Teto Para Dois

Teto Para Dois Beth O'Leary




Resenhas - Teto Para Dois


126 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 6 | 7 | 8 | 9


Catarina 30/11/2019

Inesquecível e Emocionante
Os dois protagonistas são adoráveis, como eu já esperava. Leon é um homem bom, atencioso e carinhoso que se fecha por conta de seu medo de mudanças. E Tiffy é uma mulher irreverente, que se veste de forma criativa e trabalha publicando livros de artesanato. Eles funcionam maravilhosamente bem juntos e suas comunicações, através de post its deixados pela casa, são muito divertidas. Quando vi que a premissa era de mensagens trocadas por post its, duvidei que isso fosse me fazer me apaixonar pelo casal, e felizmente me enganei. Funciona muito bem e me surpreendeu muito positivamente. Mas o que eu realmente não esperava encontrar e que foi uma surpresa muito positiva foi a abordagem de um relacionamento abusivo.
Esse é um tema duro e difícil de se abordar. Mas achei interessante que nesse caso não é a vítima quem se conscientiza e abandona o abusador, mas sim o abusador quem dá um fora na vítima, que ao se ver enfim longe dele consegue perceber os abusos que ele praticava. Já vi esse tipo de relacionamento ser abordado trazendo uma personagem que percebe que o relacionamento é abusivo e o abandona, o que tem seu mérito, mas gostei de ver uma situação em que a conscientização da vítima vem da ausência do abusador. Quando enfim livre dele, a vítima percebe a situação em que estava e assim percebe o livramento que o término foi. O livro aborda outros assuntos importantes e interessantes, mas esse foi o mais marcante para mim.
"Teto para Dois" é um romance com um pouco de tudo. Traz momentos engraçados e apaixonantes mas também traz temas sérios e importantes, abordados de forma tocante. Uma leitura que eu esperava gostar mas me surpreendeu, me encantando por completo. Tiffy e Leon são um casal maravilhoso mas acima de tudo personagens maravilhosos. É uma história inesquecível e especial.

site: https://www.instagram.com/bookishmorning
comentários(0)comente



@aangeladani 26/10/2019

Comédia romântica das boas!
A trama é toda em primeira pessoa, alternando a narrativa entre os personagens principais. Os capítulos são dinâmicos, há irreverência e humor, além de um pouco de drama típico desse gênero de leitura. A história também abordou sobre relacionamento abusivo, deixando bem claro esse alerta extremamente válido.

Eu curti bastante toda a leitura e já fiquei imaginando um filme dessa história... Seria ótimo ver uma adaptação bem feita dessa comédia romântica! Tomara!

Nota: 4/5 (ótimo)
comentários(0)comente



joana 28/11/2019

Clichê bom
TETO PARA DOIS é clichê? É.
Tem cenas bem clichê? Tem
Mas é uma leitura tão gostosa. É impossível o leitor não se encantar com Tiffy e Leon.
É uma boa leitura entre aqueles dramalhões mexicanos que gosto.
Super indico a leitura para quem quer algo leve e fofo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Sarah 10/12/2019

Teto para dois
Um romance fofinho, bom para distrair e passar o tempo mas que também traz informações sobre relacionamento abusivo de uma maneira bem ?didática? que acho importante ressaltar.
Nunca tinha visto esse tipo de relacionamento sendo mostrado dessa forma e achei muito interessante ver a personagem entendendo aos poucos como ele funcionava. No início, a personagem nos mostra ele como sempre achou que fosse: bom e normal. Com o passar do tempo, vamos entendendo junto com ela que não era bem assim. Achei essa construção muito bem feita e ficou muito bem retratado.
Embora não tenha sido pra mim tão maravilhoso quanto achei que seria e quanto ouvi outras pessoas falando, gostei bastante. Tem cenas engraçadas, fofas, irritantes, de tudo um pouco.
O estilo da história me lembrou um pouco os livros da Sophie Kinsella, que sei que muitos gostam, embora não me agrade tanto assim.
comentários(0)comente



Ana 08/12/2019

SUPERR AMEEI
Tiffy conhece Leon em uma busca frenética por um novo lugar para morar. Aluga o apartamento dele por apenas 300 libras, o que no momento era suficiente para os dois. Ela estava passando por um terrível pós termino. Leon Namorava com uma menina que nem amava, com a cabeça cheia de questionamentos e ansiedades, pensava em apenas uma coisa: ajudar seu irmão!!!
Cara, esse foi um dos livros de romances mais clichês e mais bem escritos que eu já li. Os clichês nessa historia são muito bem colocados e nem de longe é cansativos como alguns outros... Maravilhoso, envolvente e cheio de surpresas, esse livro pode ser o próximo crepúsculo (sem os fenômenos sobrenaturais), ou seja, o próximo fenômeno da literatura contemporânea! (espero!!)
comentários(0)comente



Marque a Página 03/11/2019

*suspiro*

Tiffy e Leon estão em fases pouco fáceis de suas vidas. Ela, uma editora de livros DIY, ainda está de coração partido pelo término com um namorado de caráter duvidável, com quem morava e agora precisa se mudar; ele vive em uma luta diária para conciliar a namorada ciumenta, o trabalho como enfermeiro de cuidados paliativos e o irmão metido em uma enrascada. Como Leon passa a noite toda trabalhando e o dia todo em casa, decide alugar seu apartamento durante o dia e aos fins de semana (que passa na casa da namorada) a fim de conseguir o dinheiro de que precisa para ajudar o irmão com um problema bem sério. É assim que os caminhos de Tiffy e Leon se encontram — ou, melhor dizendo, não se encontram.

Eles começam a se relacionar de forma inusitada — através de post-its deixados pelo apartamento. De início, são apenas recados inofensivos — tem comida na geladeira, se você quiser —, mas logo os post-its passam a servir como o único meio de comunicação de dois amigos próximos, e contam histórias cada vez mais íntimas que instigam uma relação mais intensa. Leon e Tiffy se tornam grandes amigos sem nunca terem se visto de verdade, e começam a perceber que podem ser mais do que apenas colegas de apartamento.

“O amor transforma todos nós em idiotas.”

Ai, gente...Teto Para Dois ainda me arranca suspiros. Leon e Tiffy são personagens maravilhosos, imperfeitos e complexos, mas me deixou muito feliz o modo como a autora também investiu nos personagens secundários. Mo, Gerty e Rachel, amigos de Tiffy, são as amizades que todo mundo adoraria ter e trazem perspectivas muito interessantes para a narrativa. Têm também Richie, o irmão mais novo de Leon, que tem um subplot — uma trama secundária — muito bem desenvolvida, que nos deixa curiosos o suficiente para torcer por ele. Há também o Sr. Prior e Holly, pacientes do Leon através dos quais o leitor consegue conhecer melhor que tipo de pessoa ele é — um doce.

Mas o motivo para o parabéns de pé é o modo como foi apresentado o tema de abuso emocional e relacionamentos tóxicos aqui. Com uma perspectiva extremamente inteligente, que consegue te colocar no lugar da Tiffy em diversos momentos frustrantes, a autora consegue transmitir com maestria não só toda a angústia de uma vítima, mas também como esse tipo de coisa afeta as pessoas ao seu redor, seus amigos e familiares. Simplesmente magnífico.

Beth O’Leary constrói uma narrativa maravilhosa de ler a partir de uma trama única e genial com tudo para dar certo. E dá. Teto Para Dois é como uma caneca de chocolate quente em uma manhã de inverno, um abraço apertado de uma pessoa querida. É um romance nada clichê que ainda assim te faz ficar suspirando, com o coração quentinho, feliz por ter concluído a leitura e ao mesmo tempo desejando ter lido mais devagar para apreciar melhor.

site: https://www.marqueapagina.com.br/post/resenha-teto-para-dois-beth-o-leary
maria 04/11/2019minha estante
aí para vou ter que pegar dinheiro imprestado do meu tio pra comprar esse livro porque agora que li a resenha so aumentou a curiosidade ?? alem de falida vou ficar devendo


Marque a Página 04/11/2019minha estante
KKKKKK vale muito a pena


maria 04/11/2019minha estante
tô esperando meu tio acordar pra me levar na livraria que é longeee,e ainda tô sem dinheiro mais tudo pelos livros




Amanda 05/12/2019

Real... E incrível!
Um dos melhores romances que li nos últimos tempos!

Durante a leitura, quando percebi a ideia principal do livro - um homem e uma mulher totalmente desconhecidos dividindo não só o mesmo apartamento, mas a mesma CAMA - confesso que subestimei a capacidade de Beth O'Leary. Mas então, uma história que inicialmente não fazia sentido algum foi, aos poucos, tomando seu rumo e oferecendo mais detalhes e explicações, e fazendo com que eu ficasse cada vez mais entretida.

Ri com a fofura e idiotice dos bilhetes trocados, chorei com a profundidade dos temas abordados e me encantei com a evolução dos personagens.
Tiffy é uma personagem extremamente forte e corajosa, e seus laços com seus amigos são tão fortes que me peguei imaginando como seria estar inclusa em tal círculo de amizades.

"Teto Para Dois" é um romance dramático (ou seria uma comédia romântica? ou um drama com pitadas de romance?) que, independente do gênero, conquistou espaço no meu coração e me fez olhar pessoas e relacionamentos a partir de um ângulo um pouco diferente.

É uma leitura incrível que com certeza entrou para os favoritos de 2019!
comentários(0)comente



Hellen @Sobreumlivro 22/11/2019

SEM DEFEITOS!
?#Resenhasobreumlivro? |
.
Esse livro é tão gostosinho de ler que apresento-lhes três motivos para vocês correrem para as livrarias e comprar o seu.
.
? UM CHICK-LIT SEM DEFEITOS
?Teto para dois? tem uma premissa simples:
Tiffy e Leon não se conhecem, mas passarão a ocupar a mesma cama. Ele de dia, ela à noite. O motivo? Eles estão ferrados psicológica e financeiramente.
Enquanto Tiffy trabalha numa editora de livros ?Faça você mesmo? e tendo acabado de sair de um relacionamento tóxico, Leon precisa ganhar uma grana extra enquanto trabalha como enfermeiro e tenta tirar seu irmão preso injustamente da prisão.
É nessa situação que encontramos os personagens no início do livro. Ela desesperada por um apê e ele, por uma grana. Desde que não se esbarrem, é como se estivessem morando sozinhos, né?

E para solucionar todos os problemas rotineiros do tipo ?você vai dormir do lado tal? ou ?por favor, abaixe a tampa da privada? ou ainda ?entrei em pânico, fui cozinhar, aproveite?, eles usarão de bilhetes. E por meio de bilhetes, eles vão se conhecendo e a gente vai se encantando.
.
? NARRATIVA >>> TUDO PRA MIM!
Beth O?leary escreve com muita leveza e diversão o processo de conhecimento dos personagens e como essa amizade vai crescendo aos poucos por meio desses bilhetes espalhados pela casa.
Contado de forma alternada, a história é desenvolvida lentamente, o que nos permite conhecer melhor Tiffy e Leon, além de abordar alguns temas importantes com suavidade.
.
? DRAMA? CLICHÊS? TEMOS!
É muito fácil se encantar pela Tiffy, com suas roupas coloridas e personalidade escandalosa, bem como o Leon, com seu jeito reservado e como ele se envolve com os pacientes no hospital.

Enfim, Teto para Dois é um livro leve e envolvente, desses que temos vontade de ler todo de uma vez só, sabe? E durante a leitura, ficamos com um sorriso bobo e torcendo muito para que se esbarrem logo.

DE VOCÊ GOSTOU DE... VAI GOSTAR DE...
Alô, fãs de Lou Clark, temos visitas!
E fãs de Sophie Kinsella, esse livro é para vocês.

Os outros livros que lutem, por quê você vai passar esse livro na frente, SIM!!
E, sinceramente, espero que continuação, por quê eu mereço mais desse casal. ?
comentários(0)comente



Crika || @PitacosLiterarios 03/10/2019

Uma comédia romântica fofa e divertida
Você dividiria a cama com uma pessoa que nunca viu?

Bom, deixa eu te contar a história de Tiffy e Leon. Eles andam com dificuldades financeiras, então o jeito que encontraram de minimizar o problema é dividindo um apartamento. Até aí normal, mas o lance aqui é que eles também dividem a cama. E nunca se encontraram.

Leon Twomey é enfermeiro em uma casa de repouso e trabalha no turno da noite. Ele só fica no apartamento de manhã e de tarde nos dias úteis, já que os fins de semana ele passa na casa da namorada. Como precisa de um dinheiro extra, tem a ideia de sublocar o apartamento.

Tiffany Moore é editora assistente e trabalha durante o dia. Após um término de relacionamento, precisa sair urgente da casa do ex-namorado. Mas, como tem pouco orçamento para alugar um apartamento sozinha, a solução é compartilhar com outra pessoa. E Leon parece ser a escolha perfeita, já que seus horários se encaixam perfeitamente.

Teoricamente, eles não vão morar juntos, apenas dividir o mesmo espaço em momentos diferentes. Qual a chance de isso dar certo?!

Como nunca se encontraram, Tiffy e Leon arrumam um jeito único de se comunicar. Para resolver as trivialidades do dia a dia, eles deixam post-its espalhados pela casa. Mas enquanto Leon deixa bilhetes com poucas palavras, Tiffy é bastante comunicativa e escreve recados muito divertidos.

Ao longo do tempo, eles se veem compartilhando questões da própria vida e ansiando por novos bilhetes cada vez que chegam em casa. Suas vidas vão se entrelaçar de forma que eles nunca esperaram.

Que maravilha de livro! Os personagens são adoráveis e, apesar de completamente diferentes, são perfeitos um para o outro. A relação deles evolui aos poucos e é impossível não torcer pelo casal. Ambos precisam superar alguns problemas e eles são tão bondosos, se ajudam, é lindo de ver.

A autora também aborda temas importantes, mas de uma forma leve e tranquila. "Teto para dois" é uma comédia romântica fofa e divertida com uma história de amor apaixonante. Eu adorei e super recomendo!

site: @pitacosliterarios
comentários(0)comente



Bruna.Melo 15/10/2019

Leitura leve e divertida
A Tiffy é uma personagem muito carismática, tem uma personalidade forte e é bem extrovertida. Já o Leon é o oposto, quieto e "antissocial" (confesso que me identifiquei muito com ele). O jeito que, aos poucos, um vai entrando na vida do outro, mesmo sem se conhecerem pessoalmente, acontece de uma forma bastante natural. Os bilhetes que ambos vão trocando ao longo do livro são muito divertidos, fazem a leitura fluir de um modo que, quando vemos, já estamos terminando o livro.

Os amigos da Tiffy são muito importantes para a história, já q a ajudam a superar o relacionamento abusivo no qual ela passou, mostrando o quanto é importante ter pessoas ao nosso lado, sempre nos apoiando. O irmão do Leon também é muito fofo, queria que a autora tivesse aprofundado mais a história dele, senti que foi resolvida muito facilmente. Mas, uma das amigas da Tiffy me irritou num certo momento (a Rachel), porque ela meio que tentava empurrar a Tiffy de novo para o cara abusivo, sabendo que ele fez mal à ela.

A autora abortou o tema "relacionamento abusivo" de um modo bem delicado, mostrando as consequências que isso traz na vida da vítima e o quanto ela pode não perceber que está/estava em um relacionamento abusivo. E também, como falei, do quanto é importante ter pessoas ao lado da vítima, a apoiando nessas situações.

O que me fez tirar nota do livro foi a escrita. Demorei uns três capítulos para me conectar com a história. Para mim, a parte narrada pelo Leon é bem estranha, porque é assim:

"Fulano: ..."

"Fulano falou, irritado: ...."

Parecia que eu estava lendo um roteiro de uma peça de teatro. E, também, faltou mais riqueza de detalhes, a autora não descrevia o cenário no qual o personagem estava, nem se estava de manhã ou anoite (o que era importante para a história), isso acabou deixando a narrativa rasa.

Mas, no geral, é uma leitura bem leve e cativante. Me ajudou a superar uma ressaca literária.
comentários(0)comente



Jéssica 02/12/2019

Muito amorzinho!
Como eu queria que Tiffy, Leon, Richie, Gerty, Mo e Rachel fossem reais e MEUS AMIGOS. Amo quando os personagens de um livro me cativam e foi isso que aconteceu nesse livro. Ah: estou encantada com o pedido de casamento tão criativo e tão a ver com a história dos dois, dei uma choradinha.
Ps: odeio o Justin
comentários(0)comente



Nay M. 24/09/2019

#ardresenhas - Teto Para Dois | Beth O'Leary | Intrínseca
Tiffy e Leon dividem a cama, mas eles nunca se encontraram. Esse livro já  me fisgou  por essa frase, porém posso dizer que Teto para Dois foi mais longe e me conquistou completamente por sua trama leve e cativante, com uma história que vai muito além de um simples clichê e aborda um tema extremamente necessário: abuso psicológico.

Aí vocês me perguntam: Nay como um livro que aborda tal assunto pode ser leve?
Pelo simples fato que a autora conseguiu transmitir a sua mensagem sem cenas tão angustiantes e pesadas, como já li em alguns outros livros. Ela aborda o tema de forma sensível e fluída, nos permitindo uma melhor compreensão e uma outra perspectiva sobre o assunto.

Para mim um ponto alto foi os personagens, tanto os protagonistas (Tiffy e Leon) como os secundários (os amigos da Tiffy e irmão do Leon). Tiffy e Leon são maravilhosos e as interações entre eles através dos post-its foram as minhas partes preferidas. Os amigos merecem por si só 5 estrelas, pelo cuidado, apoio e compreensão dedicado a Tiffy. E o irmão do Leon é incrível, mesmo com seus problemas para resolver, ele  também estava ali, ajudando da melhor maneira que podia.

O livro é narrado em primeira pessoa pelos protagonista, porém demorei um pouco para me acostumar com a narrativa diferenciada na parte do Leon. A escrita da autora é ótima, com uma ressalva para os  momentos em que a leitura se arrastava, nos primeiros 20% então... foi um tanto maçante. Mas fora isso eu com certeza indico essa leitura deliciosa. Uma história que vai aquecer seu coração.

Beijos,
Nay
comentários(0)comente



Geovana 06/11/2019

Quase desisti no começo. Mas que bom que NÃO fiz isso!
Achei o início do livro bem massante. Nas primeiras páginas achei que não ia conseguir sentir uma conexão com os personagens, que a história ia ser bem bobinha, e que não valia o HYPE todo.
Mas persisti, e to muito feliz por ter feito isso.
Chega uma hora que a personalidade dos personagens vai se solidificando, e vamos entendendo melhor o jeitinho de cada um. São todos cativantes e apaixonantes.

Não é a história clichê em que os mocinhos se detestam mas se sentem atraídos. Não tem um monte de drama sobre um gostar do outro e não querer admitir. As coisas simplesmente acontecem, na hora que tem que ser.

Leia! Vai valer a pena. Você vai desejar que todas as mulheres possam superar relacionamentos abusivos, e que possa haver mais Leon's por ai!
comentários(0)comente



beatriz silvx 15/11/2019

Vou resumir esse livro em "iti malia meu deuso, que coisa mais preciosa affeee" sou a própria dona de pet falando com aquela vózinha sabe? Esse livro é um clichezinho muito bom e ja me ganhou no fato de que os personagens não são padrões e para mim isso é tudo.
comentários(0)comente



126 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 6 | 7 | 8 | 9