Com os Olhos do Coração

Com os Olhos do Coração Amie Knight




Resenhas - Com os Olhos do Coração


23 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Nayara - @nay.e.os.livros 18/08/2020

Com os olhos do coração
?Há uma linha muito tênue entre o amor e o ódio?.

Vou começar dizendo que eu amei essa história!!!

Ainsley vivia com a mãe e com a prima Lori, que foi abandonada pela mãe. Quando Lori foi morar com elas, Ainsley tinha quatro anos e as duas se tornaram inseparáveis. Ainsley também tinha uma amiga chamada Miranda, as três eram bem felizes juntas.

Adrian se muda para a casa ao
lado da de Ainsley e Lori, e o menino é automaticamente sugado para o clube das meninas e acabam ficando inseparável. Os três acabam formando um laço de amizade muito forte e essa amizade só vai aumentando conforme as crianças vão crescendo. Eles eram totalmente inseparáveis.

Na adolescência as atitudes de Lori acabam mudando, mesmo com todo amor que ela recebe de Ainsley, da mãe dela e do Adrian, ela se sente deprimida por causa do abandono da mãe. E Ainsley e Adrian acabam confessando seu amor um pelo outro e iniciando um relacionamento.

Mas, uma tragédia acontece e todos ficam devastados, Ainsley acaba tomando uma atitude drástica e vai embora sem nem se despedir de ninguém. Depois de 4 anos longe, por causa de um problema de saúde da mãe, ela acaba voltando pra casa e ainda tem medo de não conseguir lidar com a perda que a fez ir embora e com o fato de que provavelmente Adrian a odiasse.

Nesse retorno pra casa depois de tanto tempo, Ainsley percebe que Miranda e Adrian, cuidaram muito da mãe na ausência dela e que por mais que ela queira fugir de Adrian, ela não consegue negar que ainda é loucamente apaixonada por ele.

Essa é uma história sobre perdas e luto, não da pra julgar a Ainsley pela decisão de ir embora, cada um vive o luto de uma forma.
Eu gostei demais dessa história cheia de amizades incríveis, e um amor tão forte que nem o luto, a mágoa e o tempo puderam apagar. Recomendo demais essa história eu gostei muito mesmo.
comentários(0)comente



Eu_Romanceando 12/08/2020

Com os olhos do coração
Ainsley, Lori e Miranda se conhecem desde pequenas e a esse trio é incluído Adrian que se muda para a vizinhança e com o passar do tempo se tornar inseparáveis.
Ao se tornarem adolescentes a amizade entre Ainsley e Adrian vai se transformando em um amor verdadeiro e é nesse momento que um dos quatro amigos passa a ter um comportamento depressivo e atitudes destrutivas. E esse comportamento acaba se transformando em uma tragédia.
Sentindo-se culpada e de luto tudo que Ainsley quer é sumir e esquecer as lembranças que machucam seu coração, essa dor a leva a ir embora, abandonando todos a sua volta, inclusive seu grande amor, Adrian.
Anos se passam e mesmo assim o vazio ainda a persegue até que ela é obrigada a voltar para casa - sua mãe está enfrentando um câncer e precisa de cuidados. Nada permanece como antes e ela precisa enfrentar seus medos e tudo que abandonou ao fugir.
Com o retorno de Ainsley, Adrian precisa superar a raiva e a mágoa que ser abandonado em meio a tragédia lhe causou.
Esse é um livro que traz a dor luto, a força do perdão e do amor, e muita reflexão. Até onde nossas atitudes podem ser egoístas, se devemos nos colocar em primeiro lugar ou se vamos estar ao lado de quem amamos apoiando e dando amor incondicionalmente.
No geral foi uma leitura emocionante, com drama na medida certa e como eu disse muitas reflexões. Algumas atitudes da protagonista me deixaram com ressalvas, porém é obvio que cada um enfrenta o luto de uma forma, isso é bem pessoal. Em compensação Adrian com seu coração cheio de amor e entrega roubou completamente a cena.
Enfim se você quer um romance emocionante e que traz o poder do perdão e a força do amor, não pode deixar de ler. Aproveitando, não posso deixar de mencionar a nota da autora, como esse livro é importante para ela, então, simplesmente leiam!
comentários(0)comente



Tuca 19/07/2021

“Parecia ridículo quando eu pensava a respeito, mas soube, em nosso primeiro encontro, que aquela garota seria o meu começo e o meu fim.”
Três amigos inseparáveis. Uma ruptura. Três corações partidos. Há perdão para a ausência?

Ainsley, Adrian e Lori se conheceram na infância. Ainsley e Lori, primas, criadas na mesma casa forjaram uma amizade que as tornavam verdadeiramente irmãs, ligadas não apenas pelo sangue, mas por uma conexão de alma. Elas receberam o presente de conhecer Adrian, o menino que era seu vizinho, e que por anos foi o amigo, o apoio e o amor de ambas, porém por mais que causasse dúvidas, o coração de Adrian sempre fora de Ainsley, só podendo ser de uma, como a amizade iria permanecer? Quando uma tragédia anunciada se abate sobre eles, os caminhos daquela tríade se separam: por escolha, Ainsley parte, por amor ela retorna. Por amor e por escolha, Adrian permanece... não apenas por si, mas para cuidar de tudo o que era de Ainsley. Adrian não conseguia perder mais do que havia perdido, e mesmo assim a dor da fuga dela habita nele pelos anos de separação, junto com o amor que ele não consegue extinguir.

De volta na mesma cidade que foi o berço de amor e felicidade que compartilharam, enquanto Ainsley tenta finalmente se recuperar, Adrian precisa decidir se ele é capaz de perdoar a garota que ele sabe ter sempre sido seu coração. Os romances com drama a la Brittainy C. Cherry parecem ser o estilo de Amie Knight. Para quem quer ficar com os sentimentos à flor da pele, se emocionar, chorar e sorrir com histórias de amor que despertam aquilo que há de cru, o que há de real, e o que há de mágico na vida e na paixão, isso é que você pode esperar não apenas nesse livro, mas nessa série (como eu a estou lendo fora de ordem, tenho como comentar que é algo presente também no terceiro livro – Coração imperfeito – só não posso ainda falar sobre o segundo, que será para mim o último).

Ainsley troca sua dor por uma fuga que ela acredita que irá salvá-la, mas não se é possível escapar de sentimentos, nem da culpa, muito menos de si mesma. O reflexo é o mesmo, não importa para qual espelho você esteja olhando. A fuga não é a cura. É a total ausência dela. É o amortecimento da dor que não mata a razão. E a razão sempre volta quando o remédio que só servia para maquiar os sintomas desaparece. A cura está no lar. E o remédio está no enfrentamento. Ainsley só começou a se refazer quando entendeu isso. E, por mais que eu quisesse que Adrian a perdoasse, também me revoltei com o que eu via como covardia em suas atitudes impulsivas. Todo o amadurecimento que Ainsley demonstrou na sua adolescência havia se dissipado completamente, Ainsley tornou-se irreconhecível não apenas para sua família, mas para mim enquanto leitora. Nesse romance de segunda chance, vários corações vão reencontrar seu ritmo, e uma menina ao encarar sua dor consegue finalmente tornar-se a mulher que estava destinada a ser.


site: IG: https://www.instagram.com/tracinhadelivros/
comentários(0)comente



katinha 13/06/2021

Muitas Lágriams
Essa história foi pesada. Nossa! Chorei horrores. Senti falta das partes engraçadas que vi no 3th livro dessa série. Aqui o drama predominou e foi forte. Assuntos como depressão e dependência química foi a pauta. Dores parra serem perdoadas. Corações machucados. Um assunto lindo que também foi abordado aqui nesse livro foi amizade, amizade verdadeira.
comentários(0)comente



Juliana @raizdeumlivro 19/01/2021

?COM OS OLHOS DO CORAÇÃO Livro 1 - 5?

?Ainsley e Adrian se conhecem desde os 8 anos de idade, quando Adrian junto de seu pai veio morar ao lado da casa de Ainsley. Os dois e Lori (Prima de Ains) formam um trio, Miranda também entra no grupo formando um quarteto e juntos eles vão fortalecendo essa amizade. Mas uma tragédia chega para abalar a suas vidas fazendo com que alguns se afastem. Depois de 4 anos será possível que tenham superado essa perda?

?O fato de Ains ter ido embora da cidade no momento em que ela e Adrian precisavam ficar juntos o quebrou, agora depois de 4 anos nossa mocinha está de volta, com isso ela aproveita para consertar as coisas entre eles, e ficar ao lado de sua mãe que no momento precisa de apoio para superar uma doença que a afligiu inesperadamente.

?Adrian é um amor de pessoa, no meio de toda turbulência de sua vida ele ganhou o amor de Ainsley mas ela foi embora... ele também ganhou o amor da mãe de Ains na qual possuem um carinho de mãe e filho. Debaixo de toda aquela camada que a mocinha criou, Adrian ainda consegue enxergar o interior de Ainsley e não pode negar que seu coração ainda a pertence, agora eles não se suportam, sempre mandando indiretas um ao outro, mas é impossível negar toda conexão e paixão que sentem.

?Outros personagem que amei foi Kelly, uma companheira que acolheu Ains quando ela mais precisou, vou amar se tiver um livro dela e também temos Miranda que segurou toda barra junto com os outros e estava mais que disposta a fazer o casal se acertarem, o segundo livro é sobre ela e estou mega ansiosa para ler. Uma personagem que queria ter abraçado muito era Loralie, queria ter visto ela narrando aqui para saber mais o que se passava em sua cabecinha.

?Essa é uma história sobre perdas, reencontros, superação... Fala sobre a questão da autodestruição, sentimentos de culpa... Foi uma leitura intensa, a autora me surpreendeu e sem dúvidas entrou para os meus favoritos. A mensagem a se passar é que as vezes nem todos estamos bem e essas pessoas precisam de apoio, é difícil mais não devemos permitir que tudo venha nos abalar. A capa passa a impressão de o livro ser fofo, mas não é bem assim. Super recomendo ?
comentários(0)comente



Juliana Failli 09/06/2021

Eles se conheceram com oito anos...

Um livro que fala sobre amizade e amor, sobre ter sempre alguém por perto quando os dias não estão sendo fáceis. Mas, após uma grande tragédia tudo muda!

A leitura tinha tudo para ser maravilhosa, mas não rolou pra mim. Os personagens principais, ao invés de amadurecerem, regrediram. Eu sempre falo que não é fácil lidar com o luto e cada um lida de uma forma, mas alguns acontecimentos não me agradam e fizeram a estória perder pontos. Porém o início do livro é lindo!
comentários(0)comente



Bia Santana | Viciados em Leitura 20/08/2021

"Como explicar o quanto alguém significa para você? Era quase impossível, mas iria tentar. Não conseguia entender porque ela não enxergava isso. Amá-la era como respirar."

Aqui nós vamos conhecer Ainsley e sua prima Lori, elas moram juntas, são muito unidas e um dia ganham um novo vizinho, Adrian, que vai se tornar um amigo inseparável das duas.

É aquela amizade gostosa de acompanhar que surge desde criança e com o passar do tempo, vendo os personagens passar por suas fases de inseguranças, medos, alegrias e descobertas, vamos ver Ainsley e Adrian se apaixonarem e começarem a namorar, mas, é nesse mesmo período que Lori começa a se afastar. Quando os personagens precisam encarar o pior momento de suas vidas, Ainsley decide ir embora sem se despedir de Adrian, deixando somente uma carta para a mãe.

"- Você sabe, Ains. Não tem problema em fazer uma coisa para você mesma. Não tem problema em ser egoísta às vezes. Em amar a si mesma como ama os outros."

Alguns anos vão passar e ela se vê obrigada a voltar para ficar ao lado da mãe que está passando por um momento delicado. Mas não vai ser fácil retornar e encarar tudo e todos depois do que aconteceu. Principalmente Adrian, pois todo aquele amor e lealdade não existem mais, dando lugar a mágoa e a raiva pelo abandono.

"Eu soube, desde a primeira vez em que a vi, que ela era para mim. Desde que a vi fazendo guerra de lama naquele riacho com Miranda, com seus doces cachos emaranhados e imundos, sua covinha aparecendo com sua risada. Parecia ridículo quando eu pensava a respeito, mas soube em nosso primeiro encontro, que aquela garota seria o meu começo e o meu fim."

Com os Olhos do Coração é aquele romance com drama que você lê de uma vez. Ele é fluido, intenso e tocante. Sério, leiam e se emocionem!

site: http://www.viciadosemleitura.blog.br/2020/02/resenha-531-com-os-olhos-do-coracao.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Maria 10/07/2019

A força do amor e companheirismo...
Estou me entendendo como uma pessoa apreciadora da escrita da Amie Knight, é o segundo livro que leio da autora, o primeiro foi Destinos de Amor que já tem resenha aqui. ?Com os olhos do coração? é o primeiro livro da Trilogia Corações, cada livro conta a história de um personagem, então você pode ler sem medo de futuros livros do mesmo personagem. A escrita da Amie é leve, enredo divertido e em alguns momentos você sofre com os personagens. Esses, por sinal, são bem construídos e personalidade fáceis de se conectar, você quer pegar todo mundo no colo e abraçar.

Aqui conhecemos três crianças que tem uma ligação forte familiar e de amizade, o livro acontece nessa linha de tempo da infância até um acontecimento fatídico na juventude que vai afetar todos ao redor, você consegue acompanhar as camadas que os personagens vão tendo no decorrer desse crescimento, as mudanças de pensamentos, de atitudes, os dramas internos e o tipo de ligação que vai construindo e modificando durante o tempo. E isso não é spoiler, pois o acontecimento já é relatado nas primeiras linhas do livro, o que me deixou ainda mais curiosa, principalmente, para saber quem era.

Confesso que algumas atitudes de uma certa personagem me deixaram chateada, eu entendo os motivos que a levaram tomar essa atitude, mas, particularmente, não acho que foi a melhor solução e acabou piorando as coisas, dos dois lados.

Foi um livro que me fez pensar muito sobre abnegação, egoísmo e a força que as pessoas certas têm de curar. Qual o limite de ?pensar em você? /autoproteção e egoísmo? Será que não existe uma linha tênue no entendimento de ?cuidar de você? e machucar o outro? Eu obtive algumas respostas e outras tantas ainda estou analisando. Hhahahaha!

É uma leitura de uma sentada, tem alguns momentos de sofrimento e drama, mas nada exagerado ao ponto de você sofrer muito. Gostei de como os círculos foram fechados e de como o livro me fez refletir sobre algumas coisas. Eu acredito que você deveria dar uma chance para esse romance mermã!

site: https://www.instagram.com/quehistoriaeessamerma
comentários(0)comente



Mary 18/08/2020

@jornadadeumaleitora
Hoje eu venho com a resenha desse relançamento da editora @cherishbooksbr. Senti que essa capa combinou super bem com o enredo, então eu já comecei a ler imaginando um romance leve e fofo e foi exatamente isso que encontrei. Me apaixonei por Adrian e Ainsley num piscar de olhos.

Ainsley tinha oito ano quando conheceu Adrian o seu novo vizinho, um garoto que ela achou lindo desde a primeira olhada.

Adrian sofria nas mãos do pai e ela fazia de tudo para melhorar a vida dele, se tornaram tão amigos que demoraram para entender todo o amor que os rondava.

Na adolescência começaram a se relacionar, entretanto, uma perda dolorosa fez Ainsley ir embora sem ao menos se despedir. Quatro anos depois ela precisa retornar à cidade, e terá que encarar Adrian novamente, será que ele vai perdoá-la por todo sofrimento que causou?

A história de Ainsley e Adrian é de derreter qualquer coração, por mais que na maior parte da leitura eu tenha ficado com vontade de dar tapas em Ainsley, mas ela compensou toda a raiva no final e tudo o que eu queria era dar um abraço bem apertado nesse casal. Sem contar o quão fluida foi a leitura, fiquei tão envolvida que nem percebi a hora passar e cheguei no epílogo sentindo aquele quentinho no coração.

Claro que amei a obra, porém senti que faltou mais detalhes sobre alguns personagens secundários, por exemplo sobre o que aconteceu com o pai de Adrian e sobre o sofrimento e o que levou a prima de Ainsley, Lori, a fazer o que fez. A autora focou totalmente no amor de Adrian e Ainsley e meio que deixou o resto de lado e acabei ficando com alguns questionamentos. Acho que se tivesse esse aprofundamento, além de um belo romance teríamos uma história que nos deixaria importantes mensagens.

E é isso, espero que tenham se interessado pelo livro e torço para que leiam, pois mesmo com esse pequeno detalhe dos personagens é lindo acompanhar o amor e o crescimento do casal.

site: https://www.instagram.com/p/CEBwNd7Drkc/
comentários(0)comente



Carol . carollivros 24/04/2019

O que falar?!?
Acabei de ler e...
Gente, coração está maia alegre e leve após os momentos mais... lidos.

Logo sairá resenha no blog e volto para um texto talvez mais "decente" - apemas... Uau!
comentários(0)comente



Lidiane- @amorporlivros_1991 25/04/2019

Emocionante
Outro romance dessa autora de encher o coração do leitor de amor.
Esse me encheu de amor, me encheu de dor, tudo parecia tão real, tão impactante, emocionante demais.
Me apaixonei pelos personagens já no início, o que dava pra esperar de um amor de infância? Os dois sempre se completaram, sempre estiveram juntos, até um deles se afastar quando a dor era demais, o tempo trouxe rancor, mas não apagou o sentimento mais lindo que os dois tinham.
Ainsley, é uma personagem encantadora, muito altruísta, via o lado bom em todas as pessoas, amava mais os outros do que a si mesma, ela foi fraca quando precisava ser forte, mas conseguiu se reerguer e ter tudo de volta, com desconfianças e altos e baixos.
? "Amar a si mesma não te torna vaidosa ou egoísta. Só indestrutível."
Adrian, o Azul, é aquele príncipe de suspensório, encantador, batalhador, teve muitas perdas desde novinho, lutou contra quem tinha que protegê-lo, amou e foi amado, precisava de ter sido mais amado, ele merecia demais.
? "Nossos destinos foram escritos no momento em que pus os olhos nela, então, eu não ia desistir de nós outra vez."
Leiam essa história e se apaixonem como eu me apaixonei, é linda, com seus dramas, com dores dos personagens, com a superação deles, mas além de tudo um romance intenso, que deixa o leitor com o coração cheio de amor.
comentários(0)comente



Rose 03/05/2019

Ainsley, Lori, Miranda e Adrian são amigos de infância que cresceram juntos, dividindo muito mais que apenas amizade.
Lori e Ainsley são primas, sendo que Jessi, a mãe de Ainsley adotou a Lori ainda bebê, pois a mãe não tinha condições de cuidar dela por conta do vício em drogas. As duas cresceram como irmãs, um elo muito forte de amor e proteção havia entre elas, principalmente de Ainsley em relação a Lori.
As duas tinham uma forte ligação com Adrian, e o tempo só vez aumentar este laço. Ainsley sempre foi apaixonada por Adrian, mas seu jeito altruísta a fez abrir mão deste amor em favor de Lori.
Acontece que a fase da adolescência é cheia de mudanças, e não apenas físicas. E Lori, que era uma criança carente de afeto e segurança acabou desenvolvendo um lado autodestrutivo, que acabou afetando a relação das duas. Enquanto isso, Adrian e Ainsley acabaram acertando seus ponteiros, e fazendo planos para um futuro a dois. Estavam no começo da vida, em uma época cheia de descobertas quando Lori deu um passo que mudou tudo e todos.
O quarteto de amigos estava dissolvido. Todos sofrendo e lidando com seus próprios sentimentos. Mas Ainsley não estava mais aguentado aquela situação e resolveu dar um basta. O que acabou por destruir o já machucado coração de Adrian.
Foram anos longe de todas as lembranças e tentando resolver a confusão de sentimentos e culpa que corroía seu interior. Uma fuga que não adiantou de nada, e que machucou ainda mais os que ficaram para trás. Agora que Jessi precisava da filha perto, Ainsley estava de volta, e junto com ela sentimentos que estavam guardados no fundo do coração.
Como perdoar a si mesmo? Como perdoar a pessoa que você tanto amava? Como lidar com a dor? Como lidar com a traição? Como lidar com a perda? Como resgatar o amor, a amizade e a confiança? Tudo isso você encontra nesta história linda que toca fundo ao coração.
Confesso que mesmo entendendo os sentimentos dos envolvidos, os problemas causados por uma depressão e que cada um reage de um jeito diante da dor e da perda, ainda assim me vi questionando muitas das ações dos personagens e a mim mesma. Um livro que mexeu com meu emocional e me fez ver que para ser uma pessoa melhor, é preciso evoluir a todo instante. Leia e se emocione.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com
comentários(0)comente



Camila | Book Obsession 20/05/2019

Quando tinha oito anos, Ainsley conheceu Adrian David, seu mais novo vizinho e que mudaria de vez a sua vida.

Crescendo juntos, Ainsley, sua prima Lori, Adrian e Miranda fortaleceram os laços de amizade, mas apesar da pouca idade eles enfrentavam as dificuldades de algumas marcas do passado.

“Consegui perceber, então, que aquele garoto não era apenas bonito. Ele era lindo. O tipo de beleza que eu só tinha visto nos filmes. Amei seu sorriso. Fazia com que meu coração parecesse grande demais para o meu peito e meus dedos formigassem. Eu queria que ele sorrisse assim para mim todos os dias, sempre.”

Adrian perdeu sua mãe e irmã precocemente em um acidente e até ter idade o suficiente para conseguir se defender, aguentou as constantes agressões por parte de seu pai que se entregava cada vez mais ao vício do álcool.

Ainsley e Adrian se tornaram cada vez mais próximos e logo se apaixonaram. Eles começaram a namorar ainda adolescentes, até que uma grande fatalidade abalou de vez o mundo desses amigos e permanecer naquele local se tornou angustiante e muito sufocante para ela que decide fugir.

Passados alguns anos, Ainsley se vê obrigada a retornar para casa pois sua mãe não está bem de saúde e reencontrar Adrian será inevitável.

Adrian guarda mágoas pelo sumiço de Ainsley. Mas mesmo com o tempo eles ainda nutrem um grande sentimento, só que para conseguirem apagar a dor, a tristeza e seguirem em frente terão um grande e árduo caminho até que encontrem o perdão em nosso desse grande amor.

“Às vezes, você é a única coisa neste mundo que me faz sorrir, Ainsley Michelle James.”

Resenha completa no blog.

site: https://www.bookobsessionblog.com/2019/05/resenha-com-os-olhos-do-coracao-amie.html
comentários(0)comente



Aline Miguel Books 18/07/2019

O tempo pode simplesmente manter tudo igual mesmo quando muita coisa muda.
Teminei de ler o livro COM OS OLHOS DO CORAÇÃO da Amie Knight.

Já fazia três meses que eu não conseguia ler absolutamente nada. E já tinha tentado ler esse e outros livros antes, mas quando a gente não está focado, não adianta.

Resolvi que iria fazer um nova tentativa. Sentei na minha cama e comecei a ler despretensiosamente, calmamente e quando percebi. Acabou. Passei o dia todinho lendo o livro. Vidrada na leitura. Sem vontade de parar. Isso me fez tão bem. .

Conheci a pouco tempo a autora Amie Knight, foi através da Cherish Books e esse foi o segundo livro que li dela. E assim como o primeiro, ADOREI!

Um livro narrado pelos dois personagens principais e com duas fases.
Uma leitura fluída, fácil, gostosa.
Uma leitura emotiva, sensível, tocante.

Aidran e Ainsley são lindos. Sensíveis, especiais, alegres, cúmplices, parceiros e extremamente unidos. Uma amizade, um amor que surge quando criança e segue a vida, até que o destino da uma rasteira e mexe com eles de forma intensa.
E ainda temos a Lori. Uma personagem linda, delicada... Uma personagem que vibra durante toda a leitura.

O tempo. O tempo pode curar, pode afastar. O tempo pode simplesmente manter tudo igual mesmo quando muita coisa muda.

Essa história foi uma delicia. Amei cada página lida. Amei ver a evolução da vida, da amizade, dos sentimentos, das lutas de Aidran e da Ainsley. Uma historia que tocou meu coração.

Se eu indico essa leitura?
COM CERTEZA ABSOLUTA. Vc vai amar.

Depois de ler e adorar tudo, fiquei ainda mais encantada com a nota da autora. Não deixe de ler essa parte (mas leia no final do livro), vc vai ver a importância que essa história tem na vida da Amie Knight.
comentários(0)comente



23 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR