Todas as Suas (Im)Perfeições

Todas as Suas (Im)Perfeições Colleen Hoover




Resenhas - Todas as Suas (Im)perfeições


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Isadora| @estanteda.isa 13/08/2019

Nada é perfeito, mas quando há amor tudo supera.
"Quando você encontrar alguém que é bom para você, ele não vai preenchê-la com inseguranças, concentrando-se em suas falhas. Ele vai te encher de inspiração, porque se concentrará nas suas melhores partes."

Dois dias lendo essa maravilha. CoHo me arrebatou completamente com essa história. Amor, casamento, sofrimento. Tudo bem real e possível.

Eu não achei que fosse amar tanto essa história, mas conhecer esse casamento que me fez pensar tanto no meu é surreal. Às vezes um casamento não é fácil. Há muitos momentos bons, mas também há os ruins. E são nos ruins que vemos o quanto amamos a pessoa.

Desistir de quem amamos nunca é fácil. Ver que a felicidade da pessoa está sendo afetada por sua causa é o maior sofrimento. Quinn e Graham são tão reais que me vi vivendo tudo.

É lindo como o relacionamento começa. A conectividade. Mas também é lindo o que eles passam porque é na dor que eles mais se amam.

Quando você passa muito tempo vivendo na dor, você esquece de ver o que tem de bom. Ter alguém que você ama mudando aos poucos, se perdendo é doloroso. Eu me emocionei porque a todo momento vi meu casamento e o quão feliz sou.

Amar não é fácil. Casar não será sempre perfeito. Mas ter alguém que lute por você, que não desiste do relacionamento ao mesmo tempo que você, é o principal fator para que continuem. Não desistir. Nunca será fácil, Graham e Quinn mostram isso claramente. Pode ser o motivo que for, a sua luta ou sua dor, mas enquanto houver amor e esperança. Não acaba.

Lindo, real e sincero. Só sei indicar e dizer que se tornou meu favorito. E grata por sentir que um romance mostra como é amar a pessoa certas até nos momentos difíceis.
@Lendo.adois 13/08/2019minha estante
Amei o destaque do livro ð


@Lendo.adois 13/08/2019minha estante
Amei seu comentário sobre tbm. Já quero ler.


Isadora| @estanteda.isa 13/08/2019minha estante
Esse livro é lindo demais! Estou muito apaixonada! à cada quote que marquei. Espero que ame muito essa história, sério, ela tocou muito meu coração.


@Lendo.adois 14/08/2019minha estante
Obrigada âºï¸â¤ï¸




Isabela | @sentencaliteraria 13/08/2019

Resenha originalmente postada no IG @sentencaliteraria
Todas as Suas Imperfeições | @galerarecord | 4 ⭐️’s

Quinn e Graham se conheceram de forma inusitada, em um dia que os dois passaram por uma decepção. Acontece que eles acabaram de saber que o noivo de Quinn e a namorada de Graham estavam traindo-os. Juntos! E a partir desse primeiro encontro a autora narra os anos de relacionamento dos dois, alternando entre passado (quando eles se conheceram) e presente (depois de casados).

Ao mesmo tempo que sabemos como eles eram no início da relação, praticamente almas gêmeas, acompanhamos seu dia a dia no presente. Sabemos logo no início que o casamento de Quinn e Graham está passando por uma fase difícil, há um bom tempo. Casados há sete anos, eles tentam engravidar e não conseguem. E esse sofrimento mútuo que devia uni-los, na verdade distancia o casal ainda mais.

Enquanto Graham se culpa por não poder dar filhos à esposa e ter que acompanhar ela definhando cada vez mais, Quinn tem certeza que a culpa disso é dela. Afinal, ela é a única infértil. Ambos estão sofrendo, e praticamente desistiram da relação: não conversam mais, não tem intimidade alguma ou demonstram seus sentimentos para o outro. As memórias boas parecem ter se perdido, e os segredos que existem entre eles estão separando-os ainda mais.

🌿 ❝Se você iluminar apenas suas imperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra❞

O que mais me chama atenção nos livros da Colleen é o quão real ela faz os personagens. Quantas vezes ficamos sabendo de casais que tem problemas no casamento, e que acabam a relação por não conseguirem superar? O grande problema aqui é o fato de Graham e Quinn não conversarem. Eles escondem um do outro o que estão sentindo, principalmente a Quinn. Esquecem que o companheiro está sofrendo tanto quanto eles. E ambos erram muito ao longo do livro.

Gostamos de pensar que o amor é suficiente para superar tudo né? Infelizmente para Quinn e Graham isso não vai ser o bastante. O amor perfeito deles está ameaçado por seu casamento imperfeito. Agora resta saber se os dois vão se unir e juntos resgatar a relação que um dia tiveram. Leitura mais que recomendada para quem gosta do gênero e da autora 💙

site: https://www.instagram.com/sentencaliteraria/
comentários(0)comente



Rodrigo 11/08/2019

Colleen Hoover, pra mim você é perfeita!
Eu particularmente não gosto muito de ler as sinopses dos livros da Colleen. Eu acho que muitas vezes acabam dando algum spoiler que termina tirando alguns pontos da história. Mas ao chegar no segundo capitulo tive que ler a sinopse do que estava lendo.

O livro se divide em duas partes. O "antes" quando Quinn e Graham se conhecem e se apaixonam. A forma como eles se conhecem é bem Colleen Hoover e achei muito engraçada apesar de tudo. E o "agora" que o casamento de Quinn e Graham apresenta sinais de desgaste e uma separação é iminente.

Ou seja, a sem coração da Colleen constrói e destrói um relacionamento na nossa frente. E isso é doloroso demais. Eu fiquei curioso pra saber o que tinha acontecido entre os dois até chegar no "agora".

Colleen que sabe escrever "boy lixo" como ninguém (Miles, Asa e Ryle estão ai pra provar isso) Graham é a redenção dela. Todo praise pra ele é pouco, nenhuma qualidade dele fica na sombra.

Quando terminei senti que podia ser uma história escrita pela Jojo Moyes, mas de um jeito que só a Colleen poderia escrever.

"Se você iluminar apenas as suas inperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra" - Colleen Hoover; Todas as Suas (Im)perfeições
comentários(0)comente



priscila.wenzel 10/08/2019

Um dos mocinhos mais perfeitos que já vi!

Mais um livro da Colleen que destruí meu coração. Parabéns Coho!

Quinn e Graham se conheceram numa situação muito inusitada. Ela chega pra visitar o noivo e se depara com Graham no corredor, e é um susto e tanto quando Graham conta a ela que seu noivo está no apartamento com a namorada dele e que Graham sabe disso porque seguiu os dois.

A princípio Quinn não acredita, mas ouve as vozes dos dois lá dentro, o que eles estão fazendo e se convence de que está sendo traída.
Os dois então resolvem se sentar no chão do corredor e começam a conversar enquanto esperam que Sasha e Ethan saiam do apartamento e vejam que foram pegos. E é claro que quando os dois aparecem, ambos os relacionamento acabam.

Meses depois Quinn e Graham se reencontram e depois dele deixar claro que não para de pensar nela, os dois começam a sair e a atração já existente vai se transformando num amor forte e lindo. Os dois são literalmente perfeitos juntos.
Graham com seu jeito engraçado e a forma como demonstra ser confiante e arrogantes às vezes, afirmando que ele e Quinn são almas gêmeas só faz a gente se apaixonar ainda mais por ele.


“Graham sussurra no meu ouvido. — Eu pensei que você fosse escapar de mim.
Eu sorrio. — Eu ainda poderia.
— Não faça isso.
Eu tento dizer: — Eu não vou, — mas ele coloca a mão entre a minha bochecha e o travesseiro e inclina minha cabeça até que a boca dele alcance a minha. Nós nos beijamos apenas o suficiente. Não muito curto, mas não tão longo que leve a outra coisa. É o beijo perfeito para o momento perfeito.”


Mas infelizmente sete anos se passaram e o amor incrível e tão bonito que eles tinham está em segundo plano e não existe nem sombra do Graham e da Quinn de antes.
Há seis anos, Quinn está tentando engravidar e o fracasso fez com que ela se fechasse na própria dor e repelisse Graham de todas as formas.
Ela não conversa com ele e evita seus toques, porque qualquer beijo e carícia pode levar a sexo e então a esperança de que finalmente ela vai engravidar pra então se decepcionar quando a menstruação vem.

Confesso que fiquei com muita raiva da mocinha, que tive vontade de parar o livro pelo comportamento dela. Ao meu ver o tempo todo Quinn foi egoísta se comportando como se só ela estivesse sofrendo, como se seu desejo de ser mãe fosse maior do que o desejo de Graham em ser pai.
Ela esconde sua tristeza, força sorrisos, uma alegria que não sente. Não conversa com Graham, o evita de todas as formas possíveis e isso me irritou num ponto em que desejei que Graham pulasse fora.


“Está ficando mais difícil fingir que gosto do toque dele. Eu não gosto disso - só preciso disso. Há uma diferença. Isso me faz pensar se ele finge tanto quanto eu. Ele me quer tanto quanto diz? Será que ele gostaria que eu não me afastasse? Ele é grato por eu fazer isso?”


Dá muita raiva dela e dó do Graham quando ele tenta se aproximar, tenta transar com ela e tudo que a idiota consegue fazer é ficar contando pra ver se ela está ovulando ou não. Por que não interessa pra ela transar com Graham se não for pra engravidar.
Entendo que ela se cobra demais, afinal Graham está perfeitamente saudável e Quinn pensa que ele teria mais chances de ser pai se não estivesse com ela.

Mas porra meu cadê o diálogo? Infelizmente é só ela que narra os capítulos, mas dá pra perceber as coisas que Graham tem a dizer a ela, como ele tenta se aproximar dela, não desistir dos dois e tudo que recebe são desculpas esfarrapadas e uma frieza egoísta. Porque sim, achei Quinn extremamente egoísta.
Graham só não a deixou porque essa história acontece dentro de um livro, mas eu duvido que na vida real um homem suportaria tanta frieza e distância por seis anos e continuaria amando a esposa. E até uma esposa se fosse tratada com frieza durante anos teria caído fora.

O que salva esses momentos de estresse é que os capítulos são intercalados entre O ANTES, que mostra Graham e Quinn se conhecendo, o início do relacionamento e o amor dos dois em todo seu auge. E O DEPOIS, que mostra como eles estão agora.

Em nenhum momento culpei o Graham. O cara estava ali pra esposa, sempre a postos quando ela precisasse dele e o que Quinn fazia? Chorava as escondidas, fingia e fugia das situações.
Por isso não o culpei quando ele fraquejou e desistiu. Eu no lugar dele teria desistido muito antes.

Graças a Deus, as cartas que Graham escreve pra Quinn, uma forma de entendermos melhor tudo que ele está sentindo há anos, faz com que ela finalmente acorde pra vida e perceba que quer Graham tanto quanto quer ser mãe. Tenho que confessar que chorei lendo as cartas dele.

Graham é um personagem perfeito, maravilhoso e extremamente compreensivo. Ele ama Quinn e demonstra isso de todas as formas que consegue.
E Quinn apesar de estar tão obcecada em ser mãe e tão triste por não ter consigo, ela ama Graham e esse amor que estava sendo deixado de lado é o catalisador pros dois não desistirem do casamento.

Tirando minha irritação com a mocinha, o livro é lindo e nos faz refletir e pensar até onde iríamos por alguém que amamos, até que ponto vale a pena se sacrificar e que se a pessoa vale a pena sempre há esperanças, sempre há uma forma de recomeçar.
E mesmo que as vezes a vida não saia da forma como planejamos e isso nos machuque muito, sempre a outros caminhos a serem trilhados, sempre a outras formas de encontrarmos a felicidade.

Apesar dos momentos de raiva, Graham e suas atitudes compensam e por isso eu indico a leitura ^^
comentários(0)comente



Ize 19/07/2019

Perfeito
***Livro lido em inglês***

Colleen Hoover strikes again
Esse foi o livro mais difícil que eu já li em toda a minha vida.
Eu não sei se foi pela história, pelas palavras ou pelo amor escancarado... mas definitivamente, é o meu livro favorito agora. Como todos os livros da Colleen são.
Eu vou começar relatando o que eu sentia lendo esse livro: que eu poderia muito bem estar dentro de uma montanha russa.
As intercaladas do tempo de "Agora" e "Depois", são tão bonitas quanto cruéis.
Eu chorei. Muito. Como nunca havia chorado antes lendo um livro.
Em todos os meus 21 anos, e de todos os livros de romance que eu já li na minha vida, All Your Perfects foi o único que me tocou com o verdadeiro significado do amor.
Eu não sei se existe um amor como o de Graham e Quinn. Eu não sei se eu um dia terei experiência disso.
Mas por mais que a Colleen tenha explicitado que nem sempre o amor fica acima de tudo, eu senti que aqui ficou.
Porque a base do amor, para o que se deixa entendido, é além da confiança e companheirismo. Mas também fé.
Fé e dedicação.
É um livro realmente muito bonito. Ao mesmo tempo que me deixou aos frangalhos, no fim, me compensou como um cobertor quente em um dia congelante.
Várias vezes de madrugada eu chorava. Eu chorava tanto, porque essa é a mais pura obra da força do amor e do romance que eu já pude ter contato.
O amor não é perfeito. Claro que não, ninguém é. Com a Colleen, você percebe que o amor pode ser feio, bruto, cruel e até se transformar em ódio. Mas em All Your Perfects, ele se mostrou maior. Invencível.
E mesmo que o ponto do livro seja algo bem maior que isso, sobre aproveitar as perfeições que temos invés de ser obcecado com a negatividade, eu senti que a base de tudo isso, é amar. Seja você mesmo, ou a pessoa que está ao seu lado. Que vive ao seu lado.
Eu sempre digo isso, e quando falo não é brincando: Colleen Hoover é o tipo de escritora que estará na história do mundo. Disso eu tenho certeza.
Não há um livro dela que seja sem sentido ou que não toque numa questão que transforma a sua vida com um outro olhar.
E, assim como Graham, eu fico agradecida.
Eu fico agradecida que, desses bilhões de anos de existência do planeta Terra, eu pude nascer no mesmo século, continente e disponibilidade para usufruir dessa história.
Mesmo que somos tão insignificantes diante do universo, focar nas nossas falhas só farão com que a vida pare de brilhar. E devemos procurar pelos pequenos momentos de perfeição.
Todos eles.
Lo 20/07/2019minha estante
Incrivel como uma resenha tem o poder de te fazer querer determinado livro.


Ize 21/07/2019minha estante
Lo,
Se você puder (e tiver saúde mental para lidar com tristezas kkk) eu recomendo muito a leitura desse livro. A história é linda, a Colleen realmente se superou dessa vez!


Fernanda.Sousa 23/07/2019minha estante
Eu simplesmente amo os livros da Coolen, sem dúvidas os livros dela me marcaram profundamente e depois desta resenha estou louca para ler.


Vivi @quemevclivro 02/08/2019minha estante
Meu Deus, vc descreveu todos os meus sentimentos em relação ao livro, e que eu achava impossível de falar, chorei horrores, e tentei várias vezes engatar na leitura e quando enfim terminei fiquei dias em frangalhos.


Ize 03/08/2019minha estante
Vivi, eu te entendo completamente! Chega em algum ponto ser angustiante a maneira que os sentimentos dos personagens nos arrebata, mas é um experiência! Adorei ler esse livro!


Ju 10/08/2019minha estante
Eu amei este livro. Vc descreveu exatamente o que achei dele. Chorei mt tempo. Ã o meu favorito da autora.


Ju 10/08/2019minha estante
Eu amei este livro. Passou a ser o meu favorito da autora. Chorei mt.




5 encontrados | exibindo 1 a 5