Encontre-me Ao Entardecer

Encontre-me Ao Entardecer Lucy Vargas




Resenhas - Encontre-me Ao Entardecer


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Mary 05/07/2019

@enquadrandolivros
"Encontre-me ao Entardecer" é o primeiro livro da série Rosas entre Margaridas, e o mais recente lançamento da Lucy Vargas pela Editora Charme. Já sabia que ia adorar essa história, mas não fazia a menor ideia de que ia amá-la tanto. Aqui temos um romance de época divertido e reflexivo.

No livro vamos conhecer Eloisa, uma jovem que se prepara para sua primeira temporada em Londres, mas ela já tem em mente como será seu futuro. Eloisa pretende aproveitar Londres ao lado de seus melhores amigos, enquanto seu amado termina a faculdade para enfim, eles se casarem. Mas após um trágico encontro com seu pretendente, a vida de Eloisa sofre uma reviravolta.

Ao mesmo tempo que Eloisa tenta seguir em frente, ela começa uma amizade com o melhor amigo de seu primo, Eugene. O jovem acaba de retornar após um acidente que sofreu enquanto estava na Guerra contra a vontade de sua família. Como consequência, Eugene está ferido e lutando para voltar a andar, ao mesmo tempo em que faz de tudo para ficar cada vez mais solitário e rabugento. Mas Eloisa não desiste fácil, e aos poucos vai criando um laço com ele. Eloisa acaba indo para Londres e após dois anos ela se reencontra com Eugene, e agora, chegou a vez dele fazer de tudo para se aproximar dela, mas agora, Eloisa é uma mulher madura, e Eugene vai precisar provar que realmente quer Eloisa em sua vida.

Ah, como eu amei essa leitura. A escrita da Lucy fala diretamente com o leitor através de uma trama extremamente romântica e uma narrativa leve e jovem. A história é divertida, apaixonante e emocionante na medida certa. E um ponto bem positivo e o que eu achei um diferencial, foi a forma como o casal principal se apaixona, não foi aquela química instantânea típico do gênero, nesse livro, a autora construiu um romance com um toque mais realista, fazendo os personagens se conheceram antes de entrar de cabeça em uma paixão. A edição da Editora Charme está belíssima, a capa transmite o quanto a história é apaixonante e a diagramação está bem cuidada e caprichada.

Para os amantes de romance de época, leiam, tenho certeza que vão amar tanto quanto eu.

site: www.instagram.com/enquadrandolivros
comentários(0)comente



Deborah.Rodrigues 07/07/2019

Inglaterra 1815. Eloisa, Sra. Durant, filha única do Barão de Perrin, é uma jovem ingênua, cheia de vida e que adora aprontar pelos campos com os seus melhores amigos. Acredita que Thomas, um de seus amigos, é o seu grande amor e que irão se casar após ela ser apresentada nas temporadas de Londres.
.
Eugene Harwood, filho mais novo do Duque de Betancourt, acaba de retornar da guerra e está se recuperando de ferimentos graves, que quase lhe tiraram a vida. Ele é vizinho dos Durant e amigo do primo de Eloisa, que, querendo saber como Eugene está se recuperando, decide lhe fazer uma visita ao entardecer. Eloisa acaba trazendo um pouco de leveza e descontração para os dias de recuperação e incerteza de Eugene.
.
A combinação de rebeldia com ingenuidade não é uma boa mistura e a impulsividade de Eloisa a colocará numa situação bastante delicada, que porá em xeque a sua honra e fará ruir o seu "conto de fadas", pois quem ela acredita que irá lhe proteger se acovarda e a abandona, trazendo não só um coração quebrado mais uma grande decepção.
.
Muitas situações e perdas sucedem esse acontecimento e Eloisa acaba partindo para Londres. Se torna a rosa entre as margaridas, protegida do grupo de amigas de sua tia Rachel. Com elas Eloisa irá aprender a se portar, se vestir e a controlar a sua impulsividade (ou nem tanto kkkk). Em Londres, na temporada de 1818 é quando Eloisa e Eugene voltam a se encontrar, e ele fará de tudo para conquistá-la e fazê-la feliz.
.
Encontre-me ao Entardecer foi o meu 1° contato com a escrita da Lucy Vargas. Confesso que num primeiro momento tive dificuldade de me conectar com os personagens, mas depois a leitura engatou e me apaixonei pelo Eugene. O que mais gostei nesse livro foi que o relacionamento deles aconteceu de forma gradual, foi construído capítulo a capítulo e não de um dia para o outro. Mas, as atitudes da Eloisa me irritaram um pouco, ela era muito indecisa, mesmo diante da inúmeras provas que Eugene lhe deu que a queria, no entanto, no final ela consegue se redimir, ufa kkkk. É uma história que recomendo, me diverti muito com o grupo de Devon e seu apelidos inusitados. Vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



Ruby @pequena_estante27 04/07/2019

Demorou mas saiu...
...a resenha desse romance lindo que me conquistou de um jeitinho bem especial ? e que ja estou ansiosa para o próximo ?
.
Lady Eloisa é uma jovem dama que nao liga para os padrões, esta sempre com seus amigos, caminhando ou cavalgando. Conhecida como a Srta. Sem Modos, esta despreocupada com certos assuntos e vive aprontando insanidades. Dona de uma personalidade marcante e quando quer algo ela nao desiste;

Lorde Eugene é um ex militar e devido as suas feridas de guerra possui um humor ácido, ele sabe apenas distribuir "patadas"; Limitado a apenas "caminhar" por entre sua propriedade, ele prefere ficar sozinho ou quando necessário esta na companhia de seu fiel amigo.

E é durante seus momentos de descanso que Eugene recebe em todo entardecer a visita de Eloisa. Mesmo quando é tratada com ácides, ela volta.

Duas personalidades diferentes, será que um ex militar e uma dama sem modos, podem vir a se apaixonar?
.
Esse é o primeiro livro de Romance de Época que leio pequenos, e confesso que de início achei mesmo que não ia gostar, mas me enganei e errei feio.
Eugene tem uma personalidade marcante que gostei logo de cara, já a Eloisa é uma mocinha que havia certos momentos em que eu queria colocar ela de castigo ?. A escrita da Lucy Vargas flui de um jeitinho tão gostoso, que é impossível largar a leitura.
.
Se indico está leitura?
Com toda certeza ?
.
Se apaixonem por esse Lorde Rabugento vulgo Eugene e pela nossa Sra Sem Modos Lady Eloisa e vamos apreciar com eles um lindo Entardecer ?
comentários(0)comente



crislane.cavalcante 20/06/2019

Um Eugene para chamar de meu
A sinopse não entrega muito mas revela o teor central da trama: dois jovens acabam se apaixonando em meio as suas dores. Lorde Eugene possui um humor ácido e adora "dar patadas" em Eloisa quando ela o visita em seus piores momentos, mas a moça que não é nada convencional, não se intimida com esse soldado ferido, pelo contrário, estranhamente se sente reconfortada por esse moço que precisa desesperadamente de um ombro amigo. A cada livro e a cada personagem masculino a Lucy é feliz nas criações de seus protagonistas. Eugene parece não ter um pingo de romantismo em seus ossos mas não é que esse Lorde nos surpreende com sua intensidade e determinação em cortejar, visitar, passear e dançar em todos os bailes possíveis com Eloisa? me arrancou suspiros e alimentou mais ainda minha ilusão de que um homem perfeito assim só na ficção mesmo, né? Olha só a intensidade dele:

" -Eu nunca me apaixonei antes, não amei mulher alguma. Não tive tempo ou oportunidade, e confesso que nem interesse. Eu não sei como é, não sei descrever. (....) Porque eu quero que se apaixone por mim.Seja lá como explicam isso, mas a forma como eu a quero não é normal. Com certeza não é saudável, e pouco me importo com o adequado ou mesmo com minha dignidade. Nunca senti tanta vontade de abandonar meu orgulho e começar a confessar o que sinto."

E foi aí que caí na armadilha de Eugene e coitada da Eloisa que não sabia nem como reagir a tamanha intensidade e sinceridade.

Eloisa é completamente diferente de seu amado, despreocupada, adora cometer umas insanidades aqui e acolá (não é atoa que seu apelido é a Srta.Sem modos) mas ó essa personagem tá de parabéns: foi lá e mostrou pro nosso querido Eugene que se ele se declarou agora teria que se responsabilizar pelo seu ato rs.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4