Teto Para Dois

Teto Para Dois Beth O'Leary




Resenhas - Teto Para Dois


32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Luanna 21/09/2019

Você não vai se arrepender
Preciso começar dizendo q eu amo livros românticos, sejam YA, chick lit, new adult. Há alguns meses vinha procurando por um livro daqueles que te dão um quentinho no coração, fazem rir e perder a noite prometendo q vai ler só mais aquela página. Não estava dando sorte na minha busca. Acabava lendo livros forçados em que de repente o casal tem certeza que aqla pessoa é tão perfeita q só pode ter caido do céu, diálogos mornos e sem sal, exagero de cenas hot mal escritas e desnecessárias a história. Já estava começando a achar que eu não gostava mais desse tipo de livro, estava impaciente com tdos aqueles personagens sem graça.
Até que vi a sinopse e a capa desse livro e minha intuição literária sabia que eu ia me apaixonar. Não via a hora de ler e nossa, percebi q continuo amando livros de romance com alguns clichês e mto amor, só m faltava encontrar um livro q valesse a pena a leitura e Teto pra dois vale a pena demais. Você não vai se arrepender!!
A história de Tiffy e Leon é maravilhosa e os amigos, família e situações que os acompanham são demais. Além de entregar um romance bem construido, que não aparece do nada, a autora fala de um tema importante e necessário: relacionamento abusivo. Ela conseguiu discutir o assunto sem ser superficial e ao mesmo tempo sem perder a leveza do livro.
Por fim, preciso dizer q amo qndo a história conta com diálogos por carta, e-mail, post it e eu amei ver a comunicação de Tiffy e Leon se desenrolar tbm por esses meios.
Espero continuar a esbarrar com livros como esse q m faz acreditar q os livros de romance podem sim ser bem escritos e ter uma história de vdde.
Renata Kinjo 22/09/2019minha estante
ai, nossa, sim sim sim! eu também tava nessa mesma busca literária e também estava sofrendo a mesma frustração de só encontrar livro meia boca.

mas esse é tão gostosinho e delicinha e amorzinho! só posso concordar 100% com o que você disse. â¤ï¸


Luanna 22/09/2019minha estante
Haha é mt delicinha msm!! Q a gnt encontre mais livros delicinhas assim ð¤


Renata Kinjo 22/09/2019minha estante
hahahaha sim, por favor!


Lia 09/10/2019minha estante
Oi Renata. Iniciei hoje a leitura deste livro. De forma despretensiosa, também em busca de um romance "mais quentinho" no sentido de sensibilidade. Sua resenha me animou mais ainda com a leitura. Gratidão.




Niájera 14/10/2019

Fofinho e previsível
O começo requer muuuuuita paciência e de repente as coisas começam acontecer, no entanto tudo 1000% previsível. Em Teto para dois temos a fórmula: Editora grande por trás +investimento pesado em marketing+booktubers pagos para falar bem=Hype de sucesso.
Não é o que o livro seja ruim, não mesmo, mas se não fosse todo marketing por trás teríamos aqui mais um livro com uma história fofinha como tantos outros.
Nay 14/10/2019minha estante
Concordo 1000% com voce. Muito hype pra pouco livro. Nao é ruim, so nao e essa coca cola toda


Quel 14/10/2019minha estante
Exatamente, esse livro não tudo isso.


Niájera 14/10/2019minha estante
Pois é né gente? Vendem como um livro que vai marcar uma vida, daí a gente lê e tipo... à isso?... Iguais a você eu já li vários e sem esse estardalhaço todo.. Mas é a tal fórmula que eu falei e a gente acaba pagando pra ver, uma pena saber que tem muito livro bom perdido por aí e a gente não sabe porque não tem marketing.


Gente que Ama Livros 14/10/2019minha estante
E bem isso mesmo, é triste que você lê livros tão bons que infelizmente não tem uma alma penada falando sobre ele e as vezes livros medianos ou até mesmo medíocre com vários booktubers fazendo a maior propaganda e na hora que vamos ler é uma bela porcaria. à uma triste realidade.


Niájera 14/10/2019minha estante
Exatamente isso!




Jessica Oliveira 04/10/2019

Resenha para o blog Books and Movies
Tiffy e Leon dividem um apartamento.
Tiffy e Leon compartilham uma cama.
Tiffy e Leon nunca se conheceram.

Acredito que as frases acima resumem muito bem a dinâmica de Teto para Dois, de Beth O'Leary. Tiffy é uma assistente editorial que recebe uma ninharia pelo seu trabalho, se isso não fosse bastante, ela agora está sem um teto para morar. Isso porque ela mora com seu namorado, agora ex, que resolveu trocá-la por outra mulher. Sem ter dinheiro e com seu tempo esgotando para sair do apartamento atual, Tiffy acaba aceitando uma proposta um tanto estranha. Dividir um apartamento, ou melhor, uma cama com um desconhecido. Não importa que a proposta inclua os dois dividir a cama em momentos diferentes, seus amigos acham que ela está louca.

Leon precisa muito de dinheiro. Sem ter a quem recorrer, ele tem a ideia de sublocar seu apartamento. A ideia a princípio é estranha, mas não resta outra saída para Leon. Trabalhando no turno da noite como enfermeiro e passando os finais de semana na casa de sua namorada, o seu apartamento fica livre das 6 da tarde às 9 da manhã de segunda a sexta. Por mais que sua namorada diga que é uma sandice, Leon não acha. Mesmo que ele e sua colega de quarto nunca se vejam, afinal essa é a regra de Kay, sua namorada, tudo será resolvido com ela, Leon não irá conhecer a mulher com quem dividirá a cama. NUNCA.

Após Tiffy deixar um bilhete em um post-it próximo a um bolo de aveia, os dois iniciam um tipo de conversa em pequenas notas fixadas em diversas parte da casa. O que era para ser apenas uma forma de avisar que tem strogonoff com cogumelos na geladeira, acaba se tornando a forma que eles encontraram para dividir as experiências do dia-a-dia. Eles acabam nem percebendo, mas a cada dia que passa anseiam cada vez pelas pequenas notas espalhadas pela casa.

Beth O'Leary alterna entre a perspectiva de Leon e Tiffy e usa diferentes estilos de escrita com grande efeito - enfatiza suas personalidades contrastantes, dando vida ao humor e peculiaridades individuais, e também permite que suas próprias histórias de fundo entrem naturalmente em cena. Além disso, o livro acaba se tornando algo a não ser deixado de lado, a cada capítulo o leitor acaba cada vez mais preso no enredo. É impossível não ficar curioso em saber se os dois, em algum momento, vão acabar se encontrando.

O arco da trama em torno do antigo relacionamento de Tiffy é interessante e mergulha em algo um pouco mais sombrio do que o esperado para um livro desse gênero . Inicialmente fiquei preocupada com o fato da autora usar esse tópico apenas como um pano de fundo, e não algo a ser explorado, e para minha grata surpresa, Beth O'Leary consegue explorar muito bem a questão do gaslighting.

Tiffy e Leon são personagens que me conquistaram desde o primeiro momento. Quem acompanha os romances contemporâneos sabe que os mocinhos tendem a ser milionários, playboys e um pouco babacas. Leon é completamente ao contrário. Ele é fofo, humilde e extremamente compreensivo. Já Tiffy é uma força da natureza, por onde ela passa nada fica igual. Talvez isso seja resultado do seu cabelo ruivo, quem sabe.

O que posso dizer realmente é que esse é um livro muito inteligente, com uma narrativa viciante e com personagens maravilhosos. Esse é um daqueles livros que tem tudo para ser previsível, mas não é. Recomendo fortemente a leitura, tenho certeza que não irão se arrepender.

site: http://www.booksandmovies.com.br/2019/09/teto-para-dois-beth-oleary.html
Caah 05/10/2019minha estante
Não conhecia esse termo gaslighting, achei muito interessante; porque a maioria dos livros abordam o abuso físico; mas o abuso psicológico raramente é retratado. Acho muito enriquecedor ter esse tema no livro, principalmente porque isso não está presente somente nos relacionamentos amorosos, mas também entre amizades, chefe-empregado, familiares, etc...Estou cada vez mais com vontade de ler esse livro.




Erica.Martins 16/09/2019

Um romance bem sessão da tarde!
Honestamente eu achei esse romance bem chato, tenho receio até de resenhar e desestimular a galera, mas vamos lá...basicamente é um casal de estranhos que mediante problemas financeiros resolver compartilhar o mesmo apê, Leon trabalha de noite, Tiffy trabalha de dia, ou seja, eles nunca vão se ver, pelo menos essa era a ideia até a autora forçar a barra e criar situações convenientes e beeeeem clichê.

A principio a premissa foi ótima, mas tem uns dramas bem forçados na história, o livro aborda temas atuais como relacionamento abusivo, porem a paixão de Tiffy pelo ex-boy lixo dela foi tão sem sentido, o cara não tinha nada de bom, NADA!

Aí vamos para o drama do irmão de Leon que segundo ele foi condenado injustamente a prisão e coincidentemente uma das melhores amiga de Tiffy é advogada “topzera” e detalhe Tiffy fala uma única vez por telefone com o cara e acredita cegamente na inocência dele (???)

Pra mim o que salvou a leitura foram a troca de bilhetinhos porque o começo foi bem arrastado, na verdade o livro oscila bastante o ritmo, ora a leitura flui e ora ela empaca.

Se você procura algo leve, fofo e sem muita profundidade, talvez o livro funcione pra você, eu curto romances mais emocionantes e problemáticos ou aqueles clichês de banca rs... o livro teve momentos descontraídos pra fazer o leitor rir mas nem vi graça também, acho que meu coração tá meio peludo rs... pra mim não foi nenhum romance memorável e arrebatador.
Viv 16/09/2019minha estante
To meio que achando a mesma coisa...

Você leu em português, certo? O ponto de vista do Leon foi traduzido faltando palavras (como é escrito no original em inglês)? Achei bem chato isso.


Erica.Martins 16/09/2019minha estante
Os capitulos narrados pelo Leon são estranhos mesmo, acho que o tipo de escrita foi proposital mas não curti




Nay 25/09/2019

Necessário Paciência
Necessário bastante paciencia na primeira metade do livro. A leitura é meio morna e arrastada e as personagens não me agradaram inicialmente.

A principio - pela forma que a autora aborda e nos apresenta o casal protagonista - achei tanto Tiff quanto Leon um tanto patéticos.

A Tiff foi demonstrada como uma cabeça de vento e até um pouco interesseira uma vez que a única coisa que tinha a dizer sobre seu ex namorado era os benefícios das viagens caras que eles faziam. Lá na frente vamos perceber que foi uma forma que a autora demonstrou como a personagem não conseguia de fato encarar a realidade daquele relacionamento tão tóxico. Pra nos que estamos acompanhando a situação de fora, fica nitido o quanto Justin (ex de Tiff) é um babaca arrogante e manipulador, mas a medida que a propria vai desvendando por si só como ele foi de fato ruim para ela, é tão doloroso e incomodo., ir descobrindo aos poucos como ele realmente minou sua confiança e a manteve cativa do seu poder por tanto tempo. Tiff teve que aprender na base do D.I.Y (faça voce mesmo) assim como nos livros em que ela trabalhava. Seus amigos sabiam que nao existia outra forma a nao ser que ela descobrisse por si mesma sobre a verdadeira face do seu relacionamento.

Até o momento nao consegui entender o pq dos capítulos de Leon terem sido escritos da forma que foi? Não sei se era um problema na edição que eu estava lendo ou se foi escolha da autora descrever dessa forma.
Parece que estamos lendo um roteiro de teatro/novela onde as falas das personagens estao sempre demarcadas do tipo:

"Fulano meio irritado diz: blablabla'..... "pausa"...
"Fulano nº2 responde:blablabla".....

Realmente nao captei o pq dessa forma de narrativa.
Em principio achei que isso pudesse ser por causa do proprio Leon e alguma coisa com sua personalidade. Durante toda a leitura todo mundo fica repetindo sobre sua "inaptidão" social, como ele é um cara mais introvertido, e isso e aquilo... então pensei que isso faria diferença pra narrativa, mas nao fez nenhuma. Leon não tem nenhuma questão fisica ou psicológica que o faz ser mais contido, simplesmente é o jeito dele. Um cara mais caladão que gosta de poucas pessoas. Pronto. Já que não faz diferença pra o total do livro, pra que ficar batendo nessa tecla????

Como eu disse foi um inicio bem ruim e quase me fez desistir, mas da segunda metade para o fim senti um crescimento do enredo e mais cores para o livro. Não tem nada de muito novo na trama, mas ainda sim ganhou minha simpatia.

É um livro simples, com partes engraçadas outras meio nada a ver mas é bom. Só é preciso um pouco de boa vontade pra escapar da chatice inicial.
Bruna.Melo 15/10/2019minha estante
Tbm achei a narrativa da parte do Leon bem estranha.. Tanto q nos primeiros capítulos até pensei em desistir, mas, felizmente, a história me prendeu.


Nay 15/10/2019minha estante
Depois melhora mesmo. Nao e tudo isso que foi falado mas e bom!




Denise 07/10/2019

Muito fofinhoo
Um dos livros mais fofos que eu li recentemente. Me fez lembrar um pouco dos livros da Rainbow Rowell. O Leon é maravilho e já tá na minha lista de personagens favoritos ??
comentários(0)comente



Bru 14/09/2019

Teto para dois
Leitura quase não fluiu no início, não me prendia e achei arrastado, maaaaas depois me vi completamente envolvida.
Gostei bastante, até mesmo pq teve uma abordagem romântica muito diferente do que estamos acostumados a ler, além de tratar assuntos polêmicos como relacionamento abusivo e condenação (supostamente - leia o livro não darei spoiler rs) injusta.
Além do mais a Tiffy é uma figura! Muito engraçada e envolvente. Gostei de todos os personagens principais e o Leon é um fofo!
comentários(0)comente



Renata Kinjo 22/09/2019

consegue abordar relacionamentos abusivos de forma leve e cativante
o livro, em si, já é uma delicinha por si só: a trama cativa, o desenrolar da história é construído de forma gostosa que faz a gente sorrir junto com os personagens e, quando menos se espera, tá lá a torcida pra que as coisas terminem bem.

porém, além da própria história em si ser envolvente, a autora consegue misturar no meio de tudo isso o tema 'relacionamentos abusivos' de forma relativamente leve e a coisa toda funciona!

em tempos como esses que estamos vivendo, em que cada vez mais vemos manchetes tristes nos portais de notícias (ou histórias até mesmo próximas) de relacionamentos tóxicos e companheiros(as) abusivos, é importante abordar esse tema sempre que possível, para que a conscientização chegue a cada vez mais pessoas e mais gente possa ter as ferramentas para identificar um relacionamento abusivo e sair dele.

eu já tinha lido alguns livros que abordam essa temática, mas todos eles eram pesados, muito angustiantes, daqueles que a leitura se torna desgastante emocionalmente, porque é muita coisa ruim acontecendo o tempo todo. mas a maneira como o tema é abordado nesse, de forma leve e fluida, faz com que o leitor possa ter acesso à temática sob uma outra perspectiva, e que se entenda que a pessoa abusada não tá num relacionamento abusivo porque "não tem vergonha na cara de voltar com o embuste", ou "se volta, merece mesmo passar por tudo isso". não! o abusador geralmente é envolvente, manipulador, e a pessoa abusada não consegue ter uma visão clara de tudo o que está acontecendo.

além disso, esse livro também funciona como um guia pros amigos da vítima abusada: porque ele mostra que é preciso ter paciência com a vítima e esperar pra que ela descubra, por si só, a gravidade pelo que está passando, pois é um processo gradual e não adianta tentar forçar o entendimento antes do tempo.

enfim! é gostosinho e atual e relevante. dá pra ler em um domingo preguiçoso, se conscientizar e ainda assim ficar com um quentinho no coração.
comentários(0)comente



Talita 11/10/2019

DEPOIS DESSE LIVRO, MEU CORAÇÃO ESTÁ BEM AQUECIDO
"— Você é a minha casa — responde Leon. — A cama, o apartamento... — Ele para, como sempre faz quando está procurando palavras que representem algo grande. — E só se
tornou minha casa quando você apareceu, Tiffy."

Vou admitir que comecei esse livro achando que seria mais um livro bobinho e cheio de romance, mas me enganei erroneamente.
Leon precisa de dinheiro extra, e a única ideia que teve era dividir sua cama com outra pessoa, já que ele trabalho durante a noite, o caso é que ele só não imaginava que a nova moradora seria tão espaçosa assim.
Tiff levou um fora do namorado Justin, a quem ela achava que amava, mas no entanto isso não aconteceu e a única alternativa para isso era morar em um apartamento conjugado já que era o que podia pagar, então conheceu seu colega de quarto (literalmente) depois de muito tempo sem sem verem (exatamente 5 meses).
Por mais que a escritora tenha demorado um pouco a começar a desenvolver a história, ela consegue permear o real relacionamento de Tiff com Justin e comecei a perceber que se tratava bem mais do que duas pessoas que não se aceitavam mais, a autora conseguiu de forma simples e direta mostrar sinais do que chamamos de relacionamento abusivo.
E devo dizer que fez isso de forma excelente. Leon e Tiff formam o típico casal que nos fazem torcer para que aconteça logo o tão esperado beijo, é romântico, engraçado e contém personagens secundários excelentes.
A construção da história e os porquês foram todos resolvidos, e o que mais admirei foi a capacidade de ainda que se trate de um assunto serio a escritora conseguiu me prender do começo ao fim de forma bem delicada. Ainda que Tiff tenha me irritado um pouco, mas aí é outra história.
PS: Amei o Leon e vou guardar em um potinho
comentários(0)comente



Roseane 14/09/2019

Um teto para dois
Um clichê daqueles que gostamos. Leve e divertido.
Tiffy precisa desesperadamente de um apartamento que caiba no seu orçamento reduzido (bem reduzido).
Leon enfermeiro, trabalha nos pedidos noturnos e precisa desesperadamente de dinheiro.
Aí surge a ideia dele alugar o apartamento pequeno de um quarto e uma cama para alguém que fique o utilize apenas à noite e nos finais de semana ( já que ele passa os finais de semana na casa da sua namorada).
Eles não se conhecem e nem irão se encontrar.
Gostei de como eles começam a se conhecer mesmo nunca terem se encontrado. O livro também aborda a questão do abuso emocional. Como vc vive em um relacionamento abusivo e nem percebe.
Uma estrela a mais pelos amigos maravilhosos da Tiffy, pelos pacientes do Leon e seu irmão Ritchie.
Vale a pena ler.
comentários(0)comente



Bia 10/10/2019

AMEI
Confesso que estava MUITO ansiosa para ler esse livro. Assim que encontrei ele online, tive um mini ataque cardíaco e comecei a ler no mesmo instante, e no final da tarde, já havia terminado. Esse é um daqueles livros em que você se enxerga nos pensamentos, ações e inseguranças de ambos os personagens principais. Eu amei esse livro com todas as minhas forças. Pelo fato de o romance ser muito bem desenvolvido, que nos faz torcer para dois mesmo antes de eles terem se encontrado pela primeira vez, e que traz assuntos extremamente delicados sendo abordados de uma forma MUITO responsável e verdadeira.
comentários(0)comente



Maah 05/10/2019

Cativante.
Me apeguei bastante aos personagens desse livro, no início fiquei com raiva da personagem principal mas depois entendi que quando estamos num relacionamento abusivo não percebemos como nosso comportamento mudou e que nos prendemos na parte boa para tentar compensar os abusos e dar desculpas para o comportamento. Adorei o desenvolvimento dos personagens e como me diverti em muitas partes do livro e me identifiquei muito com a forma da Tiffy pensar, principalmente após o término de um relacionamento abusivo, a forma como foi colocada de forma sutil e gradativa os abusos psicológicos que ela sofreu e mostrando a evolução que ela adquiriu refletindo com a ajuda dos amigos que pareciam mais uma família maravilhosa, amei demais os amigos e todos os personagens (menos é claro o ex filho da puta) mas resumindo, foi um livro cativante de se ler e que talvez eu não esqueça dele tão cedo.
comentários(0)comente



bbbruna_ 28/09/2019

Adorei
4,5
Que livro legal!
Os personagens são legais e engraçados, e fala sobre relacionamento abusivo, de uma forma diferente.
comentários(0)comente



Letícia Lopes 01/10/2019

Amei, amei, amei
De cara a premissa do livro me chamou atenção, mas não imagina que não ia conseguir para de ler! Estou simplesmente apaixonada, pela história, cenário e os personagens( tanto os principais, quanto os secundários).
Esse livro conseguiu ser leve, divertido e um quentinho no coração, mas ao mesmo passar lições importantes e tratar de assuntos necessários.
comentários(0)comente



Fabi 12/10/2019

BOM DE PASSAR O TEMPO
É muito difícil encontrarmos livros com sinopses diferentes hoje em dia. E quando nos deparamos com uma que nos traz uma história bem inusitada, ficamos curiosos para ler, claro. Este livro foi bem assim. Duas pessoas que dividem a mesma cama, mas sem se conhecerem.
Quando foi anunciado o lançamento deste livro, eu fiquei bem empolgada. Contudo, minha empolgação foi decaindo, conforme eu via os leitores o avaliando com nota baixa e dizendo que custou muito para terminar. Assim, fui adiando a leitura e deixando para ler mais para frente. Na verdade, quase que exclui esse livro da minha lista. Mas como sou curiosa, resolvi pegar e ler.
Comecei com as expectativas baixas e elas não aumentaram com o passar das páginas. O começo é bem lento e o que ajudou a dar uma força de vontade de ler, foram os bilhetes. Eu não via a hora do casal se encontrar e parar com a besteira de continuar sem se conhecer. Não sei quanto a vocês, mas este livro me lembrou vagamente Anexos- Rainbow Rowell, pelo fato do casal não se conhecer e já começar a gostar do outro.
A autora soube tratar de forma delicada um assunto bem atual: relacionamento abusivo. Tiffy como tantas mulheres, sofre nas mãos de um homem que a maltrata e a faz sofrer. Sorte que ela não ficará nesse relacionamento por tanto tempo. Mas como ela foi burra por aguentar certas coisas, hein?
Leon é um cara fofo e por vezes meio lento. Seu jeitinho de não saber lidar com Tiffy, acabou dificultando de eles ficarem juntos logo. Ô cara devagar, não vê que a garota tá na sua? Precisa o irmão mais novo e o senhor do hospital abrir os olhos dele?
No geral, é um livro bom de passar o tempo. Nada marcante e que não dá vontade de ler uma segunda vez não.
Mile 12/10/2019minha estante
Terminei ele hoje. Gostei da proposta do livro, com uma premissa diferente. Bom pra passar o tempo e de fato não é um livro marcante.




32 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3