Um Cavalheiro a Bordo

Um Cavalheiro a Bordo Julia Quinn




Resenhas - Um Cavalheiro a Bordo


36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 21/07/2019

Decepcionada
Preciso assumir pra vocês que terminei esse livro decepcionada.
Quando o peguei para ler estava esperando um romance de época, sendo que o livro me pareceu bem mais aventura ou algo similar.
Poppy Bridgerton é sequestrada por piratas ao se meter no meio de um esconderijo contrabandista. O capitão do navio o qual esses piratas pertence é, ninguém mais, ninguém menos, que Andrew Rokesby com uma faceta falsa. No meio de toda a proteção que estendia a moça eles foram se identificando um com o outro e enfim, o resto vocês sabem.
Tinha tantas formas de deixar interessante esse livro, mas tantas, e durante a leitura eu só conseguia pensar nelas, criar expectativas que raramente eram alcançadas. Eu não sou a maior fã de livros com temática de navio, pirata e similares, mas como era Julia Quinn, e como o mocinho já tinha me fisgado no primeiro livro, não me deixei levar por isso e estava muito ansiosa para ler, mas poxa, não foi das melhores experiências, de verdade.
Eu esperava mais provocação entre os dois, afinal, Poppy estava ali contra sua vontade, mas não, ela aceita com extrema facilidade e passividade sua posição e fiquei chateada com isso, muitos artifícios incríveis com cenas memoráveis podiam sair se fosse diferente.
Não me entendam mal, gostei dos personagens. Andrew é realmente maravilhoso e Poppy também, o que me fez até aceitar esse livro foi os diálogos espirituosos entre eles, é o que me chamou atenção e me fez chegar ao final, porque de resto... sinceramente, precisar passar das 230 páginas por um beijo que se preze? Em um romance? Da Julia Quinn? Desagradável para dizer o mínimo. Eles parecem muito mais amigos do que amantes e eu não gostei dessa sensação. Julia podia mais que isso, bem mais.
Gostei do final, foi emocionante, apenas não compensou a falta de entusiasmo do resto de livro. Não há como negar que essa obra só ficará com 3 estrelas por carregar o nome Julia Quinn nele. Tenho um afeto muito grande por ela para dar menos que isso, mas... Que merecia, merecia.

Mais resenhas em: meowbookblog.wordpress.com
Anne 21/07/2019minha estante
Thai, senti o mesmo que você.! 230 páginas para o primeiro beijo quase me matou. Rs


Fabi 22/07/2019minha estante
Estou sentindo eles mais como amigos tb. Tão estranho!


Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 22/07/2019minha estante
Anne, nem me fale!! Kkkkk eu não aguentava mais, qualquer aproximação mínima já ficava ansiosa e quando não rolava nada quase gritava de raiva kkkkkk


Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 22/07/2019minha estante
Fabi, muito estranho mesmo! Infelizmente foi um dos livros da Julia que menos gostei.


Fran Dias @encanto.porpagina 22/07/2019minha estante
A gente gosta é da pegação hahhahaha e a Julia nunca tinha feito um livro tão casto.


Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 22/07/2019minha estante
Fran, sim, hahaha, acho que esse clima mais hot dos romances de época é o que dá um âtchamâ pro gênero, só um livro ou outro que não precisa (tipo Edenbrooke, que é maravilhoso), mas no geral prefiro que tenha esse toque, sinto que o livro fica mais completo, não sei, haha.


Fran Dias @encanto.porpagina 23/07/2019minha estante
@meowbooksblog Claro, também achei,gosto mais da pegada hot nos livros de época do que nós contemporâneos,tem um charme especial sabe?!
Edenbroke eu fiquei apaixonada,mas é outro estilo de leitura .




spoiler visualizar
Mi 05/08/2019minha estante
Meu Deus esse livro é minha próxima leitura rs


Pâm 05/08/2019minha estante
Ahh, mas gosto é muito pessoal talvez você goste.


Bianca @estanteliiteraria 12/08/2019minha estante
Aí mana, me senti exatamente assim. Eu não gosto do livro da Eloise dos Bridgertons, mas ele e esse ficaram no páreo, só no final que âvaleu a leituraâ


Pâm 13/08/2019minha estante
Sim eu. Ao curti esse livro quase não terminei, o final foi melhor que o livro todo mas não foi assim tb grande coisa sabe




Regiane Moreira 27/07/2019

Esperava muito mais...
Quando li um trecho deste livro no final do vol 2, eu criei uma espectativa muito grande. Pois é, me decepcionei. Não que tenha sido ruim, mas não foi tão bom também. Fantasia demais. Uma jovem da sociedade é sequestrada por quase 15 dias e ninguém se dá conta?. Sei lá Surreal demais, mas o ponto forte, foi engraçado e o casal tem uma quimica deliciosa. Vale um 3,8 que arredondo para 4 estrelas.
Recomendo.
https://amzn.to/312aYZA

site: https://meupitacoliterario.blogspot.com/
comentários(0)comente



Leninha Sempre Romântica 29/07/2019

Se você é daquele tipo de leitor que já se apaixona por uma história lendo a sinopse do livro, posso salientar que temos algo em comum. Amo aventuras marítimas, sou fã de um bom pirata, um corsário que salva a mocinha em apuros, porém nada me preparou para o encanto que foi ler a história de Poppy Bridgerton e Andrew Rokesby.

Andrew não deixou nada a desejar em relação à expectativa que eu estava para ler sua história desde Uma Dama fora dos padrões. Com certeza um dos mais carismáticos personagens da diva Julia Quinn. Seu senso de humor, característico dos protagonistas da autora, leva o leitor a risadas internas, a risinhos contidos e, claro, suspiros apaixonados. Junto a Poppy teremos diálogos interessantes, bem humorados e dignos de notas.

Nossa mocinha é encantadora, super inteligente, curiosa e sagaz. Os embates verbais que acontece entre os dois são maravilhosos de acompanhar. Tudo na história prende o leitor, mesmo que em alguns momentos uma ou outra descrição excessiva sobre arquitetura ou sobre navios tenha me deixado um pouco entediada, mesmo sabendo que o tema é necessário para desvendar a incrível curiosidade de Poppy com relação a tudo.

É realmente gratificante ver o desenrolar do romance, que acontece gradativamente e vai crescendo ao longo da trama, deixando o leitor preso às páginas do livro. Tudo é muito bem descritivo e de fácil absorvição, ficando assim possível sentir as emoções dos personagens, seja na luta interna contra o obvio (nesse caso o amor que surge entre eles), seja na urgência em se construir uma base sólida para sustentar sentimentos tão intensos. Eu amei indescritivelmente.

Adoro a maneira como Julia Quinn desenvolveu o mote da história, e mesmo que só bem lá no finalzinho do livro nosso casal sucumbe ao desejo que cresce entre eles, o desenrolar da trama foi de uma delicadeza sem par. Não tem como parar de ler.

Recomendo muito a série dos Rokesby, que de certa maneira tem deixado os Bridgertons em segundo lugar em meu gosto pelos livros da autora.
Tá bom, amo as duas séries igualmente. (Risos)


site: http://www.sempreromantica.com.br/2019/07/um-cavalheiro-bordo-julia-quinn.html
comentários(0)comente



Leticia Simoncelos 16/08/2019

Bom e diferente do esperado!
Se tem algo que me encanta na escrita da Julia é a capacidade de iniciar um romance por meio da amizade entre dois personagens.

E neste terceiro livro da série vemos justamente isso quando Poppy, uma personagem inteligente e de língua afiada, por estar no lugar errado e na hora errada, acaba sendo "sequestrada" e levada para a maior aventura de sua vida. E que aventura. A partir daí, a convivência com o capitão James se faz necessária.

Diferente do que vemos de Andrew no primeiro livro da série, neste o personagem ganhou uma personalidade mais madura e responsável. Além de estar sempre pensando no bem-estar dos outros.

É fácil notar a química entre os dois personagens, que é bastante clara em todos os momentos.
Ao fim do livro, nota-se também que a autora perdeu a oportunidade de aprofundar a relação entre os personagens principais em varios momentos oportunos, o que foi uma pena.
Porém superou minhas expectativas.
comentários(0)comente



Michelle Trevisani 06/08/2019

Adorei! Muito original para romances de época!
Olá gente! Tudo bem? Hoje o livro que trago é da mais nova série publicada pela Arqueiro da queridinha escritora dos romances de época Julia Quinn. Os dois primeiros livros da série já tinham me fisgado, mas esse aqui, nossa, eu adorei! Ele é muito diferente de tudo que já li no quesito romances de época. Digo, em relação a ambientação. A autora foi muito feliz com a condução da história e a narrativa está super original.

Poppy e Andrew não nosso casal principal. Poppy estava passando uma temporada na casa de uns parentes quando resolveu dar um passeio sozinha pela praia que havia perto da residência. Como é muito curiosa, acabou por topar com uma caverna e resolveu explorá-la. O que ela não sabia era que a caverna era usada para contrabando por piratas. Ou era isso que ela imaginava que eles fossem.

Ela estava no lugar errado, na hora errada. Os piratas a interceptaram e ela foi levada como prisioneira para um navio, carregada de olhos fechados e amordaçada. Ela agora era uma ameaça a solta, e eles não poderiam correr nenhum risco com Poppy dando com a língua nos dentes sobre a caverna.

O comandante do navio é Andrew James Rokesby e ele está longe de ser um pirata. Na verdade trabalha na surdina para a coroa, e quando soube que Poppy fora apreendida por seus homens, não vê outra alternativa a não ser mantê-la como prisioneira por sua viagem até Portugal e libertá-la na volta. Acontece que Poppy é uma Bridgerton! Justo uma Bridgeston e Andrew não pode revelar suas intenções, seu trabalho secreto para a coroa, muito menos o seu sobrenome. Não sabe como essa história vai se desenrolar, mas agora o que está feito, está feito.

Leia o restante da resenha no meu blog >> LIVRO DOCE LIVRO.

site: https://meulivrodocelivro.blogspot.com/2019/08/resenha-um-cavalheiro-bordo-de-julia.html
comentários(0)comente



Alessandra 13/07/2019

Decepcionante!!
Não acredito que guardei a série toda para este livro 03. Achei bem decepcionante, muito moroso e tem hora que pensei estar lendo alguns livros técnicos de arquitetura e navegação de tão grande que é a explicação dessas áreas no texto. O romance demora a acontecer, só com 60% do livro que tem um troca de olhar e um diálogo mais malicioso. Casal sem química, uma pena. E o livro é muito descritivo já que Poppy é sequestrada e passa boa parte da história dentro da cabine do capitão sozinha. Andrew visita ela só nas refeições e olha lá !! Tem hora que a mocinha até inventa diálogos com pessoas imaginárias. Uma pena pois tanto a mocinha quanto o mocinho tem personalidades maravilhosas para fazer uma mega história. De toda a série gostei mais do livro 02 do irmão Edward !!
Jaque - Achei o Livro 16/07/2019minha estante
Xiii já vi que não vou curtir tanto.... odeio cenas descritivas.


Thai Zavadzki (@meowbooksblog) 22/07/2019minha estante
Concordo plenamente! To até chocada com tanta resenha positiva kkkkk, amo a Julia, mas acho que nesse livro ela errou a mão, faltou o romance, as provocações, bem aquém do que eu esperava.




Pri 31/07/2019

Perfeito
Depois de uma temporada exaustiva em Londres, Poppy Bridgerton só queria uns dias de paz e descanso na casa de campo de uma grande amiga. Porém, quando resolveu explorar novos lugares em sua caminhada diária, ela acabou se deparando com uma caverna, um baú do tesouro e dois piratas, pelos quais acabou sendo capturada.

Quando Andrew Rokesby, o capitão do Infinity, descobre que seus homens levaram uma prisioneira a bordo e que, para piorar, ela é uma Bridgerton, ele sabe que aquela situação não poderá ser resolvida facilmente.

Acontece que, sob o disfarce de Corsário, Andrew na verdade trabalha para a Coroa, carregando mensagens secretas. Se deixar Poppy escapar, todos os segredos escondidos na caverna estarão em risco, e precisando partir imediatamente para uma missão, o único jeito é levá-la consigo e depois devolvê-la em segurança. Só não esperava se apaixonar por aquela Bridgerton que ele ainda não conhecia.

?Ele precisava de um momento para se recompor. Aquele beijo... tinha durado menos de um segundo, o suficiente para deixá-lo completamente desnorteado.?

Aaaahh, que delícia de livro! Julia nunca, nunca mesmo, me decepciona.

Nesse terceiro volume da série, o padrão de mocinho ?cavalheiro até a unha do mindinho?, se mantém. Estou completamente apaixonada por Andrew!

A história se desenvolve de forma leve enquanto vamos acompanhando a relação entre Poppy e Andrew, e foi muito gostoso de acompanhar seus diálogos espirituosos e inteligentes. Amo quando o sentimento entre o casal vai surgindo aos poucos, porque assim podemos acompanhar bem a construção do romance.

Mas, diferente dos primeiros livros, esse tem mais ação no final, o que nos confere alguns momentos de tensão. Porém, Julia sendo Julia, conseguiu desenrolar os fatos da melhor forma, e o final foi muito, muito lindo! Eu literalmente suspirei e abracei esse livro quando acabei. Dito isso, nem preciso dizer também que vocês precisam ler essa belezinha, né?!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Letícia G. 15/07/2019

Mais uma vez apaixonante
Quando li a sinopse, confesso que não fiquei tão empolgada quanto geralmente fico. Mas, por se tratar de Julia Quinn resolvi embarcar nesta aventura.

Andrew e Poppy me conquistaram bem aos poucos, eu me senti por vezes incomodada com a situação que ela se encontrava, no entanto, os motivos por trás de tudo e a época em que se passa a história, fez bem mais sentido para mim.

Achei incrível a parte técnica náutica, e principalmente queria parabenizar a tradução impecável, de termos tão complexos.

Julia acerta novamente em uma história que tem romance, aventura e nos deixa ainda mais curiosos pelo que ainda estar por vir!

site: https://www.goodreads.com/itsleticiagui
comentários(0)comente



Book.Obsession 08/08/2019

Um cavalheiro a bordo é o terceiro livro dos Rokesbys.

Poppy é uma Bridgerton nata. Inteligente, perspicaz, com personalidade forte, quem não conhece a série, está aí uma ótima chance para começar a se apaixonar por essa família. Andrew se mostra durão, mas logo se vê envolto por essa jovem e ai apreciamos sua gentileza e cavalheirismo.

Julia Quinn mais uma vez nos mostra porque é a diva dos romances de época. Com bom humor e diálogos envolventes, rápidos e fluidos, a série nos encanta por seus personagens bem construídos, com boa química e cenários que são diferenciados, fugindo da tradicional fórmula dos bailes e chás da sociedade londrina.

Resenha completa no blog.

site: https://www.bookobsessionblog.com/2019/08/resenha-um-cavalheiro-bordo-julia-quinn.html
comentários(0)comente



Rosana Barros 23/07/2019

Bem cavalheiro
Estava bem curiosa para saber qual seria a história de Andrew Rokesbys. Ele que foi um dos personagens marcantes da história de George e Billy (Uma dama fora dos Padrões), com sua fixação ao fazer castelos de cartas e diálogos inteligentes.
De todos os livros da Julia Quinn, esse foi o mais diferente, pois estamos acostumados as confusões que as etiquetas sociais da Inglaterra acarretavam naquela época, bem comuns nesse tipo de romance, ou de o relacionamento entre os nossos mocinhos ser mais acalorado e “quente” como em outros livros da autora. Porém a sagacidade dos personagens e o modo como a trama se desenrola não deixa a desejar.
Poppy Bridgerton (familiar para quem leu a série) é uma aventureira e extremamente curiosa. Já a caminho da sua terceira temporada social sem ter encontrado um marido ou pretendente que lhe chamasse atenção, prefere passar as férias com sua amiga no campo e longe da família. Em um dos passeios pela praia, ela encontra uma caverna e um tesouro de piratas. Para seu azar ou sorte, ela é descoberta e levada ao navio, em que nosso mocinho Andrew é o capitão.
O terceiro Rokesbys já está mais amadurecido, saiu da marinha, porém continua a serviço da coroa a bordo do Infinity, levando documentos oficiais a outros Países. Apressado para realizar mais uma das missões em que foi convocado, acaba sendo obrigado a levar Poppy com ele. Mesmo sabendo que isso poderia obriga-lo a se casar com ela depois.
O romance entre os dois vai se desenrolando aos poucos, com disputas verbais fantásticas. Apesar de dar um pouco de agonia do auto controle de Andrew para não destruir ainda mais a reputação de Poppy, o leitor pode se deliciar com o relacionamento deles crescendo aos poucos, de forma quase inocente.
Bem descritivo o livro nos faz sentir todas as emoções deles, a angustia de Poppy por ficar trancada na cabine do capitão, a necessidade urgente de Andrew ao se aproximar e provocar Poppy a todo momento e ao desejo mútuo que vai surgindo entre os dois.
Apesar de ser só no finalzinho dos livro que eles finalmente sucumbem ao desejo, eu recomendo a leitura, afinal é Julia Quinn.
comentários(0)comente



Thu 06/06/2019

Completamente apaixonada...
Meu Deus, que livro é esse? É o melhor da série até agora.
Andrew é o mais fofinho dos irmãos, sexy, irresistivel, forte, encantador. Estou apaixonada por ele e por Poppy. Pensa numa mocinha forte, que não é de reclamar, que tira o melhor das situações, é inteligente. E os dialogos entre eles? O que é isso?
Esse casal tem muita química, não tem como negar. E o romance entre eles é lindo....
Bom, Poppy não é uma mocinha convencional. Um dia, quando visita uma amiga, ela vai explorar a região da praia e encontra uma caverna, e ela entra. Mas é descoberta por dois piratas, que não sabendo o que fazer, a levam até o navio do capitão Andrew James.
Como ele tem que ir a Portugal, já que está no serviço secreto da Coroa, ele não pode lidar com isso e resolve que devolverá Poppy quando retornarem. Sendo assim, ela faz viagem com eles. A maior parte do livro acontece durante a viagem. Não vou contar muito senão darei muitos spoilers. Mas eles são lindos! Amei esse casal.
Syl 07/06/2019minha estante
Nossa finalmente lançaram, vc tem o PDF ??


Thu 07/06/2019minha estante
finalmente, vão lançar em julho... ainda não


Syl 07/06/2019minha estante
Brigada, esperando ansiosa




Cris.Pimentel 02/08/2019

Um cavalheiro a bordo da perfeição
Li muita resenha negativa sobre este livro, comecei sem expectativa nenhuma e amei, é como um sopro de ar fresco num dia de verão.
Não espere uma história tórrida ou intrincada, mas uma aventura divertida com conversas inteligentes e engraçadas, com passagens lindas que aquecem o coração.
Os personagens são dois queridos, e o cavalheiro é tão mágico como uma noite estrelada.
Antes de começar, lembre-se, você não está lendo a série The Bridgertons mas a The Rokesbys.
Aproveite o lado mais leve e engraçado da Julia Quinn.
Super recomendo.
comentários(0)comente



Beta Oliveira 18/08/2019

Poppy foi passear, encontrou uma caverna e terminou capturada por piratas e prisioneira no navio deles! Andrew não precisava da complicação de uma passageira a bordo, mas tinha uma missão a cumprir e não poderia permitir que nada colocasse em risco. Eu adoro a Julia Quinn porque ela sabe o que faz, né? É um livro cativante, apaixonante, envolvente no sentido de respeitar a inteligência dos personagens e fazer a gente se torcer por eles. Estou amando a série e que venha o próximo!

O texto completo está no Literatura de Mulherzinha.

site: https://livroaguacomacucar.blogspot.com/2019/07/cap-1610-um-cavaleiro-bordo-julia-quinn.html
comentários(0)comente



36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3