Diário de Rowley

Diário de Rowley Jeff Kinney




Resenhas - Diário de Rowley


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Dani 16/05/2020

Nesse livro a inocência do Rowley fica ainda mais evidente do que nos outros livros da saga do Diário de um Banana. Recomendo!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



@desaniversarios 30/12/2019

O pior livro da série
Hello, guys! Bora começar o final de semana com uma resenha fofinha por aqui?

Gostei de ver a maneira como o Rowley se enxerga, principalmente na forma de desenhar. No entanto, o livro é somente sobre o Greg, e não coloca o Rowley como protagonista da sua própria vida. Isso me incomodou de certa forma.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Geralmente os livros de Diário de Um Banana são livros leves, divertidos e que nos fazem rir muito! Mas esse livro, apesar de ser um spin-off, não me divertiu tanto! As histórias ficaram um pouco "irritantes" e só mostraram o pior lado do Greg, como se ele fosse um péssimo amigo. Confesso que achei isso bem injusto! Afinal, quem acompanha a série sabe o quanto ele é legal, apesar de pisar na bola em algumas situações.

Definitivamente foi o pior livro da série, e fiquei decepcionada. Ainda assim, compraria a continuação. É difícil explicar, mas essas histórias do Greg e do Rowley viciam a gente! Hehe
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O número de estrelinhas? Três! Ainda tenho esperanças de que o Greg seja melhor representado na visão do Rowley!

site: https://www.instagram.com/p/B0Zjs1GDJUV/
comentários(0)comente



Mutante X 20/08/2019

Divertido, mas...
Após 13 livros, com o 14o. a caminho, Rowley saiu da sombra do amigo Greg e criou seu próprio diário. O problema é que Rowley é um garoto um tanto quanto infantil e inocente perante a esperteza de Greg e acaba sendo convencido pelo amigo a fazer um livro onde ele continua secundário. A ideia do escritor Jeff Kinney, que deu super certo na franquia O Diário de um Banana, é bacana e o livro mantém o clima de humor leve, com a narrativa sob o ponto de vista de Rowley. Além de alguns fatos inéditos, quem acompanha a série do Banana vai identificar alguns momentos conhecidos. Porém, o livro peca - e bem grave, diga-se de passagem - na gramática. Há uma falta de vírgulas e aspas no texto, uma vez que ele é narrado em discurso indireto e, mais para o final, chega ao cúmulo de haver um "acordásse", assim, com acento. A impressão que dá é que tudo é proposital, como se fosse o estilo de Rowley escrever e, como ele é uma criança, ainda não tem o conhecimento completo de regras gramaticais. Mas, desculpem o meu rigor, isso NÃO é desculpa. O livro é voltado para crianças e tem a obrigação de trazer uma linguagem correta, pois a criança que lê vai assimilar os erros e, com isso, escrever também incorretamente, sem pontuação adequada. Não concebo um livro infantil que seja recheado desse tipo de erro tão primário. Por conta disso, o prazer da leitura foi diminuído (porque acabou com a imersão no texto) e deixou de ser tão prazerosa quanto deveria. Espero que, se houver um próximo volume, essa "linguagem" do Rowley seja melhorada (até porque, como personagem, ele é bem mais estudioso que o Greg, que escreve corretamente.).
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4