O centro de todo o caos

O centro de todo o caos Marina Feijóo




Resenhas - O centro de todo o caos


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Lethycia Dias 25/06/2019

Cura gradual e dolorosa
Uma garota foge de casa. Sem falar nada para ninguém, ela pega um ônibus em direção ao Rio de Janeiro. Depois de ter abandonado a faculdade e o apartamento que dividia com suas amigas, ela abandona também a casa dos pais e qualquer outro vínculo de sua vida.
É assim que somos apresentados à protagonista de "O centro de todo o caos", novela de Marina Feijóo lançada pela Editora Resistência na coleção "Todas as letras do arco-íris". Depressiva, ela quer fugir do mundo, e não sabe se quer se encontrar ou apenas ter sua existência apagada.
É como se ela enxergasse tudo com um filtro que torna as coisas negativas. Ela se sente um peso. Ela incomoda as pessoas. Ninguém gosta dela. Na verdade, ninguém repara nela. E as coisas não ficam melhores na solidão. Por isso, ela volta, procura sua ex-namorada e pelas outras pessoas que deixou para trás. Aos poucos, vamos descobrindo o que fez ir embora e conhecendo melhor essas relações.
Essa história é curta e rápida, porém muito profunda. Cada capítulo tem um pouco da dor dessa personagem que não é nomeada, e isso me afetou bem mais do que eu esperava. Já cultivei muitos dos pensamentos que levam a personagem para uma espiral de autodestruição. Já me senti a pessoa que não faz diferença no grupo de amigos.
O livro discute luto, suicídio e depressão. E o principal: a vida não para; ela não espera pela gente. Mas entre os temas secundários, estão o racismo, os relacionamentos abusivos, as pressões do início da vida adulta.
Alternando entre presente e passado, acompanhamos a personagem indo de uma crise grave a uma cura lenta e gradual. Essa abordagem é bem responsável, ressaltando a importância de buscar tratamento psicológico e, no fim, recomendando formas de pedir ajuda quando nos sentimos assim. Recomendo muito a leitura!

site: https://www.instagram.com/p/BzHEiEVjXZb/
comentários(0)comente



Lito 15/06/2019

O MEU NOVO CONTO FAVORITO!
Transmitir tudo o que o personagem está sentindo é para poucos autores. Marina consegue fazer isso com perfeição. É um conto que dói. Machuca. Te destrói de diferentes maneiras, mas ao mesmo tempo é um conto que te abraça, que te coloca no colo e fala que vai ficar tudo bem. Queria escrever um texto enorme sobre as várias emoções que senti ao ler esse conto, mas não consigo. Esse conto vai além das palavras. Leiam, por favor, leiam!
comentários(0)comente



May 12/06/2019

O CENTRO DE TODO O CAOS
Depois de perder um amigo pro suicídio, Larissa entra em depressão e foge de São Paulo para tentar uma vida longe de todas as pessoas. Ela vai pro Rio de Janeiro, e lá conhece Gabriel. Ela é uma pessoa fechada pro mundo, pros sentimentos, mas aos poucos Gabriel conquista sua amizade. Depois de meses, Gabriel precisa voltar pra sua casa e todo sentimento de desesperança volta a reinar no coração de Larrisa. Depois de tentar um suicídio, ela se vê obrigada a voltar para sua casa em Santos.

Na mente de Larissa ninguém sentia falta dela, os pais, os amigos e nem a ex namorada. A realidade era diferente, todos sentiram sua falta, seus pais a procuraram incansavelmente. Depois de muito lutar contra o sentimento de autodepreciação, ela começa a fazer terapia e ter acompanhamento psiquiátrico e começa a colocar as ideias em ordem na sua cabeça. Enfim começa a longa caminhada para perceber que ela não é a pessoa horrível que pensava ser.

A escrita da autora é incrível, conecta perfeitamente passado e presente. A história toda se passa sem falar o nome da protagonista, e isso causou um aperto no meu peito pois tenho problemas com ansiedade generalizada e me vi em muitos textos que a protagonista escreve no fim de cada capítulo.
comentários(0)comente



Ana Carolina | @attanacarol 08/06/2019

Um livro necessário!
O centro de todo caos, me tocou de uma forma que poucos livros conseguiram, acompanhamos a protagonista em sua jornada para encontrar a si mesma, e se curar de todas as feridas e dores que carrega, foi meio assustador me identificar tanto com suas dores e questões internas, mas fiquei muito feliz com o final, sabe como é, tem histórias que nos deixam com uma esperança danada. Por isso, leiam esse livro!
Maria 08/06/2019minha estante
AAAAAAAAAAAAA SIM!
Dói, mas nos deixa com esperança!




Maria 06/06/2019

Esse livro me deu paz!
O livro conta a jornada de uma protagonista sem nome nem endereço. "Sem nome", como eu a chamo carinhosamente, parte para o Rio de Janeiro, tentando encontrar um pouco de paz de espírito, no entanto, sua fuga causa o efeito contrário e, agora, seis meses depois, a protagonista precisa voltar para casa.

O que fazer quando todos que eram seu porto seguro desaparecem? Como recomeçar se você acha que não merece nada?

O centro de todo o caos é um relato profundo e verdadeiro sobre depressão, autodepreciação, luto, e um mergulho no autoconhecimento.

Marina aperta com força a personagem, nos mostrando uma pessoa que está sofrendo, perdida e sozinha. Uma pessoa que acha que não merece o que a vida tem de bom, mas que, através da amizade e do amor (amor sapatão incluso com sucesso), encontra seu lugar em meio ao caos.
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5