Livro do Desassossego

Livro do Desassossego Fernando Pessoa




Resenhas -


21 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Re 15/12/2021

Simplesmente....
Foi uma leitura lenta, onde tive que pausar por alguns dia e retornar as leitura aos poucos, mais foi super valida a leitura. Onde de fato e um livro do desassossego que devemos está preparados para o que vem, e houve trecho que me fizeram pensar e repensar sobre o que sou, onde estou e para onde quero ir...
comentários(0)comente



Juliano 26/11/2021

Persistência, Pessoa e Pensamento
Fernando Pessoa é, quiçá, o maior poeta que escreveu na língua portuguesa. Apesar de sua poesia ser deveras densa, Pessoa explora até o limite cada sentimento, seja de amor ou de angústia. Cada detalhe nesta obra é fenomenal, mostrando o personagem Bernardo Soares, tal qual julga ter uma posição insignificante, mas que em si, possui estes inúmeros pensamentos sobre todos os temas. Esta obra é como se Pessoa colocasse no papel todos seus pensamentos que lhe viesse à mente. Atribuo nota 4 pois acho que a obra é extensa e, quem sabe, poderia ser dividida em dois livros, separando os temas de forma mais lógica e de fácil seleção pelo leitor. Ademais, na persistência, busquei absorver parte do pensamento deste gênio que foi Fernando. Não sei dizer quantas vezes, lendo este livro, me vieram pensamentos e reflexões sobre a vida, no que toca as diversas abordagens feitas no livro.
comentários(0)comente



Angela.Bittencourt 25/11/2021

A sensação é essa
É como se o eu lírico sentasse para tomar café comigo e me contasse tudo que pensa e lhe vem à mente.
Juruh 26/11/2021minha estante
?




Weudaiane 09/11/2021

Sim, a Arte, que mora na mesma rua que a Vida, porém num lugar diferente, a Arte que alivia da vida sem aliviar de viver, que é tão monótona como a mesma vida, mas só em lugar diferente.

(Maravilhoso)
comentários(0)comente



maria | mariaclarasb 06/10/2021

Queria ter gostado
Achei bem chato, me deu muito sono. Confuso e repetitivo. Queria mesmo ter gostado pelo ícone que é esse livro principalmente para o curso de letras. Talvez no futuro eu esteja mais madura e consiga me identificar com ele, pq agora só ficou a decepção. Tem algumas frases legais até mas não compensa pra mim.
comentários(0)comente



Carol 29/09/2021

Maravilhoso
Bom, é Fernando Pessoa. Não preciso dizer mais nada para justificar a perfeição do livro.
Meu poeta preferido ??
comentários(0)comente



Sofia Meneghel 03/09/2021

Profundo e belo
?Vou de dia para dia, como de estação para estação, no comboio do meu corpo, ou do meu destino, debruçado sobre as ruas e as praças, sobre os gestos e os rostos, sempre iguais e sempre diferentes, como, afinal, as paisagens são.?

Livro lindo, com frases que vão fundo na nossa alma inerentemente sonhadora.
comentários(0)comente



Ãnimo Total 02/07/2021

Sensacional
?No baile de máscaras que vivemos, basta-nos o agrado do traje, que no baile é tudo. Somos servos das luzes e das cores, vamos na dança como na verdade??
comentários(0)comente



Rafa 23/06/2021

Fragmentos
Livro do Desassossego é um nome preciso pra esta obra. Tratando de assuntos diversos e de maneira não-linear, Pessoa, sob o pseudônimo de Bernardo Soares traz aqui um verdadeiro diário de pensamentos, conflituosos, melancólicos, esperançoso, tudo junto na mesmo obra.

Um dos meus fragmentos favoritos é o 287, na página 247 "Adoramos a perfeição, porque a não podemos ter; repugná-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito."
comentários(0)comente



clai 13/06/2021

Gostei, mas a linguagem as vezes complica.
Os poemas são legais. Prefiro outros tipos de poesia mas foi uma boa experiencia.
Indico para quem gosta de poesia.
comentários(0)comente



Josiane PADIAR Zoch 11/06/2021

Fernando Pessoa, através do Bernardo Soares, escreveu esse livro que classifico como uma obra de arte.
Uma leitura espetacular e aconselho a ser um livro de cabeceira, daqueles que abrimos em qualquer parte e lemos a mensagem que está ali. É uma prosa como muita poesia...
Nesse "diário" de Bernardo Soares (heterônimo de Fernando Pessoa), acompanhamos um guardador de livros em Lisboa que retrata seu cotidiano através de sensações.
Há passagens com expressões muito bem explicadas dos sentimentos humanos e de uma tremenda honestidade, impossível de ser superada.
Em algumas partes ocorre a concordância em outras não e, ainda tem passagens que ele próprio se contradiz.
Na verdade, Bernardo Soares sente demais, há momentos de desespero, pessimismo, negação ao pessimismo... São escritos bem íntimos e a releitura é necessária. É um livro para a vida.
comentários(0)comente



Paty 29/05/2021

Foram os R$ 15,00 mais mal gastos da minha vida
Primeiro: ele aborda praticamente alguns temas básicos como: tédio; momentos "sonhadores"; Morte; pessoas e tudo o que isso implica (na perspectiva dele). Provavelmente falta algo, mas não interessa. Exatamente por causa de ter poucos tópicos, não chegamos ao segundo ponto: o texto é ESSENCIALMENTE repetitivo. IRRITANTEMENTE repetitivo. Esse livro poderia ter tido 400 páginas a menos porque ele fala praticamente a mesma coisa toda vez. Ele fala sobre a mesma coisa com palavras que não passam de sinônimos. Ainda se ele usasse palavras diferentes (que implicaria, talvez, em novas/diferentes perspectivas), até que tudo bem, mas ele só enche linguiça para falar sobre uns quatro e no máximo seis tópicos em todo o livro. Sério, que livro modorrento, que coisa mais irritante, não sei como as pessoas podem gostar de ler uma coisa tão a-mesma-coisa-que-foi-dita-na-página-anterior-só-que-nessa-página-e-com-palavras-similares-as-que-usei-antes. A meia estrela que eu dei foi porque eu gostei da parte dele descrevendo cenários chuvosos... isso deve ter acontecido umas duas vezes? Não me lembro. Mas não foram o suficiente para completar nem mesmo uma estrela. Queria ter me poupado de ler essa coisa enfadonha.
comentários(0)comente



DD 21/05/2021

A sensação que tive é que era um diário, não um livro de um conto propriamente dito é cheio de pensamentos desconectos da vida cotidiana, é fácil com a leitura se aproximar de quem foi o autor, que ao meu ver apesar do pessimismo muito é sensível (não que uma coisa impeça a outra). Me vi em vários trechos, e quis estar em outros, minha primeira visita a Fernando pessoa mas com certeza não será a última." O meu corpo era um grito latente. O meu o meu coração batia como se falasse"
comentários(0)comente



Kemily Gabriela 13/05/2021

FERNANDO PESSOA É SENSACIONAL!
Fernando Pessoa me conquistou nesse livro. No Livro do Desassossego encontramos um conjunto de fragmentos (textos) que foram escritos por Bernardo Soares. Para quem não sabe, Fernando criava pseudônimos (pessoas imaginárias, mas muito complexas, que apenas assinavam suas obras), heterônimos (segundo ele, era ele que estava escrevendo, porém a história não era dele, e sim foi contada pelo heterônimo) e o semi-heterônimo Bernardo Soares, que como ele mesmo disse: "É um semi-heterônimo porque, não sendo a personalidade a minha, é, não diferente da minha, mas uma simples mutilação dela. Sou eu menos o raciocínio e afetividade." Esse livro pode ser comparado à um diário, já que traz trechos que mostram um pouco do dia a dia de Bernardo, que era um guardador de livros na cidade de Lisboa, e em todos os fragmentos percebemos como era os pensamentos e as reflexões dele. Seus textos mostram, na maioria das vezes, uma certa monotonia na vida do personagem.
(Fragmento 102) "[...]Tenho sonhado muito. estou cansado de ter sonhado, porém não cansado de sonhar. De sonhar ninguém se cansa, porque sonhar é esquecer, e esquecer não pesa e é um sono sem sonhos que estamos despertos. Em sonhos consegui tudo[...]"
comentários(0)comente



Tati 26/01/2021

"E assim sou, fútil e sensível, capaz de impulsos violentos e absorventes, mais e bons, nobres e vis, mas nunca de um sentimento que subsista, nunca de uma emoção continua, e entre para a substância da alma."
Um livro bastante difícil de ler. Decifrar Fernando Pessoa não é algo fácil.
comentários(0)comente



21 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR