Nefilins

Nefilins M. Marques




Resenhas - Nefilins


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Xande 06/03/2021

Uma trama fantástica bem construída no Rio de Janeiro
Gostei bastante do livro! Uma ficção fantástica muito bem desenrolada na minha cidade maravilhosa. Um ponto intetessante do livro é o passeio que damos pela cidade, con as descrições das passagens pelos diversos bairros.
Tem um acontecimento no livro que nos traz a mesma sensação quando ocorre aqui no Rio. Mas isso você terá que ler pra saber e entender...
Marlon.Marques 07/03/2021minha estante
Muito obrigado por sua resenha, Xande! Satisfação saber que a aceitação tem sido positiva junto aos cariocas. Esse Rio de Janeiro e Maravilhoso e merece ser cantado em prosa e verso!


Xande 07/03/2021minha estante
Sim, sim... e foi super interessante conseguir passear nessa Cidade Linda, com muitos problemas, mas ainda linda! Obrigado por decidir usar essa cidade encantadora pra essa ficção tão bem bolada!




spoiler visualizar
Marlon.Marques 22/08/2020minha estante
Muito obrigado pela resenha, Lune! Uma alegria imensa quando leitores se dispõem a falar sobre o livro.
Aproveito para dizer que acabei de escrever a continuação de Nefilins.
Agora é dar os últimos retoques no texto, fechar parceria de sucesso com a editora e publicar.
Forte abraço e tenha um excelente fim de semana.
M. Marques


Facebook: https://www.facebook.com/marlon.marques.750546
Twitter: https://twitter.com/MarlonTMarques
Instagram: https://www.instagram.com/marquestmarlon/




Aelita Lear 17/05/2020

O Rio de Janeiro como você nunca viu!
Nefilins é um livro absurdamente bem construído. Com uma história cativante, vamos conhecendo um lado diferente da cidade Rio de Janeiro e descobrindo uma rede extensa de segredos envolvendo a igreja, que deixará você de queixo caído. Os personagens são incríveis, suas personalidades são tão únicas, que parece que se tratam de pessoas reais.
O livro é cheio de ação e com descrições maravilhosas, cenas tão perfeitas que também parecem reais. Você entra na história de tal forma que ficará impressionado ao terminar o enredo. Particularmente, amei a cena do baleiro e a cena do arrastão. Que que foi isso, meu deus! Parecia que eu estava lá!
A escrita do autor é maravilhosa, perfeita em diversos pontos. Algo que chamou demais minha atenção foi a extensa pesquisa feita para a construção do universo narrado. Além de ser um livro excelente, você ainda aprende muito da história do Rio de Janeiro e suas minúcias.
Recomendo demais a leitura, me deixou com um gostinho de quero mais!
comentários(0)comente



Evelin Janiny (@evelinjaniny) 06/06/2019

Por meio de uma visão do Papa Leão XIII uma verdade aterradora é revelada: a Igreja será controlada pelo Mal. Passado pouco mais de um século Monsenhor Essheight lidera a instituição mais poderosa da Igreja e está disposto a tudo para concretizar a visão do Papa cuja instituição leva o nome. Do lado do Mal, Balrog – o demônio escolhido por Lúcifer – ajusta os últimos detalhes à tomada do poder.
Mas haviam algumas pedras no meio do caminho chamadas: Nefilins. mistura de homens com anjos. Que vão sair do anonimato e atrapalhas os planos de Balrog.
O Rio de Janeiro é palco de uma disputa acirrada entre o bem e o Mal, nada é coincidência nesse cenário caótico, tudo está interligado. Cada acontecimento é complemento de uma grande trama.
Nefilins é um livro rico em detalhes e crenças, somos apresentados a várias religiões e passamos a conhecer um pouco sobre cada uma. A ambientação do livro também é muito detalhada, cada lugar do Rio de Janeiro que o autor descreve te faz imaginar a cidade com perfeição (gostaria de ter lido no Rio pq com certeza eu faria um tour pela cidade haha).
O livro é repleto de mistérios e conexões inteligentes, eu adoro um livro que consegue interligar os acontecimentos e as pessoas. Fantástico!
Nefilins também exalta a amizade e confiança, os protagonistas são amigos mais chegados que irmãos, eles estão dispostos a proteger ou se precisar dar a vida um pelo outro.
Esse livro é uma verdadeira disputa, uma corrida contra o tempo, cheio de descobertas fundamentais para vencer e também autoconhecimento, ao longo do livro vários personagens vão se descobrindo e alguns são surpreendentes.
Um dos grandes mistérios do livro é a identidade do Rafael e a capacidade dele, pois tanto o Balrog quanto o Monsenhor não querem que ele "acorde" pois o rapaz não tem conhecimento da própria natureza.

site: https://www.instagram.com/oslivrosdaeve/
comentários(0)comente



Thaisa 17/05/2019

Por Thaisa Lima no blog Minha Contracapa
Você gosta de livros de fantasia com temática angelical? Se você gosta, te convido a conhecer Nefilins do M. Marques.

Em Nefilins temos a cidade do Rio de Janeiro como cenário. A criminalidade, o tráfico de drogas e de armas, assassinatos, e acordos escusos, caminham lado a lado com uma cidade rica em belezas naturais. É exatamente esse ambiente, com os dois lados da moeda (o belo e o feio), que o autor insere o leitor com sua narrativa rica e detalhada. Ele brinca com o leitor, despertando em nós o sentimento de medo (o submundo do crime) e o desejo de passear pelas belas ruas da cidade. Me senti caminhando por cada canto do Rio, junto aos personagens.

É difícil contar nessa resenha partes da história, pois a menor informação que eu der, será um grande spoiler, tirando do leitor o fator surpresa. Acredite, vocês encontrarão muitas surpresas… Mas, posso dizer que dentro das 332 páginas, vivenciamos a luta entre o bem e o mal de uma forma nada convencional, que acaba chocando um pouco o leitor. Aquilo que esperamos lutar pelo lado do bem, nem sempre é o que toma essa decisão…

De um lado nós temos demônios e um grupinho seleto da igreja, lutando para se fazer cumprir uma visão do Papa Leão XIII, que presenciou um bate papo de Jesus com Lúcifer, onde o mesmo afirmou que a igreja seria dominada pelo mal.

Do outro, 4 jovens que precisam esconder quem realmente são, – ou serão caçados até a morte – que lutam com todas as forças para evitar que o mal domine a humanidade e os mate no meio do caminho. Não, não é aquela historinha onde os renegados da sociedade são os verdadeiros mocinhos… é bem mais que isso, e é justamente isso que deixa a história tão interessante!

Bom, a narrativa em terceira pessoa é intercalada entre a visão de 3 dos nossos protagonistas e isso nos aproxima ainda mais da história. Confesso que as subtramas que se apresentam no início do livro, e a forma na qual o autor escolheu para narrar, me deixaram confusa, dando uma impressão de que a trama central não caminhava. Na verdade, ela estava caminhando e eu quem não notei isso de imediato. Minha leitura inicial foi bem lenta, mas depois que entendi o que estava acontecendo, a coisa deslanchou e fluiu melhor.

Um ponto que me incomodou um pouco na história foi o fato do autor nos apresentar fatos, nomenclaturas e algumas coisas sem uma explicação prévia, me deixando com a impressão de que estava lendo um segundo livro e que havia perdido algo. Milhões de perguntas rondaram minha cabeça e algumas ficaram sem respostas. Conversando com o autor sobre essas pontas soltas, o mesmo me informou que isso foi proposital, pois as respostas virão no segundo livro. E por falar em segundo livro…

O final de Nefilins é totalmente desesperador. Eu fiquei chocada com o desfecho e muito desesperada pela continuação. Junte o desespero de achar que “tudo que fizeram foi em vão” com “mas o que vai acontecer agora?” , e com várias perguntas sem resposta, que você vai se deparar com uma leitora curiosa arrancando os cabelos e querendo matar o autor!

Em resumo: com um início que me deixou bastante confusa, porém instigada, Nefilins me conquistou no momento em que me situei e me acostumei com o universo criado por M. Marques. O livro é cheio de ação, nos deixa com milhões de perguntas (algumas sem respostas, propositalmente) e desesperados com o final de tirar o fôlego!

Livro mais do que recomendado para o público jovem adulto que gosta de fantasia sobrenatural com uma pitada de suspense!

site: http://minhacontracapa.com.br/2019/05/resenha-nefilins-de-m-marques/
comentários(0)comente



Marlon.Marques 02/04/2019

Nefilins: (re)-descobrindo o Rio de Janeiro
Nefilins convida o leitor a passear por uma das grandes metrópoles do planeta - o Rio de Janeiro - , seus bairros, cultura, igrejas e monumentos. Importante ressaltar que o livro lida com personagens fantásticos – nefilins e demônios – em convívio com personagens históricos – Papa Leão XIII, Estácio de Sá, Duque de Caxias, em uma narrativa intrínseca e cheia de descobertas.

O livro trata do pior e o melhor da Cidade Maravilhosa, em que tudo acontece e não existem coincidências.

Nefilins tem por base uma visão papal demoníaca e como personagem principal um Rio de Janeiro sincrético e místico, cujas histórias e belezas passam despercebidas pelos cariocas. Bala perdida, assassinatos, sequestro relâmpago, corrupção, tráfico de armas e guerra de facções são encadeados de forma única e mostram o pior e o melhor de uma cidade em que tudo acontece e não existem coincidências. Uma visão do Papa Leão XIII revelou uma verdade aterradora: a Igreja será controlada pelo Mal. Passado um século, Monsenhor Essheight lidera a instituição mais poderosa da Igreja e está disposto a tudo para concretizar a visão do Papa cuja instituição leva o nome. Do lado do Mal, Balrog – o demônio escolhido por Lúcifer – ajusta os últimos detalhes à tomada do poder, a ser sacramentada no Brasil, país com o maior número de cristãos no mundo, mais especificamente no Rio de Janeiro. Só não contava que seu plano perfeito forçaria a saída dos Nefilins – mistura de homens com anjos – e de Rafael do anonimato. Este último, um jovem sem pleno conhecimento do que Mehiel (seu irmão) é, assim como desconhece sua própria verdade. É alguém, enfim, que dorme em ignorância. Desperta-lo é o que tanto Essheight quanto o Mal querem evitar a todo custo.


site: http://www.selojovem.com.br/pd-62d94f-nefilins.html?ct=&p=1&s=1
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6