O Sabor do Pecado

O Sabor do Pecado Elizabeth Hoyt




Resenhas -


44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Lua 01/03/2020

MUITO BOM
Leitura leve, rápida que ajuda Muito a sair da ressaca um livro de romance que te prende do começo ao fim
comentários(0)comente



Silvana 05/09/2020

Três estilos, três histórias
Série "A Lenda dos Quatro Soldados" #2
O Sabor do Pecado
Seguindo através da espinha dorsal da série continua a busca pelo traidor do 28°batalhão a sete anos atrás, ao mesmo tempo que desenvolve se o romance entre Jasper, O Visconde do Vale,
um homem que esconde a dor com risos e libertinagem e Melisande Fleming uma mulher que esconde a sensualidade e paixão através de roupas sobrias e sem atrativos. A tradução do livro de fábulas também continua, intercalando a história do livro.
Uma maneira interessante de contar uma história, existe uma riqueza de estilos, três histórias, tragédia, o romance e a lenda. Muito bom.
comentários(0)comente



Eu_Romanceando 21/09/2020

Segundo livro da Lenda dos quatro soldados, traz Jasper Renshaw, o visconde de Vale e sua necessidade de casar para gerar um herdeiro e dar continuidade ao título. Ele acaba de ser abandonado pela segunda noiva em menos de seis meses quando recebe uma proposta de casamento de Melisande Fleming que a anos nutre uma paixão secreta pelo Visconde enquanto ele seduz várias mulheres com exceção dela.
Ambos possuem segredos que não gostariam que viessem a tona depois do casamento, apesar de ser um conquistador e bastante popular, é atormentado todas as noites com o massacre de Spinners Falls e se culpa intimamente pelo que aconteceu com seus companheiros. Já Melisande, apesar de apaixonada pelo visconde não pretende entregar seu coração que já foi magoado no passado.
Este casal me conquistou bem mais que o do primeiro livro, gostei demais que durante o dia o visconde tentasse descobrir os segredos da esposa e pela noite ela o seduzisse, a coragem da nossa mocinha para mim foi a cereja do bolo e por se tratar de um casamento de conveniência (o que eu amo).
O mistério referente ao massacre do regimento continua e a cada livro prova-se muito mais complexo do que imaginava e isso dá um brilho especial a serie.
Os empregados pessoais do casal também me conquistou, incluindo sir Rato.
comentários(0)comente



Lídia | Depois da Leitura 14/04/2020

RESENHA | O Sabor do Pecado @meuprefacio
💭Oi gente, tudo bem com vocês? Eu sei que essa semana ninguém vai ler nenhuma resenha por causa das festas, mas, fiquei muito tempo sem postar nada por aqui, então resolvi postar hoje mesmo, e, tenho um outro motivo também, tenho que falar sobre esse livro urgente!!! 😆
.⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💭"O Saber do Pecado"é o segundo livros do quarteto "A Lenda dos Quatro Soldados", a resenha do primeiro livro, fiz só no YouTube se vc quiser ver me fala que mando o link.
.⠀⠀⠀⠀
💭A editora não esta publicando os livros de forma contínua igual ocorreu com a primera série da autora publicada aqui no Brasil, a trilogia dos Príncipes, parece que a cada ano eles publicam um livro 🤦🏽‍♀️ não gostei nada disso, se eu estiver enganada me corrija por favor.
.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💭Então galera gostei bastante desse livro, mas o primeiro livro com certeza tornou-se meu favorito ❤. Jasper nosso personagem principal é um visconde e ex-soltado do seu rei à 6 anos. Infelizmente o esquadrão onde Jasper servia sofreu uma emboscada dos franceses e nativos da floresta, com isso ele sofreu bastante e até hoje luta contra as cenas terríveis da guerra e da emboscada. No primeiro livro já é revelado que houve uma grande traição no esquadrão, e os quatro soldados que sobreviveram a esse massacre estão tentando descobrir quem traiu quem. Jasper só me conquistou no final do livro, pois romanticamente ele é um ogro, mas tem um motivo que só descobri depois. Melisande a protagonista também não me conquistou, mas foi os segredos que ela guardou até o final da história que me fez querer saber tudo sobre ela. Me identifique com ela socialmente, nas festas ninguém olhava pra ela ou excluía ela dos diálogos e sei como é ser invisível. Desde o começo já é revelado que Melisande ama o visconde, mas ser amada é muito diferente.
.⠀⠀
💭O enredo tem seus momentos bons e ruins, mas o final tem àquela "deixa" do terceiro livro e já estou louca pra lê-lo. A escrita da Elizabeth é totalmente diferente e gosto bastante, não sague o mesmo enredo da Julia Quinn e da Lisa (os mais famosos) e acho que a editora deveria dar mais valor os livro da Elizabeth.
.⠀⠀⠀⠀⠀⠀
É isso gente, até a próxima 🤘🏽
comentários(0)comente



Toda Livros 14/04/2020

“Enquanto caminhava, carregando nas costas uma mochila com comida, o sol brilhando ao alto da estrada sem curvas e sem obstáculos por onde havia escolhido seguir, o soldado se sentia feliz com o pouco que tinha. Seu nome era Jack, o Risonho...”
Jasper Renshaw, Visconde de Vale, sobreviveu ao massacre de Spinner’s Falls, e foi um dos capturados pelos wyandot que sobreviveu... sem nenhum arranhão. Mesmo assombrado pelo passado, rejeitado por duas vezes, Jasper mantém um sorriso no rosto. Melisande Fleming, uma mulher forte, determinada e direta, de poucas palavras, guarda segredos profundos, até mesmo de sua melhor amiga.
Tudo começa [...] continua em @todalivros acompanhe essa resenha e muitas outras!

site: https://www.instagram.com/todalivros/
comentários(0)comente



Nathy 28/02/2020

Muito bom
Achei o livro bem interessante. Muito melhor que o primeiro livro onde a leitura e maçante.
Neste livro fala sobre melisande uma mulher reservada e sozinha e sobre vale um homem popular e risonho. O desenrolar da história e muito bom, onde nos prende na história fazendo com que a leitura seja suave e muito gostosa de ler.
Eu particularmente gostei bastante da história dos dois e amei também a história de jack( um conto que melisande está traduzindo de um livro de emeline, a protagonista do primeiro livro).
Recomendo
?
comentários(0)comente



Diane 27/05/2020

Um romance delicioso!
O que Jasper mais desejava era se casar, para que pudesse ter um herdeiro para o título de visconde de Vale. Bastava encontrar uma dama apresentável para cumprir esse papel, e ele poderia voltar para sua rotina de libertino. Mas apesar de ter muita sorte para encontrar amantes, ele não consegue atingir seu objetivo final, sendo largado duas vezes no altar. E então, Melisande Fleming decide arriscar a sorte e se oferece para ocupar o cargo de esposa do visconde.

Considerada uma solteirona, Melisande sempre amou Jasper em segredo, e ao encontrar a oportunidade de casar com ele, resolve arriscar uma vida inteira sem amor, só para ter o prazer de estar ao lado dele. Logo, eles embarcam nesse casamento por conveniência, mas repletos de segredos que os assombram.

"E nesse momento, ele soube que estava perdido. Perdido, cego e afundando pela terceira vez sem nenhuma esperança de salvação, mas estava pouco ligando. Daria qualquer coisa para desvendar essa mulher. Queria descobrir seus segredos mais íntimos e desnudar sua alma. E, quando os descobrisse, quando soubesse o que ela guardava em seu coração, iria proteger esses segredos e essa mulher com a própria vida."

Esse livro é ainda mais encantador do que o primeiro! O casamento por conveniência de Jasper e Melisande é o que move a narrativa e é tão gostoso ver a relação deles se desenvolvendo. Os segredos que os acompanham é o que acaba unindo-os definitivamente, e me agrada como eles se desnudam naturalmente para o outro, revelando esses segredos sem pressão e vivendo um casamento saudável e cheio de amor, Lorde Vale se mostra um marido extremamente devotado, e mesmo sem amar Melisande de imediato, procura sempre dar a atenção devida a ela, mesmo quando se vê confuso sobre o que sente.

A fábula que acompanha a saga do casal, dos livros que a Melisande traduz, é a de Jack Risonho e a Princesa Liberdade. Uma fábula encantadora, adoro ler duas histórias de amor em uma.

Uma pena que Emeline não deu o ar da graça neste livro, já que é a melhor amiga de Melisande, gostaria de ter visto uma interação entre elas. E o mistério envolvendo o massacre de Spinner 's Falls segue envolvente, e promete ter muita coisa a ser desvendada, assim como o provável romance de Helen e Alistair, que são personagens bem interessantes e protagonizam o próximo livro da série.
comentários(0)comente



Lara Xavier 26/03/2020

O sabor do pecado
Quando Jasper é deixado novamente no altar ele jamais imaginaria que estaria casado em tão pouco tempo com Mel um casamento de conveniencia para ambos passar a nascer um sentimento um pelo outro
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Apenas_Sara 25/03/2020

Sem dúvida gostei mas desse do que o primeiro livro da série e olha que gostei do primeiro kkkkk.. Mas esse livro assim como os próprios personagens acaba sendo uma caixinha de surpresa. Sempre com uma novidade.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



RUDY 12/02/2020

ANÁLISE CRÍTICA E DA AUTORA
Não gente, a primeira coisa que tenho de comentar é : onde essas autoras vão buscar esses nomes esdrúxulos e esquisitos? Melisande? Fala sério! Que nome é esse?
Dito isso vamos falar sobre o livro...
Uma das coisas que muito me agradou foi a cada início de capítulo e no prólogo, conhecemos a história de Jack, o risonho. É a tradução que a protagonista está fazendo de um livro infantil e vamos acompanhando mais essa história no decorrer do livro, duas histórias em um único livro, achei bem legal.
O livro é ambientado em Londres na Inglaterra no ano de 1765 e podemos acompanhar um período em que a guerra esteve presente até um pouco antes e então, podemos acompanhar fatos históricos que realmente aconteceram. Tudo foi bem ambientado e com detalhes, o que me agradou muito.
Uma das melhores coisas do livro, é a construção da protagonista. Uma mulher aparentemente reservada, entretanto, com uma força interior e uma sagacidade sensacional, uma mulher com a mentalidade bem a frente de seu tempo que vai em busca do que quer e se coloca abertamente diante de situações que não a estão fazendo bem. Adorei desde o início as atitudes dela.
E ainda tem as personagens secundárias. Vou destacar principalmente o valete do Visconde, Pynch e a acompanhante de Melisande que é tão decidida quanto ela, sem contar que tem uma história paralela aí no passado de Pynch e Sally.
Agora vamos aos pontos que não foram tão interessantes...
Vamos logo falar do Visconde. Confesso que no início fiquei bem chateada com as atitudes dele, desprezava a esposa e vivia dentro de seu próprio mundinho quando estava com ela, enquanto na sociedade, era o homem mais sociável possível, não concordava de jeito nenhum com essa atitude dele. Até que ela dá um ‘chega prá lá nele e aí sim, se torna um verdadeiro cavalheiro, educado, sensível e companheiro. A mudança dele foi muito boa..
O início do livro é um tanto enfadonho. Não sei se é pelo fato de ser uma sequência da história anterior, a qual não li. Mas fora esse início, todo desenrolar do enredo vai crescendo de maneira bem agradável e não ter lido o primeiro livro da série, não chega a atrapalhar a leitura.
O lado mais ‘hot’ do relacionamento, acabou se tornando um tanto morno, poderia ser mais intenso e melhor desenvolvido (minha opinião), esperava por algo mais intenso. E outro ponto que poderia ser mais bem abordado e explicado, é um dos segredos da protagonista. Achei que ficou um tanto superficial, assim como o verdadeiro segredo do livro. Espero que nos próximos exemplares, tudo seja melhor esclarecido.
O livro é bom, mesmo com minhas observações. Tem romance, drama, um tom de comédia e um certo mistério, muitos comentários sarcásticos, que gosto muito. Mostra uma relação até intensa, embora mostre o lado mais vulnerável das personagens. Fala sobre cumplicidade, respeito mútuo, traições, perdas, de amor e recomeços.
Muito bom e recomendo.



site: https://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2020/02/resenha-10-o-sabor-do-pecado-elizabeth.html
comentários(0)comente



May 26/07/2020

Bom
No início até o meio do livro achei a história bem fraquinha, água com açúcar mas aí no final esquentou pena que foi só no finalzinho, mas vale a pena ler .
comentários(0)comente



Ketlyn.Silva 18/05/2020

O sabor do pecado
Elisabeth Hoyt tem uma escrita que me envolve, diferente de muitos livros de romance de época ela consegue transformar mulheres em grandes mulheres...confuso não vou explicar.
Nesta saga de grandes homens que sofrem uma batalha Elizabeth consegue trazer mulheres que já tem experiência diferente das mocinhas o que são virgens. Ambas trazem sua carga emocional assim como esses homens.
Nessa história temos uma mulher ao qual sofreu uma grande desilusão amorosa e depois de muito tempo toma a iniciativa de propor casamento ao seu grande amor que diferente dos mocinhos bem tantos traumas e tantos medos quanto ela e aos poucos vão descobrindo como superá-los e viver este grande amor, que se forma através do conhecer um ao outro.
comentários(0)comente



Nalí 15/08/2020

Srta Melisande Fleming é uma mulher que tenta passar despercebido pela vida e isso se reflete até no seu modo de vestir. Mas ela guarda um segredo, uma macula no seu passado e essa camuflagem é para evitar ser magoada novamente.
.
Jasper, Visconde de Vale, é um homem que carrega em sua alma cicatrizes da guerra. Ele esta sempre tentando fugir dos seus demônios. Enquanto busca por respostas sobre o passado, se depara com uma mulher orgulhosa e corajosa que o pede em casamento e, apesar dela não fazer seu estilo e ele nem sequer lembra o seu nome, aceita.
.
E assim começa esse romance instigante e envolvente, permeado de dores do passado, mas cheio de amor e sensualidade. Com uma narrativa fluida e cativante, somos imersos em uma história que nos conquista e prende até o final. Os personagens são bem trabalhados e suas histórias pessoais são marcantes e comoventes, e enxergam um no outro o que faltava em si.
.
Nesse livro a autora deu continuidade à busca por respostas apresentadas do primeiro. Não direi o que é para não dar spoiler para quem não leu, mas ela é importante e a trama gira em torno disso. A propósito, é assim também que somos apresentados ao próximo casal, e esse gancho que Hoyt sempre faz apresentando o próximo casal é muito incrível, por que nos faz querer saber desesperadamente como será esse encontro.
.
Para concluir, recomendo que inicie pelo primeiro da série “O gosto da tentação”, tem resenha dele aqui no ig caso queira ler antes de decidir. Mas já adianto, super recomendo ambos! Mal posso esperar para o lançamento do terceiro livro.
comentários(0)comente



44 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3