O Instituto

O Instituto Stephen King




Resenhas - O Instituto


328 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Cintya Plem 11/02/2020

O Instituto
Que saudade estava de ler algo do meu reizinho. Para mim é sempre um prazer conhecer mais uma de suas histórias mirabolantes, que no fim fazem total sentido e sempre mexem comigo de alguma forma, com essa leitura aqui não foi diferente, me emocionei e encantei total!
Luke Ellis é um garoto de 12 anos, tem uma inteligência descomunal e nessa idade já foi aprovado em duas grandes faculdades, ele pensa que seu maior problema é convencer os pais amorosos o deixarem ir estudar, até que vê sua vida ser completamente transformada ao ser sequestrado e levado ao instituto!
Agora sim, no instituto é que vamos começar a adentrar na história e todas as suas explicações, muito mais suposições, mas é isso que o King faz mesmo, as respostas para a maioria das perguntas que surgem são respondidas apenas no final! Voltando ao instituto, Luke conhece outras crianças: Kalisha, Nick, George, Helen, Iris e o meu doce Avery! Ao longo dessa estadia entendemos a dinâmica do local, que faz experimentos com as crianças que possuem halibidades telepáticas e telecinéticas.
As crianças são invadidas e desrespeitadas constantemente, e querem entender qual o motivo de estarem passando por isso, razão essa que o autor conseguiu construir muito bem!
Em outro canto do livro, lá no início havia conhecido Tim, um injustiçado antigo policial, que consegue emprego na pequena cidade DuPray. Ele terá um destaque enorme, pois é aquele personagem que toda criança adoraria conhecer, aquele adulto que acredita nela!
Doce, nostálgico e cheio de segredos horripilantes é essa obra! Em comparação as outras obras do rei essa é bem leve, tem uma dinâmica super fácil de acompanhar e a trama simples de compreender, os detalhes estão estilo King mesmo, bem explicados, o que para mim é um deleite! Nem sei o que falar da história, mais uma vez trazendo crianças como personagens centrais que tentam combater o mal com a amizade e força que são capazes de ter juntos, eu amo!
comentários(0)comente



calie 15/09/2020

aquele com crianças singulares, amizade e poderes da mente
nada de vampiros, fantasmas, zumbis ou quaisquer criaturas macabras além das mais horripilantes de todas: seres humanos. o que tornou a experiência dessa leitura ainda mais assustadora para mim foi pensar na proximidade, de tudo o que acontece, com o mundo de hoje. é de se pensar que aqueles horrores podem acontecer, não? ou, pior, estarem acontecendo neste exato momento sem que a gente saiba (o que é assustadoramente agoniante). assim que o livro ganhou velocidade e o laço apertou em torno do pescoço dos personagens principais, eu pude sentir a mesma intensidade e claustrofobia crescendo em mim enquanto corria para o final. mais um romance instigante!

o autor tem um grande talento na arte de fazer com que eu me apegue a um personagem para depois arrancá-lo de mim sem nenhuma dó. tudo bem... estou acostumando a chorar em todos os seus finais, Sr. King.
Micky 15/09/2020minha estante
King adora lascar com a gente no final kkk


calie 15/09/2020minha estante
me aproximando dos finais eu já vou separando as lágrimas que irei derrubar, amo!


Micky 15/09/2020minha estante
Preparada! Hehehe, SK é demais!




rach 19/12/2020

Um dos melhores que li esse ano.
Pois bem, King sendo King. Narrativa que te prende, personagens interessantes e enredo sólido porém jovial são os pilares desta leitura. Maravilhoso!
comentários(0)comente



Giulipédia 03/04/2021

A inteligência individual e o bem estar coletivo!
Duas histórias paralelas se unem para compor esse livro que é o instituto. Mais uma vez, tio King nos dá muito o que pensar numa história bem escrita e cheia de conceitos a se questionar sobre a nossa realidade através da ficção literária.

Tim é um ex-policial que está viajando para Nova York em busca de um emprego e um recomeço e Luke é uma menino de 12 anos extremamente inteligente, considerado um mini gênio, prestando vestibular para duas universidades ao mesmo tempo. Em uma noite, Tim vai parar numa cidade e acaba como vigia noturno desta. Enquanto que Luke sofre um sequestro e vai parar em um local chamado apenas de instituto. E assim, para saber como esses dois universos vão coincidir e descobri o que é o instituto, você vai ter que encarar essa obra fantástica que mais uma vez, o rei aceitou em cheio!

Esse livro me fez pensar em, o que é, de fato, a inteligência. E diferente do que todo mundo acredita, inteligência não é só saber um mundo de coisas, é claro que pessoas inteligentes acabam sabendo mais coisas que a grande maioria das pessoas, mas não é a quantidade de informações que as tornam inteligentes e sim como elas adquirem essas informações, como aprendem o conhecimento e mais importantes ainda, o que fazem com ele. E aqui entra também o conceito de obediência cega e obediência crítica.

Lendo esse livro, e olhando para Luke, um menino com um alto grau de inteligência, notamos, não só que ele é uma enciclopédia humana, por que ele é, mas que além dele saber, ele gosta de saber, ele sabe porque quer saber. E acima de tudo, ele tem senso crítico de questionar e não aceitar a realidade que foi imposta a ele e aos seus, pois sabe que aquilo não vai lhe trazer benefícios futuros, mas sim que sua vida pode está correndo sérios riscos.

Então, quando penso em inteligência, penso em não apenas facilidade de fazer ligações de conceitos diferentes, mas o ato de gostar de descobrir coisas novas e usar isso em benefício coletivo, pois sim, pasmem! Vivemos em sociedade, é burrice pensar somente no seu bem estar individual, pois se o coletivo está sofrendo e você vive no coletivo, então você também vai sofrer!

E esse livro, o instituto, vai abordar muito esse conceito do coletivo (não vou entrar em mais detalhes pra evitar spoiler...!) então dá pra fazer uma reflexão muito legal a respeito do que é o instituto, por que e para que ele existe e como isso tudo tá ligado a mente, a inteligência e, a consequentemente, as ações humanas individuais que influenciam na sociedade. Sim, meus caros e caras, o livro faz a gente entrar numa bela de uma crise existencial, mas conhecendo tio King, isso não é novidade né, convenhamos!!

E da até para fazer um parâmetro sobre a nossa situação atual, olha que interessante! Mas vou parar por aqui, por que isso deixaria de ser uma resenha e viraria... bom, algo que não é uma resenha...! Enfim, os convido a ler e a tirarem suas próprias conclusões, a repensar sobre o que é ser inteligente, sobre bem individual e coletivo principalmente e também a terem mini crises existenciais a respeito da sociedade em que vivemos, recomendo a todos e boa leitura!!
comentários(0)comente



Raul 23/08/2020

O instituto
Que livro bom, cheguei na metade e nao consegui parar de ler até terminar, seus personagens e trama são muito bem desenvolvidos e tem um final satisfatório, quando vi estava apegado aos personagens torcendo por eles e ficando aflito com o que poderia acontecer, foi uma experiência muito boa.
Duda 24/08/2020minha estante
?????


Pedro.Talassi 24/08/2020minha estante
Que bom que gostou! Fiquei triste quando acabou, os personagens são todos cativantes e bem desenvolvidos :(


Raul 24/08/2020minha estante
Entao achei tao legal a relação entre eles um cuidando do outro, bem desenvolvidos.


Rony 25/08/2020minha estante
Nunca li nada do King.
Quero muito lê algo dele


Raul 25/08/2020minha estante
Recomendo muito ler! Unico risco é viciar e querer ler todas as obras dele.


Rony 25/08/2020minha estante
Valeu Raul pela dica.
Vou adicionar na minha Lista infinita de desejados ?




@lipecelli 06/05/2020

Mais um livro de King que não decepciona em nada. 2 pontas soltas no começo, e que se encaixam perfeitamente no final. Valeu muito a pena cada segundo nessa aventura com Luke, Avery Dixon, e outros ;)
Lua 06/05/2020minha estante
Estou super ansiosa pela chegada do meu ?


@lipecelli 06/05/2020minha estante
Não vai se arrepender. King não decepciona haha !


Ica 06/05/2020minha estante
Que bom saber que não decepciona, minha próxima leitura!


@lipecelli 06/05/2020minha estante
Depois conte o que achou :)


Ica 06/05/2020minha estante
???


@klaustocosta 06/05/2020minha estante
Me deixando ansioso, colocado na minha lista!


@lipecelli 06/05/2020minha estante
Boooa Carlos !




Flockyneo 14/06/2020

Um bom começo
Primeiro livro que li do Stephen King, alguns me diriam que eu não deveria ter começado por esse, mas eu não poderia ter gostado mais do autor, então, não me arrependo.


O livro é basicamente uma ficção científica, nunca tinha lido algo parecido antes e confesso que se fosse um filme, talvez eu não teria ânimo pra ver... Porém, o Stephen soube me prender, mesmo sendo um enrolão, ele é um enrolão dos bons e talvez eu não tivesse gostado tanto da história se ela fosse reta e objetiva.


O livro me fez sentir tão bem pela forma maravilhosa que o Stephen escreve, a história me fez sentir muitas coisas também, medo pelos personagens, nojo de outros personagens por suas atitudes, empatia por outros, paixão, ódio, esperança, alegria e alívio....


É uma livro cheio de emoções! Recomendo muito.


(Uma coisa que eu amei muito no livro foi a representatividade, pessoas negras, mulheres fortes...)
Maria.Oliveira 14/06/2020minha estante
Eu tbm quero começar por esse e vai ser esse mesmo, rs.


Flockyneo 14/06/2020minha estante
Vai na fé, vale a pena!


Maria.Oliveira 14/06/2020minha estante
Vou demais!




Mica 23/06/2020

King não decepciona
Nas primeiras paginas nos deparamos com a história de um ex policial chamado Tim, que durante um voou trocou seu lugar por uma quantia em dinheiro e um voucher em um hotel barato que a companhia aérea estava oferecendo para poder acomodar um agente federal que necessitava embarcar. Após ter aceitado isso o levou até uma cidade pequena onde por acaso conseguiu em emprego como vigia noturno.
Luke Ellis é um garoto extremamente inteligente e um prodígio na escola para crianças super dotadas, tendo apenas 12 anos ele já está visando quais faculdades irá entrar, sendo realmente um gênio para sua idade.
Tudo parecia bem na vida de Luke até que, em uma noite ele acorda e se depara com uma mulher misteriosa em seu quarto que lhe lança um spray que faz o garoto dormir. Quando desperta, está em um lugar estranho, rodeado por crianças assustadas e adultos bizarros. Ali, ele conhece Kalisha, que apresenta a situação: Luke está no Instituto, uma instituição que faz experimentos em crianças consideradas "paranormais".
O motivo? Ninguém sabe. Mas você permanece na Parte da Frente durante algumas semanas e então é levado para a Parte de Trás, onde uma coisa ainda mais tenebrosa acontece. Tudo o que Luke entende da sua atual situação é que ele não tem saída, pelo menos por enquanto - para sobreviver ao Instituto, ele precisa de manter são. Mas sanidade é a última coisa que vai encontrar entre as paredes daquele lugar.
Cada pagina te proporciona uma mistura de ansiedade e medo do que vai acontecer com as crianças do Instituto e te faz devorar cada pedacinho da historia loucamente.


site: https://www.instagram.com/paginasqueinspiram/
comentários(0)comente



Guilherme.Maia 02/11/2020

Vivemos num instituto?
O mestre Stephen King, é bem conhecido por mostrar o lado mais obscuro, dos seus personagens que não tem poderes sobrenaturais. O Instituto mostra de uma forma bem clara isso, e nos faz refletir, na sociadade que vivemos, como um todo, ao mesmo tempo, mostra que ainda a esperanças para nossa sociedade atual.
No meio da noite, em uma casa no subúrbio de Minneapolis, um grupo de invasores assassina os pais de Luke e sequestra silenciosamente o menino de doze anos. A operação leva menos de dois minutos.
Quando Luke acorda, ele está no Instituto, em um quarto que parece muito o dele, exceto pelo fato de que não tem janela.
Um livro que faz sentir vários sentimentos, confesso que devorei esse livro, página por página.
Me senti na pele de luke e todos seus amigos, me mostrou que a amizade tem um valor muito valioso, uma verdadeira história digna de Stephen King.
comentários(0)comente



Luan 28/08/2020

Tão diferente e tão King
Todo leitor que consome livros de Stephen King conhece o estilo do escritor. É um pouco prolixo, gosta de descrições, tem bons diálogos e gosta de flertar com o bizarro e sobrenatural. Isso tudo está bem presente em O instituto, um dos mais recentes livros do autor. No entanto, como sou um leitor médio do autor, posso dizer que senti algumas diferenças, sendo esta a obra mais diferente dele.

O instituto conta a história de crianças super dotadas que são, misteriosamente, levadas até uma instituição desconhecida, afastada de toda a sociedade. Lá, elas passam por diversos testes sem saberem o que está acontecendo. O principal personagem é Luke, que começa a desconfiar do que ocorre lá e, junto com as outras diversas crianças, tentarão descobrir como sair dessa verdadeira prisão.

O livro parece ser o mais próximo de infantojuvenil do autor e também mais comercial que os outros, mas ao mesmo tempo ele segue adulto e mantendo a linha dos demais livros dele – comercial, mas não tanto. É um pouco complicado expor essa visão que tenho dele, pois é complexo e impossível definir de apenas uma forma.

A história, no entanto, mostra um desenvolvimento muito bem feito e coerente. A construção, lenta no início, vai ganhando um bom ritmo antes da metade, e na reta final a velocidade da leitura e de acontecimentos aumenta bastante, fazendo que que o leitor devore as páginas, mesmo sendo um calhamaço. Este é o grande ponto do livro. Além da história apresentar um suspense na dose certa, é uma das histórias do King que mais tem ação e bom ritmo.

Os personagens também são destaque da obra. Todos são bem próximos da realidade, e possuem uma personalidade bem específica. O grupo de protagonistas, tanto os infantis quanto os adultos, são carismáticos no sentido de convencer o leitor daquilo que está escrito e acontecendo. Facilmente vi este livro virando série. E até tendo uma continuidade. A dúvida fica para saber se foi King que escreveu sozinho ou teve ajuda.
comentários(0)comente



leo 25/04/2020

LIVRÃO
Esse foi o meu primeiro contato com o king, e QUE EXPERIÊNCIA FODA! ja quero mais livros dele na minha estante agora. Esse livro foi perfeito para mim! Eu comecei a lê-ló sem muita expectativa, não sabia do que se tratava, mas sabia que tinha crianças como personagens principais, e amo historias com crianças. E nao deu outra: AMEI.

O começo da historia é bem arrastado (as primeiras 30/40 pags) e não faz sentido nenhum, de inicio. Pensei até que eu poderia está lendo um outro livro, mas acreditem: depois TUDO faz sentido. O que começou sem muita expectativa, foi se elevando a cada capítulo. Teve momentos em que a história ia ficando mais sombria e eletrizante, e eu conseguia sentir isso dentro de mim se elevando também; conforme ia lendo, sentia o meu coração pulsando e por diversas vezes levantei de onde eu estava e ficando vagando pq simplesmente não conseguia ficar parado com todas aquelas coisas horripilantes que estavam acontecendo dentro da historia.

Achei a história bem fluida e me prendeu bastante, chega um momento que você não vai conseguir parar de ler. Tinha muito tempo que uma leitura não me prendia como o instituto me prendeu. O livro é bem atual e tem várias referências ao mundo pop e consegue até dar umas cutucadinhas no governo do Trump.

Outra coisa: enquanto eu estava fazendo a leitura, so conseguia me lembrar de stranger things e seus personagens e tentava fazer ligações e comparar as duas historias (kkkk). Amei o grupo das crianças que se formou dentro desse livro, amei a amizade e a união deles, e em especial ao meu personagem favorito que foi o Avery. Cativante, poderoso, especial, corajoso, perfeito, td p mim. Tive vontade de tirar ele de dentro do livro e guardar num potinho.

Enfim, essa leitura vale muito a pena. Deem uma chance para ela, vcs, amantes do king. E vocês também, que assim como eu, antes de iniciar a leitura ainda não tinham tido experiência nenhuma com o autor. Talvez esse seja um livro perfeito para iniciar no mundo do renomado Stephen King. Com toda certeza, a partir de agora irei devorar todas as outras histórias já publicados do Mestre.
Renata | @amorporlivros 25/04/2020minha estante
Eu tenho esse na fila, quero ler em breve. Se vc gostou desse, deve ler IT a Coisa. É maravilhoso!


leo 25/04/2020minha estante
Renata, vc acha que vale a pena a leitura mesmo eu ja tendo assistido aos filmes?? Geralmente não costumo ler se eu ja tiver assistido o filme, acho que fica sem emoção. Mas sendo o king, vale a pena?


Renata | @amorporlivros 25/04/2020minha estante
Vale sim, muito!!!! O livro é bem mais detalhado que o filme é você entende melhor cada personagem. Eu fiz o contrário de você, li antes dos filmes, mas não vejo porquê de vc não ler agora.




Fernando Lafaiete 02/03/2020

O Instituto: Stephen King sendo Stephen King!
******************************NÃO contém spoiler******************************

Crianças com poderes paranormais, sequestros, um misterioso instituto e torturas, tudo em um livro só e tudo narrado minuciosamente de forma a nos deixar revoltados, apreensivos e ansiosos. "O Instituto" é a obra que serve de contraponto argumentativo quando uma questão é levantada;  King perdeu a mão e o talento em escrever suspenses e terror? Seu mais recente lançamento literário prova que não. "O Instituto" é uma excelente obra psicológica repleta de tensão e mistérios do início ao fim. Quando Luke Ellis é sequestrado na calada da noite e acorda em um local muito semelhante a seu quarto, seu mundo vira de cabeça para baixo. Qual seria o motivo de tão aterrador acontecimento? Seria sua inteligência incomum e / ou seu poder telecinético a razão de seu rapto? Estando em um ambiente ambíguo, trancafiado com outras crianças e sendo vigiado 24hs por dia, Luke passa a acompanhar situações absurdas de tortura tanto físicas quanto psicológicas que parecem completamente sem sentido. Através de amizades que vão sendo construídas, tudo que resta ao protagonista é se unir as demais crianças para encontrar uma maneira de fugir antes que seja tarde demais.

Com personagens detestáveis e repleto de referências à outras obras suas, Stephen King tece uma narrativa absurdamente envolvente e claustrofóbica. Com uma tensão que vai aumentando a cada página, o autor nos instiga a avançar na leitura de forma frenética, sendo quase impossível a abandonarmos antes de chegarmos ao final. Trazendo um plot e uma ambientação que muito me lembrou "A Incendiária", King cria elos entre suas obras que me fizeram ficar atento quanto a qualquer referência a obras como "Carrie", "O Iluminado" ou até mesmo a já citada "A Incendiária". Mesmo que muitas citações tenham sido breves e quase imperceptíveis, muito me agradaram.  Não posso deixar de mencionar que o livro aqui resenhado traz também diversas referências políticas e críticas afiadas ao governo de Donald Trump.

Os personagens são magistralmente bem construídos e as explicações dadas pelo autor me agradaram. Adorei todos os personagens, gostei demais dos momentos finais e o desfecho me agradou; o que me deixou surpreso, já que costumo me incomodar com os finais do mestre do terror. Do meio para o final o livro fica um pouco estagnado, mas nada que tenha de fato me incomodado, já que este aspecto é bastante comum nas obras de Stephen King. Esperava uma exploração mais aprofundada em relação aos poderes apresentados, o que me irritou em certos momentos, já que tal falta ocasionou em uma certa inanição dos personagens por boa parte do livro. Tal obra também me soou bem menos prolixa que outros romances do famoso escritor, o que pode ser um ponto positivo para quem se incomoda com tal aspecto narrativo.

"O Instituto" é um livro muito bom (quase excelente), que além de ter me divertido a beça, ainda apresenta um agradecimento emocionante que me fez entender ainda mais toda a carga emocional de "Ascensão", sua última novela lançada. O romance passa longe de ser terror em sua essência pura. Mas como thriller psicológico é um baita livro que prova que quem é rei até no nome nunca perde a majestade. Indico de olhos fechados!
comentários(0)comente



Gabriel 16/08/2020

Vou ter que elogiar o King de novo?? Assim não dá!!
As florestas do Maine, cenário das histórias de terror mais famosas da nossa geração, escondem um local onde crianças que possuem habilidades especiais (como telecinese e telepatia) são levadas e submetidas a testes cruéis disfarçados de uma pesquisa governamental no Instituto. O local é dividido em diversas alas, sendo a parte de trás, como as crianças chamam, a pior de todas: Quando são levados para a realização de testes, nunca mais são vistas. É no meio desse contexto caótico que vamos conhecer Luke, um jovem de 12 anos dotados de uma inteligência fora do comum que é sequestrado de sua casa e levado para O Instituto para servir de cobaia para os terríveis testes.

King é um dos autores mais lidos e conhecidos do mundo e sua fama é totalmente justificável: O autor não se prende somente no terror e em O Instituto vamos mergulhar em uma obra que mistura fantasia com ficção científica ao melhor estilo Stranger Things de ser. Luke, já no Instituto, começa a formar alianças com algumas crianças, e, com a chegada de Avery Dixon, cujos poderes telepáticos são os maiores já vistos, começam a arquitetar um plano de fuga, mas sequer sonham que o temido Instituto e seus funcionários cruéis são apenas uma ínfima parte da fração de uma conspiração mundial.

É uma história que mexeu muito comigo, porque você facilmente se afeiçoa ao grupo de crianças e durante vários momentos da leitura, senti revolta, medo e angústia diante de todas as torturas que eram submetidos. King trabalha muito com o sentimento de empatia e eu, como leitor, só queria entrar no livro e socar a cara de alguém. É uma narrativa complexa e elaborada onde os detalhes fazem toda diferença. Como disse, o objetivo do grupo é fugir do Instituto, no entanto, seus atos possuem implicações maiores e iniciam a contagem regressiva de uma bomba que está prestes a explodir.

Eu li o livro em conjunto com uma amiga e tivemos percepções semelhantes da obra: É um livro que te conquista e te mantém preso, os personagens são muito cativantes e carismáticos, contudo, a única coisa que me incomodou um pouquinho foi o início do livro em que achei um pouco arrastado e parado: A partir da segunda parte, a história fica frenética e é impossível parar de ler, mas o começo achei morno. Não é nada que prejudicou a minha experiência com o livro, muito pelo contrário, entrou para o hall dos favoritos do autor, pois como disse, é uma história muito grandiosa e muito bem elaborada, mas o começo da obra destoa do restante. Ainda sim, é um livro que vale muito a pena ser lido; conhecemos uma faceta até então pouco explorada do autor, onde consegue passar seu recado de forma muito clara: Stephen King ainda está no jogo - e melhor do que nunca!

site: https://www.instagram.com/estantedodida/
comentários(0)comente



Gi @giferraz.x 29/07/2020

O INSTITUTO E MINHA EXPERIÊNCIA LITERÁRIA
Esse livro revolucionou minha experiência literária. Não me importava com quanto tempo eu gastava por página ou quantos dias levaria pra ler, simplesmente pq eu estava curtindo DE VERDADE a leitura. Não tava me forçando a gostar de nada. 100% do livro me interessou e eu amei, não tive nenhuma influência. Eu pensava no primeiro capítulo e como ele seria importante no futuro, e foi. Tim foi construído de uma forma que já conhecíamos ele como um tio meio aventureiro, e Luke (além das outras crianças) foi construído de uma forma tão original e digna que eu faria de tudo pra ter uma tarde de brincadeiras com as eles (tão acolhedores e simpáticos). Avery estará pra sempre no meu coração, nunca tive tanto carinho por uma criança. E NOSSA como o King escreveu esse menino!

Quando eu digo que revolucionou, é porque nunca li um livro que eu não pensasse ?nossa, que chato esse capítulo? ?nossa, esse personagem tá meio nada av né??. Nesse livro, cada mínima informação de cada pessoa, fez sentido e foi gostoso de ler. Posso garantir que não houve partes que eu tivesse o mesmo pensamento. Posso não ter lido muito, mas a construção do livro foi tão perfeita que eu chorei horrores e fiquei chocada no quanto era bom.
comentários(0)comente



Sabriss 11/10/2020

Um dos melhores livros dele.Muito bem escrito,envolvente,super vale a pena ler.
Senti falta do desenvolvimento de alguns personagens mas nada que interfira na história.
comentários(0)comente



328 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |