Lugar de fala

Lugar de fala Djamila Ribeiro




Resenhas - Lugar de fala


76 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


pirjedi 25/11/2020

Reli e confesso que terei que reler mais uma vez
Eh preciso entender que mesmo na intenção de ajudar alguém é possível atropela-lá. Eu por tempos venho tentando entender qual é o papel do branco na luta contra o racismo. Não é um tema fácil que se entende de um dia para o outro. Apesar de dar um norte é necessário ler de muito mais autores negros e buscar em muitas outras mídias o entendimento necessário pra se colocar nessa luta enquanto pessoa branca.
comentários(0)comente



Julha 17/11/2020

A importância da busca pelo entendimento
Para mim todos os textos da Djamila e de outras autoras sempre é uma pilula vermelha. Escolher abraçar o conhecimento e entendimento do que essas mulheres tem a dizer é nao deixar a ignorancia reger nossa compreensão de mundo, ainda mais quando se é uma pessoa privilegiada, seja pela cor da sua pela, pela sua condição econômica, por seu genero ou orientação sexual.
comentários(0)comente



Juliana 03/11/2020

?Há pessoas que dizem que o importante é a causa, ou uma possível ?voz de ninguém?, como se não fôssemos corporificados, marcados e deslegitimados pela norma colonizadora. Mas, comumente, só fala na voz de ninguém quem sempre teve voz e nunca precisou reivindicar sua humanidade. ?
comentários(0)comente



Iza 21/10/2020

Achei a linguagem um pouco complexa e densa, com conceitos filosóficos, referências à outros teóricos, etc. Parece um artigo científico mesmo, parece um trabalho acadêmico. Podia ser uma leitura mais simples de compreender e acessível (o que acredito que seria a proposta dos livros que fazem parte dessa coleção). Independente disso, achei uma leitura muito pertinente e esclarecedora, vale muito a leitura. Eu aprendi muito e abriu bastante minha mente pro assunto.
comentários(0)comente



cass 12/10/2020

Um livro extremamente necessário
os livros da djamila ribeiro sempre me atraem, uma leitura necessária, tanto para os oprimidos quanto para os opressores.
comentários(0)comente



Giselegcintra 06/10/2020

Sensacional!
É o livro que eu menos tinha ouvido falar da Djamila Ribeiro, mas o que eu mais gostei até agora.

Aprendi demais e organizei mentalmente várias questões que eu tinha aqui dentro. O discurso da autora consegue ser profundo, alcançando a relevância do tema, mas tudo é passado de forma bem didática.

Excelente livro.
comentários(0)comente



eduarrdalima 01/10/2020

Lugar de fala
Essa é uma obra da Coleção Feminismos Plurais que traz os temas que rodeiam o feminismo de maneira bastante didática. O livro é bem curtinho mas muito completo, e por isso fiz inúmeras marcações (veja passando para o lado)

O livro de Djamila Ribeiro fala então do feminismo negro. O primeiro capítulo traz um panorama mais histórico do movimento feminista negro trazendo autoras que falam também sobre o assunto. O segundo capítulo fala um pouco sobre o sujeito da “mulher negra” e seus direitos e reivindicações e a importância para dar voz a esse grupo marginalizado.

Sendo o livro dividido em quatro partes, nas últimas duas a autora aprofunda o conceito de Lugar de Fala, Djamila mostra aqui suas teses que levam o leitor a uma maior reflexão sobre a construção de conhecimentos a respeito da emancipação social, marginalização da mulher negra na sociedade e para dar luz ao seu lugar de fala historicamente excluído, dando voz aquelas que nunca ocuparam espaços privilegiados.

Para Djamila o lugar de fala não é individualizado e sim estrutural, um ponto de grande importância para a obra que todos deveriam ler.

site: https://www.instagram.com/p/B-sXVmNDdM9/
comentários(0)comente



Jeniffer.Santos 28/09/2020

Aprendizados
Djamila, como sempre, nos traz aprendizados necessários, de forma direta e didática, com dados que chocam, nos revolta e nos fazem querer aprender mais para não cometer os mesmo erros.
comentários(0)comente



Dani Cruz 27/09/2020

Todo mundo tem lugar de fala
Lugar de fala é um livro para desmistificar o conceito usado, muitas vezes de maneira equivocada, em debates sobre determinadas pautas, principalmente sobre o racismo. Todo mundo tem lugar de fala. Leia pra saber do que se trata. Estude pra descobrir qual é o seu.

Mais uma obra de Djamila que termino com muito proveito. É inevitável fazer um link com as outras obras da autora, como 'Pequeno Manual Antirracista' e 'Quem tem medo do feminismo negro?'. Leituras importantes que merecem ser indicadas.
comentários(0)comente



Sancha 21/09/2020

Quando falamos?
O livro "Lugar de Fala", sinaliza para algumas questões que vão além da representatividade com relações de poder, que ainda se configuram como sendo excludentes para com as mulheres negras, já que as lutas relacionadas ao feminismo não contemplavam as dificuldades que as mulheres negras O livro Lugar de Fala aborda algumas temas como: *O mito da Mulher frágil ( a mulher branca), porém excludente para as mulheres negras; *Conhecer seu lugar no debate - Todos temos um lugar de fala, mas não podemos falar no lugar do outro explanando sobre as experiências alheias, entretanto pode se falar a partir da própria experiência da individualidade para o coletivo. * Representatividade - As relações de poder interferem nas discussões já que a representatividade não se dá por meio de se falar sobre eles, mas ser dito por eles. * Desconstrução - As relações de poder sempre silenciaram aqueles que foram os coadjuvantes por terem sido silenciados enraizando o "ponto de vista universal" onde apenas um pode falar por todos, geralmente homens e brancos. Descontruir essas relações de poder, dando o lugar de fala a quem realmente tem propriedade na fala.
Enfim, todos podem falar, mas não podemos falar pelo outro.
comentários(0)comente



Ana Claudia 21/09/2020

Djamila consegue em poucas páginas e de forma didática ensinar o que é local de fala, mostrando que não é um espaço de exclusão, experiências individuais ou de hierarquização de opressões.
Djamila parte da concepção de Foucault sobre o que é o discurso, para mostrar como grupos historicamente subalternizados ainda seguem sendo silenciados e sem um horizonte de possibilidades.
O racismo à brasileira, ou ainda, por denegação, como mostra Lélia Gonzalez, gerou impactos diferentes em países da América Latina, que ao contrário dos EUA, por exemplo, tiveram que lidar com o mito da democracia racial. Essa ideia de que somos iguais por causa da miscigenação, gerou uma falta de consciência política principalmente em grupos marginalizados. Depois de ler Lélia Gonzalez, as ideias trabalhadas por Djamilia sobre a importância do local de fala, fizeram ainda mais sentido.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jugirassol 17/09/2020

As pessoas começaram a utilizar o conceito de lugar de fala de uma forma muito simplista. Aqui, Djamila consegue, em poucas páginas, explicar de fato o que é lugar de fala, considerando o papel de cada um no sistema social. Leitura interessantíssima e necessária.
comentários(0)comente



náthaly 04/09/2020

finalmente tive a oportunidade de ler mais uma livro de djamila ribeiro, logo o que mais tinha curiosidade, e nada me surpreende ter adorado.

adoro como djamila cumpre seu discurso de trabalhar temas de certa complexidade, como toda didática possível não deixando nada passar e usando referências de primeira linha.

se ainda tem o conceito de 'lugar de fala' confuso dentro da sua cabeça ou acha que não o tem, esse livro é pra você.
comentários(0)comente



Carlos 28/08/2020

Inesperado mas excelente
A autora apresenta as ideias de maneira impecável e completa se considerarmos que o livro é tão curto, foram diversas as vezes que me peguei relendo partes e refletindo vários minutos para melhor entender o conteúdo, em outros momentos me senti desconfortável com o que/como foi apresentado algumas coisas, algo que julgo ser benéfico neste caso, pois acredito que é um dos efeitos que deveria ter em pessoas de meu "grupo social".

Mas devo admitir que a leitura foi diferente do que imaginei que seria. Fui influenciado pelo título do livro, que não faz tanto jus ao conteúdo. Talvez um título mais adequado fosse "Feminismo Negro".
Independente disso o saldo que tiro desta leitura é muito positivo.
comentários(0)comente



76 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6