Casa Glass

Casa Glass Rachel Caine




Resenhas - Casa Glass


71 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


miny 30/08/2016

livro ótimo!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Médonne Pattz 04/09/2015

Esse livro é muito bom, estava enrolando para lê-lo pois não achava que seria uma boa história, mas então quando comecei a ler terminei em dois dias.
É uma ótima história sobre vampiros.
comentários(0)comente



Kathrein 24/06/2014

Médio
Acho que eu tinha tanta esperança depositada nesse livro que me decepcionei, um livro com uma capa tão linda, me pareceu ótimo.

Mas me incomodei bastante com os erros de gramática, e achei a história fraca, era como se ela estivesse se arrastando...sei lá, só acho que não pretendo dar continuidade.

site: http://livrosefones.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



C. Aguiar @coelhoobrancoo 24/04/2014

Já li esse livro a um tempo, mas não estava com cabeça para escrever a resenha na época (devido a isso tenho várias pendentes).
O livro começa com a história de Claire, uma garota que está indo morar na cidade de Morganville no Texas onde os habitantes são um tanto quanto estranhos e parecem ter medo de alguma coisa pelo modo como se comportam.
Claire terminou os estudos muito rápido, então os pais acham que a filha deles é muito nova para ir a faculdade, pois isso seria muito longe deles (ou seja, estão empatando o futuro de uma menina inteligente por puro egoísmo, na minha humilde opinião) então acabam mandando ela para passar um ano em Morganville.
Claire é alvo de uma garota (que tenho quase certeza que é totalmente psicótica) chamada Mônica, e viver no dormitório da faculdade tem sido questão de vida ou morte, afinal Mônica empurra Claire do alto da escada que faz com que a moça quase quebre o pescoço na queda. Porém ninguém parece se importar com o acontecido, e Claire percebe que tem algo de muito errado naquele lugar.
Então Claire decide morar fora do campus, mas ela é menor de idade, o pessoal não parece colaborar muito e ao que tudo indica sua vida corre perigo se ficar sozinha perto da garota que a está perseguindo.
Por um golpe de sorte acaba encontrando um lugar chamado Casa Glass, onde conhece três jovens (Eve, Shane e Michael) que fazem com que ela se sinta segura em Morganville, apesar de que a realidade é outra, pois ninguém está verdadeiramente de fato seguro nessa cidade.
É um livro de vampiros bem construído, os personagens não são de todo bonzinhos ou malvados e sempre é bom está de olho em quem você confia.
Os vampiros são organizados, bem violentos e devem ser respeitados como criatura sobrenatural dominante no local, e gostei muito dessa imposição deles na cidade.
É uma serie bem grande e nem todos os livros foram lançados no Brasil, então vocês vão ter que ler online ou em inglês mesmo (tenho todos os livros no meu kindle).

site: http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br
comentários(0)comente



PorEssasPáginas 27/03/2013

Resenha: Casa Glass - Por Essas Páginas
Algumas pessoas haviam me falado muito bem da série Os Vampiros de Morganville, da Rachel Caine. Com a autora veio para a Bienal do Livro no Rio de Janeiro (que eu comentarei futuramente em um outro post), resolvi dar uma chance e começar a ler a série. Eu sei, romances com vampiros já estão mais do que saturados. Mas eu não consigo resistir: adoro romances sobrenaturais!


Claire Danvers é uma estudante do primeiro ano da faculdade, aliás ela é bem mais nova do que os alunos da sua turma. Porém, a garota mais popular da escola (Mônica) e a sua gangue está a seguindo e humilhando. Ou até mesmo tentando a machucar… Fisicamente.

Quando Claire percebe que corre graves riscos, ela sai do campus e acaba encontrando abrigo em uma casa antiga – a casa Glass. Mas ela não está em uma situação muito melhor, já que os atuais moradores da casa, Michael, Eve e Shanne, também guardam vários segredos…

Mas o que Claire realmente não esperava era que Morganville, uma cidade que fica no Texas, é na verdade uma cidade cheia de vampiros. E o que para ela eram só personagens de livros de terror, começam a fazer parte da sua realidade.

Na verdade, já podemos notar um ponto positivo na história: Claire não se apaixona por um vampiro. Isso já diferencia a série da maioria do gênero e eu achei isso muito interessante. Aqui os vampiros realmente são maus. Ou pelo menos, nesse primeiro livro.

É difícil comentar sobre Casa Glass porque eu gostei, mas… Também não gostei. A história me prendeu, mas ao mesmo tempo, eu não conseguia explicar o motivo. O enredo é bom, mas eu senti que faltava algo. Eu acho que a narração ficou um pouco pobre e temo que seja por falha da tradução.

Várias falas de personagens começaram sem o travessão. Pronomes estavam em locais errados, o que dificultava a compreensão de qual personagem estava falando. Algumas frases estavam com um sentido estranho… Eu não li a versão em inglês mas acredito que o problema seja sim da tradução. Eu já li o segundo livro da série e a tradução está muito melhor (com poucos erros) e a narrativa foi bem mais fluida. Eu realmente gostaria de ler algo da Rachel em inglês para entender como realmente é a sua narrativa.

Mas no meu caso, esses erros no livro realmente atrapalharam a leitura. Talvez seja por esse fato que eu não consiga gostar totalmente do livro. O enredo é bom, os personagens são interessantes (Shanne é um fofo!), mas a narrativa atrapalha. A Editora Underworld é uma editora nova e Casa Glass foi o seu primeiro trabalho. Provavelmente foi um erro por inexperiência. Mas eu espero realmente que em edições futuras a tradução seja revisada.

E sobre o final, devo dizer que Rachel Caine gosta de finais abertos. Aliás, o segundo livro começa exatamente onde o primeiro livro terminou. Portanto, quando fechei Casa Glass, fui correndo pegar a continuação.

Enfim, vou dar uma chance para a série, porque estou muito curiosa sobre Morganville. Portanto, vou continuar lendo a série, e já posso dizer que “Dança das Garotas Mortas” está bem melhor que o primeiro livro!

Resenha original em http://poressaspaginas.com/resenha-casa-glass
comentários(0)comente



Tatianna 09/01/2013

Casa Glass - Rachel Caine
Comecei a leitura desse livro dentro do ônibus a caminho do meu curso, logo nas primeiras cinco folhas eu o fechei e guardei dentro da bolsa pra ler em casa. Estava ficando incrivelmente interessante logo no começo e achei um horror ler perto de um monte de gente que não parava de falar. Se você estiver em dúvidas de começar a ler esse livro: NÃO FIQUE! haha Ele não é nada parecido com os livros de vampiros românticos e cheios de mimimi que estamos acostumados hoje em dia. A série vale muito a pena! ;)
comentários(0)comente



Lany 22/10/2012

(Resenha publicada em http://poressaspaginas.com)

Claire Danvers é uma estudante do primeiro ano da faculdade, aliás ela é bem mais nova do que os alunos da sua turma. Porém, a garota mais popular da escola (Mônica) e a sua gangue está a seguindo e humilhando. Ou até mesmo tentando a machucar… Fisicamente.

Quando Claire percebe que corre graves riscos, ela sai do campus e acaba encontrando abrigo em uma casa antiga – a casa Glass. Mas ela não está em uma situação muito melhor, já que os atuais moradores da casa, Michael, Eve e Shanne, também guardam vários segredos…

Mas o que Claire realmente não esperava era que Morganville, uma cidade que fica no Texas, é na verdade uma cidade cheia de vampiros. E o que para ela eram só personagens de livros de terror, começam a fazer parte da sua realidade.

Na verdade, já podemos notar um ponto positivo na história: Claire não se apaixona por um vampiro. Isso já diferencia a série da maioria do gênero e eu achei isso muito interessante. Aqui os vampiros realmente são maus. Ou pelo menos, nesse primeiro livro.

É difícil comentar sobre Casa Glass porque eu gostei, mas… Também não gostei. A história me prendeu, mas ao mesmo tempo, eu não conseguia explicar o motivo. O enredo é bom, mas eu senti que faltava algo. Eu acho que a narração ficou um pouco pobre e temo que seja por falha da tradução.

Várias falas de personagens começaram sem o travessão. Pronomes estavam em locais errados, o que dificultava a compreensão de qual personagem estava falando. Algumas frases estavam com um sentido estranho… Eu não li a versão em inglês mas acredito que o problema seja sim da tradução. Eu já li o segundo livro da série e a tradução está muito melhor (com poucos erros) e a narrativa foi bem mais fluida. Eu realmente gostaria de ler algo da Rachel em inglês para entender como realmente é a sua narrativa.

Mas no meu caso, esses erros no livro realmente atrapalharam a leitura. Talvez seja por esse fato que eu não consiga gostar totalmente do livro. O enredo é bom, os personagens são interessantes (Shanne é um fofo!), mas a narrativa atrapalha. A Editora Underworld é uma editora nova e Casa Glass foi o seu primeiro trabalho. Provavelmente foi um erro por inexperiência. Mas eu espero realmente que em edições futuras a tradução seja revisada.

E sobre o final, devo dizer que Rachel Caine gosta de finais abertos. Aliás, o segundo livro começa exatamente onde o primeiro livro terminou. Portanto, quando fechei Casa Glass, fui correndo pegar a continuação.

Enfim, vou dar uma chance para a série, porque estou muito curiosa sobre Morganville. Portanto, vou continuar lendo a série, e já posso dizer que “Dança das Garotas Mortas” está bem melhor que o primeiro livro!
comentários(0)comente



Michele 30/09/2012

Livro otimo... traducao Horrivel...
Serio li o livro em inglês e achei ele perfeito ( ta não perfeito mais muito bom) a ideia da Rachel sobre a casa, a Claire em si e o Shane sao coisas que marcam... Assim que soube que sairia no Brasil dei meus pulinhos aqui, por que ler em ebook é bom? é mas melhor ainda é ter o livro em mãos. porem achei erros grotesco de concordância, nome de lugares errados e erros de português, e foi isto que me decepcionou.. por que a leitura em si é fantástica recomendo muito.
Vamos a historia, Claire é uma pessoa acima da media quando se trata de inteligencia, é aceita em varias faculdades mais seus pais protetores querem ela por perto por isso o mais longe que ela vai é para Morganville. Depois de ter corrigido uma garota chamada mônica ela é perseguida pelas moniquetes que não dão sossego pra ela.. e esqueça seus conceitos de perseguição estas meninas não ligam pra policia nem qualquer autoridade nesta cidade é elas que mandam, ta mas e se algo acontecer e claire morrer? ela não sera a primeira nem a ultima a sumir de morganville! depois de ser jogada escada abaixo e ver suas roupas no lixo Claire decide procurar um local para morar ao invés do alojamento, assim ela vai para na Casa Glass, onde ela conhece Eve Michael e o maravilhoso Shane, sera que eles deixarão ela ficar na casa? e as moniquetes? descubra! o livro é muito bom, pena que são tantos e tao pequenos...
comentários(0)comente



N 30/08/2012

O que dizer sobre Os Vampiros de Morganville? Acho que posso começar dizendo sobre o que pensei quando comecei a ler o livro. Meu primeiro pensamento foi: A Claire é uma criança, sério gente 16 aninhos? Nada contra sabe, mas acho que o livro seria muito mais interessante se ela tivesse uns 17 no mínimo. 16 na faculdade? Nossa, me poupe, o tempo todo eu só pensava no quando a Claire era imatura e boba, o tipo que não consegue fazer nada sozinha. Logo depois veio aquela história de Monickettes, juro que nunca vi algo tão bizarro, uma valentona patricinha de quem todo mundo morre de medo? Jura? Estamos de volta a 4ª série? As patricinhas normalmente são más, mas a Mônica é uma bruxa de filme de terror (ou assim a autora a quis descrever), se fosse a Claire “sentava a mão na cara dela” e queria ver o que ela iria fazer, mas eu não sou a Claire graças a Deus. Mas voltando ao livro, logo depois comecei a pensar que o livro era um pouco sem ritmo, confuso, difícil de concentrar nele. Fora que é puro drama, “Ela poderia ter morrido. Ela teve sorte” tanto dramaaaa! De repente o livro começou a melhorar, não virou um ótimo livro, mas melhorou a ponto de poder continuar lendo. Infelizmente o drama continua: “e virou-se para andar de volta ao inferno”. Depois veio aquela estória de fantasmas. Só consegui pensar: Blaaaaah que saco. Depois a autora, não sei se intencionalmente, deixa você naquela dúvida: opa com quem a Claire vai ficar? O Michael, lindo, responsável, inteligente e intrigante ou o Shane, bonito, preguiçoso e esquentadinho? Acho que nem preciso dizer com quem eu gostaria que ela ficasse. Sinceramente o Shane parece ser um boboca. Mas depois se percebe que ele melhora. Terminei o livro com aquele sentimento de: Poxa vou ter que ler os outros livros, pois detesto começar uma série e não terminar. Ainda tenho a esperança que o livro melhore, mas não estou nem um pouco empolgada para ler o outro. E só para constar a tentativa da autora de termina o livro te instigando a ficar louca para ler o próximo, pelo menos para mim, não deu certo. Dou 2 estrelas para o livro, quer dizer estou tentando dar duas estrelas mas o skoob não deixa, acho que ele gostou do livro e espera que eu dê mais. :P
Rian Bicalho 25/09/2012minha estante
ela esta na faculdade com 16 anos, porque ela é mais inteligente que o normal. e inteligencia não quer dizer que ela tenha desenvoltura/atitude suficiente para encarar vampiros e monickettes. dê mais uma chance ao livro.




Andressa 27/08/2012

Esse livro estava na minha lista de desejados a um bom tempo e mês passado finalmente decidi compra-lo! Mesmo nem tendo o lido ainda, comprei a continuação também porque tinha certeza de que iria gostar.

Logo no início do livro nós conhecemos Clare, uma nerd de 16 anos que conseguiu entrar na faculdade um ano antes de todos. A garota sofre muito nas mãos das garotas populares e cruéis da universidade e, depois de ser atirada escada abaixo e ameaçada, precisa encontrar as pressas um lugar novo para morar. E é aí que ela encontra a antiga e misteriosa Casa Glass.

O impacto que a Rachel causa com os personagens é bom, porque logo no início já odiamos Mônica e suas seguidoras, e nos sentimos familiarizados com Eve e os outros dois moradores da Casa Glass. Se houve algo que eu gostei nesse livro, foi dos personagens.

Eu pensei que encontraria um clima sombrio, com personagens misteriosos e uma trama eletrizante, mas o que encontrei foi uma tremenda bagunça. A autora insere na trama vários mistérios e não te explica nada e, quando você já está bem confuso e desnorteado, ela te explica alguma coisa só para que você possa aguentar mais uma dose de porquês sem fechar o livro. Os vampiros, nesse caso, são meramente vilões e nós não conhecemos muitos deles. Na realidade nem os próprios personagens parecem reconhecê-los direito.

Claire toda vida está sendo perseguida por alguém, isso quando não é perseguida por vários ao mesmo tempo e, mesmo com tanta gente desejando matá-la, ela consegue se colocar em risco e por algum motivo sempre sair viva. Sempre se arriscando sem motivos e colocando os outros em problema. Não sei nem se comento a respeito do romance, porque nada de bom acontece nesse sentido.

O livro é bonito, embora seja bem visível que é uma publicação um tanto antiga da Editora Underworld, pois a continuação saiu em um livro bem mais detalhado e elaborado. Apesar disso o livro é bonito, a capa é atraente e a fonte também é bacana. Mas encontrei alguns erros gramaticais daqueles que te fazem bufar.

Enfim, esperava muito mais desse livro após ter lido algumas resenhas tão favoráveis. Mas a verdade é que a trama só foi me atrair já nos últimos capítulos e, já que estava muito bom pra ser verdade, a autora joga uma bomba no final do tipo “continua”. Nota 3 para o livro, só por causa da Eve e do Shane!

Andressa
www.umdiaacadalivro.blogspot.com
@umdiaacadalivro
comentários(0)comente



Outro Conceito 24/08/2012

Os Vampiros de Morganville #1: Casa Glass - Rachel Caine (Outro Conceito)
Claire Denvers é uma garota prodígio de 16 anos, ou como ela mesma gosta de dizer, quase 17, e caloura da TPU (Universidade Texas Praire) na cidade de Morganville. Por ser uma nerd, Claire já não era uma pessoa muito popular e quirida, mas a situação piora muito quando ela conquista a inimizade da popular e sociopata Mônica Morrel, ao corrigi-la na frente de sua turma.

Após levar uma surra de Mônica e suas amigas (as moniquetes), ser
jogada da escada, e para fechar com estilo, ser ameaçada de morte, Claire decide sair do alojamento da faculdade para morar em outro lugar (Apenas por questão de segurança, se é que você me entende).
É aí que ela acaba parando na Casa Glass. Lá ela conhece a gótica e simpática Eve, o "rebelde" e prestativo Shane, e o responsável e misterioso Michael, que de início nao queria deixar Claire se mudar pra lá por ela ser muito nova.

Conforme os dias passam, Claire vai descobrindo cada vez mais segredos sobre a cidade de Morganville e a própria Casa Glass. E o que ela pensou ser apenas uma piada, é a mais pura e assustadora verdade, onde ela terá que se adequar se não quiser morrer. Afinal, além de sua nova inimiga mortal da faculdade, os vampiros estão por toda a cidade. E o pior, eles é que ditam as regras por lá. E quem não tiver a pulseira, que indica quando a pessoa é protegida por algum clã dos sanguessugas, pode "sumir" a qualquer momento.

O livro é de fácil e agradável leitura e a história é contada em 3° pessoa, e como eu sempre digo, esse tipo de narração te dá uma visão mais ampla dos acontecimentos. Os personagens são bem singulares e carismáticos.
...

Para ver o resto dessa resenha
Acesse: http://outroconceito.blogspot.com/2011/04/resenha-casa-glass-rachel-caine.html
comentários(0)comente



Lari 10/08/2012

Morgan Ville
Resumo oficial: "A caloura do primeiro ano da faculdade Claire Danvers não suporta mais sua situação de pesadelo no seu dormitório, onde as meninas populares nunca a deixam esquecer exatamente que lugar ela ocupa na cena social da escola: algum lugar abaixo de zero. Quando Claire vai para fora do campus, a imponente casa antiga que ela encontra um quarto pode não ser muito melhor. Seus novos colegas de quarto não mostram muitos sinais de vida. Mas eles vão proteger Claire quando os segredos mais profundos da cidade virem a tona, famintos por sangue fresco."
Minha opinião: Eu acho que o primeiro livro da série é o mais parado e chato [ a série é " Os Vampiros de Morgan Ville"] . Mas mesmo assim ele é adorável, você aprende a gostar de cada personagem e amar cada vez mais o Shane. A série só tem o primeiro volume no Brasil e é caro, mas vale a pena ler até mesmo no computador. A narrativa é o que eu mais gosto, ela é deliciosa e os livros são "curtos" [ menos de 300 páginas].
Beijos.(:
comentários(0)comente



Sarah Linhares. 19/07/2012

http://gringagirls.blogspot.com.br/2012/07/resenha-casa-glass-os-vampiros-de.html

Eu tinha uma vontade maluca de ler esse livro, a capa me chamava atenção a sinopse também e todas as resenhas que li sobre ele só me deixavam mais curiosa.

Os vampiros de morganville apresenta um novo tipo de vampiros, eles não são bons moços e eles não estão do lado dos humanos muito menos se apaixonando por eles como acontece em 90% dos livros atuais do gênero ou seja, o livro conta com uma mitologia particular bem diferente e Rachel Caine deu conta de escrever um livro muito bom ao contrario do que eu pensava nos primeiros capítulos da historia.
Para você, caro leitor entender melhor eu tenho que dizer que o começo do livro foi uma tortura para mim tudo parecia muito exagerado as agressões que Claire sofria na faculdade eram absurdas, Monica é um monstro! Mas conforme a historia se desenrola você percebe que com o monopólio dos vampiros até que da para engolir essas historia do começo.
O livro só ganha ação mesmo do meio em diante onde tudo começa a ficar mais tenso e o final, o final é de tirar o folego!.
Eu já estava preparada para descansar com as ultimas paginas parecia que tudo seria tranquilo e de repente a autora enfia goela a baixo do leitor um desfecho dramático.
Esse primeiro volume da serie é de certa forma uma introdução mas é muito bem feita , obviamente muitas perguntas ficam no ar mas creio que tudo será resolvido.
Como todo o livro foge dos clichês atuais é claro que o romance também não é clichê e não me incomodou no começo eu jurava que a Claire ia ter algo com o Michael, mas tudo muda e Rachel teve a capacidade de me tornar Team Shane.
A única grande reclamação minha como a de muitas outras pessoas que leram é em questão a revisão que foi um horror os erros de concordância e ortográficos atrapalharam até em algumas cenas de ação.
Eu recomendo o livro apesar de talvez a leitura se arrastar no inicio o final compensa e muito!
comentários(0)comente



Bruna 17/07/2012

http://somaisumcapituloo.blogspot.com.br/2012/07/resenha-casa-glass-os-vampiros-de.html
Claire Danvers é uma garota prodígio, que com apenas 16 anos acaba de entrar para a faculdade, pena que não seja a faculdade que ela queira, já que seus pais são contra deixa-lá ir para algum lugar longe demais. Então, há 45 minutos de carro se encontra a faculdade de Morganville, uma cidade que acaba se tornando o pior pesadelo de Claire, e olha que tudo que ela queria era estudar calculo avançado !

Depois de irritar a garota errada, Claire, acaba sendo vítima das perseguições de Mônica, uma menina que tem tudo o que quer, logo após de ter suas roupas jogadas fora e ser empurrada da escada, Claire percebe que Mônica e suas moniquetes á querem morta, é aí que ela decide deixar o campus e encontrar um lugar para morar.

"Bem vindo a Morganville, Texas.Só não fique fora após o escuro."- Casa Glass, Rachel Caine

Ao chegar á Casa Glass e conhecer a doce, porém estranha, Eve. O charmoso e lindo de morrer Shane. E o fofo e simpático Michael, Claire finalmente se sente em casa. Mas, como nada dura para sempre, a felicidade de Claire vai por água á baixo quando descobre que a cidade inteira está á procura dela e Mônica mais do que nunca quer sua cabeça em um espeto e não vai descansar até conseguir.

Se não bastasse isso, Claire ainda tem que lidar com a difícil descoberta de que Morganville não é nada do que se dizia ser, as pessoas andam olhando para trás e parecem estar com medo a maior parte do tempo. Claire irá ter que enfrentar os próprios pesadelos, porque, Morganville é na verdade, uma cidade comandada por vampiros. Sim, você leu certo. Vampiros. Eles ditam as regras e se você não obedecer. Bom, caía fora, antes que você caía morto.

"- Sim. Sim, eu acredito nessas coisas, e para uma garota inteligente, você parece meio burra se não entende que a ciência não é perfeita. Coisas acontecem. Coisas que a física e a matemática e as porcarias que poder ser medidas em laboratórios não conseguem explicar. As pessoas não são apenas leis e regras. Elas são... faíscas. Faíscas de algo maior e mais bonito. E algumas dessas faíscas brilham mais forte." - Casa Glass, Rachel Caine
Quando eu ouvi falar de Casa Glass meu primeiro pensamento foi "Aí meu Deus ! Eu preciso ler este livro..." e assim eu finalmente comprei o primeiro volume de Os vampiros de Morganville (que em certos lugares está com um preço ABSURDO ! Achei o livro por R$ 69,90 COMO ASSIM, GENTE ! É de ouro por acaso ? Mas foi nas Lojas Americanas que eu descobri um precinho camarada R$ 29,90 ~chora~)

Bom, deixando de lado minhas reclamações, a primeira coisa que eu notei no livro foi que ele é muuuuuuiiito pequeno ! Eu achei que o livro ia ser bem maior, com 286 páginas, em um dia eu terminei de ler o livro. Mas sabe toda aquela minha empolgação com o livro ? Pois é, eu meio que me decepcionei. Não que o livro seja ruim, claro que não, é um livro bom, e esse é problema não passa disso. Não me deixou pulando pela casa e querendo, literalmente, entrar dentro do livro.

Tudo acontecia muito rápido ! Rápido demais entende ? Acho que a autora podia ter explorado um pouco mais há história de Morganville e como os vampiros foram parar lá. Era tudo muito depressa e a Claire se metia em uma confusão atrás da outra. Em um dia ela estava sendo jogada da escada pela Mônica e no outro sendo perseguida por vampiros !
Mas, esse é minha única critica em relação ao livro, é claro que eu não amei o livro, passou bem longe disso. Porém, também não odeio, é uma série que eu vou levar adiante (se não me engano a série tem aproximadamente 12 livros #oremos ). A estória é boa, os personagens são ótimos e o final te deixa com vontade de ir correndo para a livraria comprar o próximo volume !
comentários(0)comente



71 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5