super recomendo e para quem conhece não deixe de ler esse final sensacional!!
henry_peres 14/05/2019minha estante
Olá! Tire uma dúvida, por favor. É necessário ler TORRE DO ALVORECER antes ou posso ler o último que vou conseguir acompanhar o desfecho?
Obrigado pela atenção.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Malu 07/05/2019

Chorei , gritei , pulei até quase quebrar o sofá e fiquei feliz .
Com esse mix de sentimentos eu me despeço da melhor saga de livros que eu já li .
#TOG
Glauci 09/05/2019minha estante
Vou guardar para a vida!


Malu 11/05/2019minha estante
Com certeza !




spoiler visualizar
Glauci 09/05/2019minha estante
Senti uma abertura para a história de Manon e Dorian ..... merecia um desfecho, ou um apêndice. ... já imaginou? Que sonho .... ???


Nathy @literando_com_estilo 11/05/2019minha estante
Não duvido nada se mais pra frente a titia Sarah acabar publicando um spin off da série.. Eu gostei muito do final , mas deixa aquela brecha pra algo mais.


Bia 11/05/2019minha estante
POR FAVOR!! Spin-off da Manon!! Pode vim dona Sarah!


Glauci 12/05/2019minha estante
Urgente




Nanda 03/05/2019

TRONO DE VIDRO- REINO DE CINZAS
Estou aqui me despedindo de umas das minhas sagas favoritas da vida, com o coração quentinho e cheio de amor. Não é nem um um pouco fácil se despedir de uma saga e de personagens que você ama tanto, mas para todo começo, tem um fim, e a saga não perderia ter um final melhor. Eu poderia falar sobre cada personagem, e sobre como me senti, mas isso me renderia uma resenha enorme, e ainda assim, não conseguiria me expressar. O que a Sara J. fez nesse livro, foi sensacional. É tiro, porrada e bomba, quase não dá pra você respirar entre os capítulos, teve cenas que eu gritei, chorei. Mesmo quando o livro ficava pouco calmo, eu ainda ficava nervosa para o que ia acontecer. Eu preciso dizer a vocês, eu tenho muito orgulho das personagens femininas dessa saga, o tanto de mulher forte, corajosa, destemida, que não abaixa a cabeça pra nada, deixa meu coração imensamente feliz, elas são de aplaudir de pé! Amo cada uma delas, principalmente a minha rainha Aelin, que sofreu tanto, mas que nunca perdeu a esperança, nunca desistiu do sonho que era salvar seu reino e seu povo, a rainha da po##@ toda mesmo. Muitos dos personagens masculinos são incríveis, outros só dão raiva. Rowan, é claro, é meu favorito, não poderia deixar meu neném de lado, tão forte, corajoso, companheiro, aaaaah, eu só tenho elogios. Eu realmente tenho que parar de falar muito, senão eu vou soltar spoilers.. o livro é sensacional, foi um fechamento lindo, épico. O tanto que eu aprendi lendo essa saga, não foi pouco, eu tenho muito prazer de ter conhecido essa história e personagens tão incríveis, que ficou marcado do meu coração, e vai ficar sempre guardadinho aqui. Adeus, coração de fogo. Obrigada por tudo.
comentários(0)comente



Sam | @samquesente 01/05/2019

E aqui eu me despeço de uma saga que me ensinou tanto... Obrigada Trono de Vidro!!
comentários(0)comente



Man 28/04/2019

Que final foi esse...
Eu não tenho palavras para descrever o que esse livro fez comigo, 936 páginas de pura emoção, lágrima, suor, agonia e muita alegria, mais muita alegria mesmo.
Reino de cinzas é o final de uma série exemplar, todos os autores deveriam ler está e ver como realmente se fecha com chave de ouro uma série.
Ainda estou emocionada com o final, mas feliz e radiante. Agradeço a autora a cada página que li, a todas as mulheres maravilhosas que ela nos mostrou e nos fez ver que juntas somos melhores.
Não consigo explicar a emoção que estou sentindo é surreal. Todos deveriam ler essa série!!!
comentários(0)comente



Niájera 21/04/2019

Épico!
Sim, foram muitos livros, muitas histórias... personagens... amores e ódios....nada do que esperamos aconteceu... tudo que está ruim pode piorar....sofremos demais, ah como sofremos com cada personagem... sofremos mais ainda na espera de cada novo livro e veio Reino de Cinzas....o último....938 páginas onde sofremos, choramos e nos despedimos de Trono de Vidro de modo épico, surreal, perfeito.... Sarah nosso coração sofre por não termos mais Aelin, Rowan, Dorian, Chaol, Manon...mas se alegra por concluirmos tão brilhantemente essa saga. Para quem tem dúvidas se deve começar: Comece hoje!....para quem está no meio do caminho: Aproveite cada momento. Inesquecível!
Rodrigo Silvestre 22/04/2019minha estante
Aproveitarei kkkkkk


Niájera 22/04/2019minha estante
Rodrigo você não tem noção do que te aguarda...nossa, o que a Sarah fez é surreal. Foi épico!




Rita - @minhalma.literaria 20/04/2019

"Era uma vez, em uma terra que há muito se tornou cinzas, uma jovem princesa que amava seu reino..."
É muito difícil falar desse livro sem spoiler, mas nessa postagem tentarei ao máximo não dá-los e deixarei para conta-los em uma próxima.
O meu maior medo quando peguei o ebook desse livro foi não ter minhas expectativas atingidas... Porém, felizmente, elas foram totalmente superadas e esmagadas! Sarah nos entregou um final majestoso do início ao fim.
Acompanhamos a conclusão da transformação de Assassina-Que-NãoLiga-Para-as-Consequências para Rainha-que-Defende-Seu-Povo-até-o-Fim, foi emocionante ver como Aelin se desenvolveu nesse livro. Ao iniciarmos a leitura sabíamos que em algum momento ela se livraria de um certo cativeiro, mas pior que a saída foi a reconstrução depois. Como voltar a ser Aelin do Fogo Selvagem depois de ter seu espírito quebrado? É nesse ínterim que surge Rowan, sendo o seu companheiro e, acima de tudo, seu apoio, seu igual e sua âncora; ao mesmo tempo que o resto dessa parte da corte (Fenrys, Graviel, Lorcan e Elide) mostrava toda a sua união e força.
"E diga a ele que eu agradeço por caminhar ao meu lado na escuridão, em direção à luz."
No outro arco, Dorian, Manon e As Treze tinham a missão de reunir as Crochans e conseguir a terceira chave de Wyrd. Não eram tarefas fáceis e requeriam perdas, reflexão sobre si mesmo e aceitação. Aceitar o que era dado e usar aquilo em seu proveito. Aceitar o passado e seguir em frente. Ambos os monarcas se redescobrem juntos e se ligam de uma forma única, foram, sem dúvidas, o melhor casal da série. Dorian, que no último livro tinha ficado no canto em vários momentos, ressurge como um verdadeiro líder e estrategista nato, finalmente mostrando todo o seu potencial. Manon e As Treze representaram o significado de amizade e esperança, tentando ao máximo conseguir a união e paz entre as bruxas.
“É a misericórdia de um rei que você recebe, e eu sugiro que fique quieta por tempo suficiente para recebe-la”
Enquanto os últimos aliados se reuniam, Aedion e Lysandra tentavam proteger Terrasen das forças de Erawan. As cenas nesse núcleo foram cheias de batalhas e sofrimento, você é preso por todos os detalhes dos confrontos, das estratégias e das perdas. Aedion tentava ao máximo manter as forças do lorde da escuridão longe, enquanto todo o exército se perguntava o porquê da Herdeira do Fogo não usar seu poder, e foi aí que Lysandra cresceu. A metamorfa iniciou o livro tendo a missão de garantir que os aliados se mantivessem, se apresentando como Aelin, entretanto, sua participação transcendeu todos esses limites; Ela lutou bravamente, transmudada, nas linhas de frente, sempre segurando os opositores, até nos piores momentos. Ela se agarrou a promessa de proteger Terrasen e a honrou até o fim.

“Eu amo vocês dois - ela sussurrou. - E não importa o que aconteça, não
importa o quão longe possamos estar, isso nunca vai mudar.”
Como não amar Nesryn, Chaol e Yrene? A futura imperatriz e toda legião do Kaghan foi imprescindível, tanto em terra quanto no ar, com os Ruks (Meu sonho é ter um desses). E alguns conselhos de guerra com eles foram fantásticos, mantiveram todo o espírito que vimos em Torre do Alvorecer. E o que dizer de uma personagem que iniciou sua história em um conto de um livro extra, ignorado por muitos, e que chegou ao último livro como uma das protagonistas? É algo sem palavras, mas tão bem construído e embasado que você para e pensa: Como eu não pensei nisso antes? Como falar de um personagem que iniciou sendo amado, foi odiado e voltou nos braços da galera? (Para muitos leitores foram assim, nada como discutir a culpa do Chaol para movimentar um grupo )E o relacionamento dela com o Chaol não se torna um simples acaso, de jogar dois personagens importantes em um casamento para conseguir desenvolvê-los, mas sim uma união que move os dois, que dá forças para que consigam lutar e almejar um futuro melhor, além de dar espaço para ambos.
“Eu vou encontra-la novamente, em qualquer que seja a vida depois disso”
Ufa! Foi difícil não passar o dia todo escrevendo sobre esse livro maravilhoso, tive que tirar muita coisa para não acabar com o suspense de algumas surpresas, mas acho que consegui transmitir meus sentimentos. Espero que você também gostem desse desfecho e nunca esqueçam: “É a força disso que importa. Não importa onde você esteja, não importa o quão longe, isso vai levar você para casa. [...] Você não cede.”
Desi Bahls Tomeleri 20/04/2019minha estante
É mesmo muito difícil falar desse livro sem dar spoiler! E pior que a gente quer contar porque é tão bom. E sempre digo pras pessoas não ignorarem A Lâmina da Assassina porque ele faz muita falta.




Bianca.Beppler 15/04/2019

3 palavras
Ressaca literária eterna
Niájera 21/04/2019minha estante
Acabei hoje. O que faço da vida? Rssss




Camila Camargo 04/04/2019

Perfeito!
O que dizer dessa série de livros maravilhosos? Simplesmente perfeitos! Todos os livros são lindos, nos surpreendem a cada página, mas o final? Foi épico!!! Não tem como não se emocionar com esses personagens tão cativantes, que foram crescendo, amadurecendo e nos encantando ao longo da série. Super recomendo! Uma das melhores sagas que já li??
comentários(0)comente



Thuany 02/04/2019

Que final !
Gente, não vou fazer uma resenha, mas sim meu comentário sobre o livro.

Durante toda a narrativa acompanhamos o progresso de cada grupo de personagens, estão todos espalhados tentando se reunir para a grande guerra.

Dorian e Manon, junto com as Treze, estão atrás das Crochans para pedir apoio na guerra. O rei por sua vez, apesar de colaborar com as bruxas tem seus próprios planos, ir para Morath em busca da última chave de Wyrd. [Preciso dizer que eu simplesmente adoro Dorian e Manon.]

Rowan, Lorcan, Elide e Gavriel estão em busca de sua Rainha. Aelin está sob domínio de Maeve não se sabe onde, assim como Fenrys. E os quatro estão em seu rastro desde o dia em que ela foi tirada deles.

Aedion e Lysandra estão em Terrassem, preparando seu exército junto a aliados conquistado por Alein, enfrentando os Valgs e tentando de tudo mesmo contra todas as probabilidades.

Chaol e Nesrym estão retornando do Sul, juntando com Yrene e as curandeiras da Torre assim como Sartaq e seus irmãos e exército.

Aelin e Fenrys estão vivendo o inferno. Ela sendo torturada dia após dia, sem folga. E ele, preso em sua forma de lobo, sendo obrigado a assistir sua tortura. Sem poder fazer nada, preso ao seu juramento.

O livro todo é muito bem narrado, te prende de uma forma doentia. Uma montanha russa de emoções, aperto no coração por cada acontecimento, momentos desesperadores em que você desiste junto com as personagens. Outros, chora junto ou comemora.

O final foi digno de cada momento que passei lendo essa saga, de cada evento ocorrido. A prova de que todo personagem teve sua importância crucial. De que todos cumpriram seus deveres.

De forma leve a autoura, Sarah J. Maas, nos apresenta personagens femininas poderosas, independentes, com valores e participação. O verdadeiro empoderamento feminino, sem ser algo inédito na história, apenas mais uma mulher sendo maravilhosa como tantas outras. Mulheres que trabalham juntas e se valorizam ao invés de competir. Mulheres que lutam por um futuro melhor. A mistura de raças, que almejam o melhor pra si. Sacrifícios por causas maiores, por amor.

Um livro com tantos personagens que não se perdem, todos tem seus papéis e a autora foge do clichê onde o protagonista sempre salva o mundo. Sozinho, melhor que todos.

Maravilhoso !

comentários(0)comente



Mille 27/03/2019

Meu coração!
Como eu tinha lido Cortes de espinhos e rosas (Minha série favorita da vida) primeiro, eu tinha um certo medo de me decepcionar com Trono de vidro. O porquê eu não sei.

Confesso que não gostei tanto no começo quanto gostaria, quase parei no meio do segundo livro. Certo dia, peguei e voltei a ler, me peguei me odiando por ter parado bem em umas das melhores partes. E não parei, me vi presa em outra série da Sarah, que se transformou em um dos top 10 séries e trilogia favorita.

Quando peguei esse livro, fiquei me perguntando se seria o último ou não. (Meu coração não aguentaria um ano de espera)

Então vamos ao que interessa: Incrível, seria a palavra certa. Personagens maravilhosos, vilões odiaveis, romance a beça, batalhas, sangue, bruxas, serpentes aladas e feéricos sendo bestas territoriais.

Não tem como não descrever essa maravilha em forma de palavras e Sarah mais uma vez me surpreende me fazendo me apaixonar e ter o coração partido pelos livros dela!
comentários(0)comente



20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2