Ao seu lado

Ao seu lado Kasie West




Resenhas - Ao seu lado


13 encontrados | exibindo 1 a 13


Rodrigo 30/05/2019

É um livro que vai mudar sua vida? Não!
É um livro que tem reviravoltas, intrigas, plots inacreditáveis e jamais vistos? Não!
Mas ainda assim é um bom livro.

Quando eu pego um livro da Kasie West ou um romance YA não busco muita coisa além de uma boa distração e aquela sensação de 'quentinho no coração'. E se ele cumpre esses meus critérios eu acho ele um bom livro.

Este não foge muito da regra dos outros livros dela. Adolescentes, frustrações, um romance bem fofinho entre o garoto bad boy e a nice girl do colégio, não há muito drama envolvido e os obstáculos são resolvidos facilmente. É perfeito pra ler em um dia (eu li em quatro horas), a escrita é fluida, capítulos pequenos e você pode terminar de ler com um sorrisinho no rosto.
comentários(0)comente



Taila 21/06/2019

Perfeito.
Não tem o que tirar nem por. O livro cumpre bem o que promete, uma leitura rápida e gostosa. Todos os livros que li da Kasie West eu gostei muito, daqueles de dar um quentinho no coração e um sorriso bobo no rosto. Gostei da Autumn, principal, me identifiquei com ela. Fiquei feliz de vê-la começar a se importar mais com ela mesma, deixando de fazer tudo pelas outras pessoas com suas necessidades e sua saúde em segundo plano. O Dax é parecido com os mocinhos dos outros livros, mas gostei de ele ser tão reservado e misterioso, me deixou curiosa para conhecê-lo. Gostei muito da leitura e pretendo ler todos os livros da autora, ela já era e continua sendo uma das minhas favoritas.
Pedro 29/06/2019minha estante
Excelente resenha...


Taila 29/06/2019minha estante
Obrigada




Tati Vidal 20/06/2019

Sedento por vínculos...
Uma menina com problema de ansiedade e um menino solitário. Ah se todos que tivessem esses problemas pudessem resolver de uma forma tão gostosa e divertida.

É um livro sessão da tarde que te faz querer ler tudo de uma vez. Tudo dá certo. O amor flui. Todos são perfeitos e os problemas superados de forma rápida. Isso deixa o livro ruim? Não. Claro que não. É um livro pra dias de calmaria. Não é pra fazer pensar.

Eu recomendo a leitura. Recomendo o apego. E recomendo que a vida seja leve como um abraço gostoso de um menino fofo que se veste c casaco c cheiro de almíscar.
comentários(0)comente



Rafaela Regis 10/07/2019

Ao seu lado - Kasie West
Desde que li Namorado de Aluguel da Kasie West, percebi que se quiser ler um romance adolescente bem água com açúcar, podia contar com ela, pois é exatamente livros assim que ela escreve e devo dizer que as suas histórias são bem envolventes. Quando me deparei com o livro Ao seu lado, que por coincidência chegou na hora certa, não perdi tempo e fui ler!

Autumn Collins é uma jovem doce e meiga, que sempre está disposta a ajudar ao próximo, e é claro que quando o romance entra em sua vida, ela faz de tudo para que seja perfeito e já imagina o felizes para sempre, sim ela é uma romântica. Ao marcar de estudar com seus amigos, dentre eles seu namorado dos sonhos, a quem ela espera com muita esperança que na festa da fogueira ele se pronuncie e finalmente possam ficar juntos, mas quando todos estão se preparando para ir a tal festa, ela infelizmente acaba ficando para trás e ainda por cima presa dentro da biblioteca. O que não seria tão assustador assim se ela estivesse com a sua bolsa, bolsa essa que ficou com a amiga que foi para a festa.

Dax Miller é um garoto que se mantém distante de todos, e não faz amizade com ninguém, pois tudo o que ele quer é terminar a escola e colocar o pé no mundo, sim ele está mais do que ansioso para sair da cidade. Com uma história de vida marcada por vários acontecimentos que nenhuma criança deveria ter, fatos esses que ajudam ainda mais a ele ser do jeitinho que é: quieto, rudo e muito antissocial.

Autumn e Dax por infelicidade ou sorte acabam ficando presos na biblioteca durante o final de semana e isso vai mudar a vida de ambos completamente.

Ao seu Lado é mais um dos livrinhos que enganou, sim eu estava esperando um romance bem leve e descontraído e o que eu encontrei não foi bem isso. Nesse livro a autora aborda vários temas atuais como crises de pânico, vida escolar, amizade, e é claro uma boa dose de dramas e desastres.

Autumn é uma protagonista que não é bem uma protagonista, confuso, pois é! Ela sempre dá um jeito de se apagar durante a história, seja entre os amigos, na sua família, enfim, ela sempre dá um jeitinho de fugir dos holofotes e isso me incomodou bastante, mesmo a história querendo dar a todo custo o destaque para ela senti que foi forçado, até mesmo quando finalmente descobrimos porque ela faz isso, senti que foi mais uma desculpa do que uma justificativa para ela ser assim. E não importa o que joguem nela, ela sempre vai se desdobrar para agradar a gregos e troianos e se anular.

Dax é um personagem forte, decidido e que não leva desaforo, mesmo com a proximidade de Autumn ele não muda tanto, porém a certas atitudes dele que fogem tanto de sua personalidade que não aceitei muito bem.

O romance que tinha tudo para ser fofo e divertido, se tornou uma coisa a La Romeu e Julieta, onde ninguém poderia saber que eles estavam se relacionando, sim, uma popular se envolver com um bad boy aqui se tornou motivo de vergonha e não de glória. #estranho

O grupo de amigos da protagonista tinha tudo para ser "o grupo" de amigos, mas em vez de se unirem nas adversidades que ocorrem, parece que a concorrência entre eles aumenta, ou seja, em vez de se unirem passam a escolher lados e julgar as decisões que foram tomadas em vez de simplesmente apoiarem uns aos outros, e isso realmente me deixou triste porque é na escola que fazemos as famosas amizades para a vida.

E o que falar dos dramas da história, não sei se é porque são adolescentes, ou foi a intenção da autora, mas tudo, sério, se transformava em uma enorme tempestade, e nada se resolvia facilmente, o que realmente me deixou angustiada por causa da falta de comunicação entre eles que poderia resolver muitos dos desentendimentos. E foram vários, o que ficou meio repetitivo. Sem falar que quando eles discutem seus problemas tudo se resolve em um estalar de dedos como se tudo fosse bem simples.

Kasie West me ganhou no primeiro livro que eu li dela, então estava cheia de expectativa para esse daqui, até porque quem nunca sonhou em ficar presa em uma biblioteca com seus amados livros, mas não foi bem esse sentimento que ela instigou, pelo menos em mim.

Esse foi um livro em que a história prometia uma coisa e entregou outra, foi frustante, foi, mas se você for lê-lo sem tantas expectativas, talvez agrade!

site: https://dlivros.blogspot.com/2019/07/resenha-ao-seu-lado-kasie-west.html
comentários(0)comente



Feh 06/07/2019

Para passar o tempo
Eu gosto bastante de livros YA, são boas leituras para esquecer da vida e mergulhar em romance e amizade, acho que isso que me faz gostar deles.

Os livros da Kasie, pelo menos os que eu já li, tem tudo a mesma dinâmica, ela narra bastante sobre amizade e sobre a descoberta da paixão, os personagens vão se apaixonando lentamente, eles nem percebem que se gostam e isso é o que me faz amar a escrita da autora, não é um amor, vi e já quero casar, é um amor que vai surgindo nos pequenos detalhes.

Com esse, não foi diferente, depois de ficarem presos quase um final de semana dentro de uma biblioteca, começa a surgir uma amizade entre os protagonistas, que são completamente diferentes um do outro. E foi isso que eu mais amei.

Uma ótima leitura para passar o tempo é se jogar nessa leitura tão fofa.
comentários(0)comente



Jhenny Alves 07/06/2019

Ao Seu Lado - Kasie West
? "Ao Seu Lado" é uma leitura deliciosa e levinha, que não exige muito de nosso emocional por se tratar de um romance água com açúcar, mas que traz uma personagem que tem que lidar diariamente com as suas crises de ansiedade, insegurança e dúvidas.

? Kasie West tem uma escrita envolvente que fica impossível parar de ler por desejar saber mais da história, dos personagens, e de como eles irão lidar com os seus problemas e questionamentos. Porém, senti falta de um pouco mais de intensidade e profundidade na questão do transtorno de Autumn, no romance com Dax, e especialmente no próprio Dax.

? Sabe quando você termina uma leitura e fica com aquele sentimento de que faltou algo e não sabe o que é? Foi o senti quando terminei. No entanto, Ao Seu Lado é sim uma ótima leitura, especialmente quando você quer ler um livro rápido, envolvente e que aquece o ?.
comentários(0)comente



Fabi 25/05/2019

QUERIA SER O PÚBLICO ALVO PARA ESSA LEITURA =(
''Percebi que ria muito quando estava com ele. Dax me fazia feliz. Era como se eu brilhasse por dentro, como se quisesse viver esse momento para sempre.''

Já tinha lido os outros dois livros dessa autora lançados e não tinha conseguido gostar muito. Até tinha dito que não ia ler mais nada dela. Mas as capas de seus livros são tão fofas, que não resisti.
Sabem qual é o meu problema com a Kasie West? Seus livros são focados mais na amizade e não no romance. Os casais são fofos, mas o romance, a autora deixa só para o finalzinho do livro. Eu fico chateada, porque no livro todo, o casal são amigos e teve um livro dela, que achei até que os protagonistas deveriam ter ficado só na amizade mesmo. Tipo, demoram tanto para ficarem de vez, que desanima ficar torcendo por algo a mais.
Mas bem, aqui temos a história de Autumn Collins, que sofre de ansiedade e se vê presa dentro da biblioteca. Seus amigos a deixam presa sem querer. Olha, eu já fiquei bem aborrecida com esses amigos dela. Eles pensavam que ela tinha ido embora, por isso a deixam sozinha. Mas custavam conferir se realmente ela tinha ido embora?
Dax Miller, o garoto considerado antissocial, e que não tem uma fama muito boa, estará com ela nesses 3 dias presa. Autumn assim como os outros, julga Dex pelos comentários que falam sobre ele. Diz que a última pessoa com quem queria estar presa, é Dex. Além de ficar só pensando em Jeff, o garoto com quem está paquerando há uns bons meses. A garota me irritou um bocadinho por criticar Dex e ficar comparando ele ao Jeff.
Felizmente, ela e Dex ficarão mais próximos e ela descobrirá que ele é bem mais do que aparenta. Dex é uma pessoa calma e que traz segurança. O garoto a ajudará nas crises de ansiedade e até dividirá sua comida com ela. Ele é um fofo!
Fiquei decepcionada, quando vi que o livro seria pouco narrado na biblioteca. Autmumn e Dex ficam apenas 40% do livro presos. É legal de ver como apenas tendo um ao outro, eles começam a se conhecer e se aproximar. Depois que eles conseguem sair, cada um vai para seu lado. Autmumn durante o tempo que estava na biblioteca, descobriu que Jeff tinha se acidentado e vai ao hospital ver como ele está.
O título do livro é bemmm questionável, pois depois que o casal fica livre, quase não se veem. Foi ficando chato, porque a menina só ficava preocupada com o crush dela da escola e recorrendo a Dex apenas como uma distração em sua vida.
Como expliquei antes, este livro segue a mesma fórmula dos outros. Casais que ficam bem amigos e só no final percebem que sentem algo a mais. Um ponto positivo para a autora é ela ter trazido como foco, o tema ansiedade. Acho que não consigo amar os livros da autora, pois não sou o público alvo, só pode, rs. Mas recomendo sim, para aqueles que procuram uma história leve e com um casal fofo.
LBL 25/05/2019minha estante
Concordo totalmente com vc! O livro é fofo mesmo, embora seja tão curtinho que parece mais um conto. E acho que ele é infanto-juvenil. Me senti bem pirralha lendo! Kkk


Fabi 25/05/2019minha estante
É infanto - juvenil msm LBL. Nem adianta ler livros assim, pq nunca é uma leitura da qual termino satisfeita.


ju 29/05/2019minha estante
Concordo com tudo! Fiquei chateada que nem na metade do livro eles ja tinham saido da biblioteca kkk


Robson.Silva 20/06/2019minha estante
Bota fogo kkkkkkk




Janise Martins 05/06/2019

Ao seu lado
O primeiro livro que li dessa autora eu achei melhor, o Namorado de Aluguel (http://janiselendo.blogspot.com.br/2016/05/namorado-de-aluguel.html). Esse não é ruim, só que tem algumas coisinhas que não gostei, e nem sei se gostei do modo como o casal foi formado. Mas a escrita é boa e a leitura flui muito bem. Acho que vale a leitura para distrair.
Autumn ficou presa na biblioteca com Dax, um cara meio sinistro, cheio de histórias a seu respeito. Eles tiveram ficar lá por 3 dias devido a um feriado.
Eu não achei que houve uma química forte o suficiente entre Autumn e Dax para tirar Jeff da jogada. Autumn estava a meses interessada por Jeff, e ele por ela. No dia em que ela ficou presa na biblioteca seria o dia em que ela iria se declarar. É certo que o tempo que Autumn ficou na biblioteca passou a conhecer um pouco mais de Dax, porque até então, ela só sabia de boatos. Mas nos detalhes e lembranças de Autumn, Jeff se encaixa melhor com ela. No entanto, ela não é uma menina muito determinada e segura, não que ela jogue com os dois. Em momento algum há um triângulo amoroso. Só que Autumn tem crises de ansiedade grave e não se trata, só é mimada pelos pais e irmão, e Dax é um perdido “sem eira nem beira”. Ser bonitinho e sinistro não vejo como uma forte característica de atração. Mas… dou meu braço a torcer, Dax faz bem para Autumn e Jeff só entrou na história para se lascar.
E foi isso.
Bjoo.


site: https://janiselendo.blogspot.com/2019/06/ao-seu-lado.html
comentários(0)comente



Izabel.Cristina 09/07/2019

Amei muito
Livro bem água com açúcar mas era tudo que eu precisava, não consegui parar de ler, literalmente..
Favoritei ?
comentários(0)comente



Iara.Antunes 08/06/2019

Imaginem como é você ficar presa durante um final de semana na biblioteca e ainda mais sem suprimentos e com o cara mais "perigoso" da escola, Dax.

É exatamente isso que acontece com a nossa protagonista Autumn, justamente no final de semana que ela finalmente ia se declarar ao crush dela isso acontece... e é sendo esquecida.
No inicio a relação deles é conturbada e cheia de brigas e acusações pelos "status" deles na escola ela como popular, mimada e riquinha. Já ele brigão e com um passado suspeito e relacionado com o envolvimento com a polícia.

Porém as aparências podem enganar e nestes três dias juntos eles se conhecem e se abrem um para o outro como nunca se abriram para ninguém. Ambos começam a se descobrirem e percebem como ambos são frágeis e que a verdade que ambos carregam jamais fora antes entendida nem por quem está próximo deles, ou seja, eles constroem uma amizade baseada em ser quem eles realmente são, sem serem julgados.

Porém algo muda os planos deles no último dia de confinamento e, no lado de fora da biblioteca, eles enfrentam as condições sociais mesmo com este sentimento de amor que construíram mas ainda não entendem.

Autumn fica tentando entender sobre o "amor" do seu crush, se realmente ele é tudo o que ela sempre quis, enquanto Dax fica refletindo sobre como ele pôde se apegar e se prender a alguém. Assim eles terão que enfrentar os seus maiores medos em nome do amor e, desta forma, realmente descobrirem quem são.
comentários(0)comente



Thamara 15/07/2019

Esse é um livro juvenil com aquele romance escolar que muitos adoram. É uma leitura leve e rápida que te deixa de bom humor. Mas acima disso, esse livro mostra o quanto é importante se conhecer e sr respeitar em relação a suas vontades, sentimentos e necessidades.
comentários(0)comente



Giiovannaayres 12/07/2019

Legalzinho
Sou apaixonada pela Kasie, amo tudo o que ela escreve e quando vi que tinha lançado um livro novo minhas expectativas estavam altíssimas. Infelizmente acho que isso atrapalhou um pouco minha experiência com o livro.

Bom, nesse livro vamos conhecer a estória da Autumn, tudo começa quando ela acidentalmente fica trancada na biblioteca durante um final de semana, Autumn e seus amigos estavam estudando na biblioteca até a hora de fechar só que na hora de ir embora ela sentiu vontade de ir ao banheiro e acabou ficando trancada na biblioteca. Ela tinha esquecido a mochila no carro do Jeff, garoto por quem ela estava interessada a mais de um ano, e presumiu que seus amigos sentiriam a sua falta e voltariam com o resgate para buscá-la no máximo em uma hora. Mas não foi isso que aconteceu. A Autumn sofre de ansiedade e isso foi deixando ela apavorada, na busca por encontrar uma saída ela percebeu que não estava sozinha. Estava na companhia do misterioso Dax que não tinha uma boa reputação.

Dax vive de lar em lar adotivo, sempre calado não tem amigos, já foi parar no reformatório.. existem muitos boatos sobre ele, mas nenhum é verdadeiro. Depois de ser expulso de casa pelos pais adotivos Dax decide passar o fim de semana na biblioteca para não ter que enfrentar a nevasca nas ruas, ele não imaginava que teria que aguentar a companhia da curiosa e mimada Autumn.

Em um final de semana tedioso os dois acabam se aproximando e revelando muitas coisas um para o outro, mas será que essa amizade vai durar quando o fim de semana acabar?

Gostei da amizade da Autumn e do Dax, tenho tendência de gostar dos mocinhos quando eles são mais fechados, isso os tornam muito mais interessantes. Uma coisa que detestei foram os amigos da Autumn, em partes eu a culpo por não ter contado sobre o transtorno de ansiedade mas na maior parte do tempo eles só eram babacas mesmo. Outra coisa que não gostei foi ninguém ter percebido que a Autumn não tinha voltado e deixado ela trancada na biblioteca, essa parte ficou confusa. O Jeff é apresentado como um príncipe sem defeitos no tempo em que a Autumn está na biblioteca e fica relembrando coisas que os dois fizeram juntos, mas quando ele surge realmente a única coisa que ele demonstra é ser um mimado inconsequente. Acredito que a autora poderia ter abordado melhor alguns assuntos como o relacionamento do Dax com a mãe, isso ficou inacabado. O relacionamento da Autumn com seu irmão Owen... Enfim, tiveram algumas coisas que me deixaram feustrada, mas a leitura não deixou de ser agradável, muito pelo contrário, ela foi fluida e bem divertida.
comentários(0)comente



Caverna 20/07/2019

Autumn Collins saía da biblioteca com os amigos quando precisara voltar para usar o banheiro. Eles haviam se reunido para terminar um trabalho da escola, e logo em seguida pretendiam ir para uma fogueira. Eram quatro carros, e já que Autumn tinha planos de ir com Jeff, o cara de quem estava afim, ela deixou a bolsa junto do celular no carro dele.

E é no momento em que está prestes a sair do banheiro que Autumn vê as luzes apagando. A biblioteca inteira está escura, e as portas estão trancadas. Do lado de fora, não há nenhum carro estacionado. Seus amigos foram embora, e ela estava presa dentro da biblioteca.

De início, ela pensa ser apenas uma brincadeira de seus amigos. Mas quanto mais o tempo passa, percebe que se meteu numa grande encrenca. Sem o celular, não tem como se comunicar com os amigos ou com os pais. Os computadores do lugar são protegidos com senha, e com os aquecedores desligados, o frio passa a aumentar gradativamente.

Mas é apenas uma questão de tempo até seus amigos perceberem que na confusão foram embora sem ela, e retornarem para buscá-la. Principalmente porque ela havia combinado com Lisa, sua melhor amiga, de dormir na casa dela naquela noite.

Só que Autumn não está sozinha. Após escutar barulhos, ela encontra Dax Miller, que também estuda em seu colégio, e carrega a pior fama possível. Ninguém o conhece de verdade. Dax não tem amigos, e os boatos que correm é de que ele arranja brigas, é drogado, já esteve em um reformatório, e daí para pior.

Autumn se sente um pouco melhor por ter uma companhia, apesar de não ser a melhor de todas. O contato inicial deles é mínimo, e Dax aparentava ter planejado passar a noite na biblioteca, já que carregava consigo uma bolsa grande e abastecida.

Ao amanhecer, sem sinal dos seus amigos, Autumn começa a se preocupar. Porque ninguém tinha ido atrás dela? Não perceberam que ela não estava junto? Nem mesmo Jeff ou Lisa? E para completar, além de ser final de semana, havia um feriado junto, o que significava que eles permaneceriam trancados na biblioteca por três dias seguidos.

Durante esse tempo, Autumn investiga o lugar, encontra restos de comida, e também uma sala de televisão. E o mais importante: ela começa a se aproximar de Dax, que sempre pareceu tão reservado e antissocial, e descobre partes de sua história verdadeira. Dax não é nada do que os rumores dizem; pelo contrário, é um garoto incrível, carregando cicatrizes que não merecia ter, e se torna por fim a distração de Autumn.

Mesmo depois que eles escapam da biblioteca, Autumn não consegue parar de pensar e se preocupar com ele. Dax pediu para que ela não contasse a ninguém que ele estava lá, e ela cumpriu com a promessa, mas não queria continuar fingindo nos corredores da escola que não se conheciam e sabiam tanto um sobre o outro. Graças à Dax, Autumn revê suas atitudes, amizades, e ela também ensina a ele o que é ter um vínculo com alguém, e quão bom isso pode ser.

Já conhecia a escrita da Kasie através de Namorado de Aluguel, e sabia que Ao seu lado seria um romance super envolvente, mas foi mais do que isso. Namorado de aluguel é leve e divertido, enquanto Ao seu lado lida com assuntos muito mais sérios.

Fiquei chateada quando vi resenhas falando que esperavam mais da obra, que é clichê e cheia de dramas. Parece que algumas pessoas esquecem como é ser adolescente depois que passam dessa fase. Tudo é muito intenso, e com Autumn não é diferente, principalmente porque ela sofre de transtorno de ansiedade. Um amigo chega a falar pra ela que ela se acha melhor do que os outros por estar sempre fugindo das situações e esperando que corram atrás dela. Quando, na verdade, suas crises de ansiedade a faz evitar festas, e fugir quando as coisas se tornam sérias. Não é algo que ela consegue controlar, e nunca contou para os amigos, com medo que eles passassem a tratá-la diferente por conta disso.

Dax a faz enxergar que ela precisa, sim, contar aos amigos, e quem gostar dela de verdade, vai aprender a lidar com isso. E o assunto tratado por Kasie é de alta relevância, uma vez que muitas pessoas, principalmente adolescentes lutam contra a ansiedade. Ler que o livro é clichê foi um assombro pra mim. Não vejo muitas obras retratando a ansiedade, e acho isso de suma importância.

E enquanto Autumn se sentia estressada ao lado dos amigos, Dax era seu porto seguro, sua distração, como eles brincavam. Sempre que ela precisava de um momento em paz, era pra ele que ela corria. Tirar um sorriso dele era seu objetivo diário e maior conquista, e esses pequenos detalhes mostram o quanto nos sentimos bem ao lado de alguém, e como, no final das contas, ela nunca esteve afim de verdade por Jeff.

Alguns outros temas também são abordados ao longo da história, envolvendo também Dax e seus mistérios, mas creio que seriam spoilers. Não quero estragar a leitura de vocês, então eu só posso é indicar esse livro bem construído e envolvente. Dax e Autumn possuem uma química grande, achei bem bacana a autora desenvolver mais o lado emocional do que físico deles, de forma que os personagens se apaixonam antes de tudo pelo jeito um do outro, e aposto que vocês leitores vão curtir ficarem presos com os dois por algumas noites (que pra gente é uma só de tão rápido que devoramos a história).

site: https://caverna-literaria.blogspot.com/2019/07/ao-seu-lado.html
comentários(0)comente



13 encontrados | exibindo 1 a 13