Querido John

Querido John Nicholas Sparks




Resenhas - Querido John


1189 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Israel.Nogueira 07/07/2017

Querido John
Uau que livro, ótima leitura
comentários(0)comente



TELMA 30/06/2017

#para me lembrar
o livro trata de um casal de adolescentes que se encontram durante as férias da menina na casa de campo do pai, em uma cidade pequena, e eles vivem uma historia de amor... como ele segue o exército americano e ela está de ferias da faculdade, ambos voltam a suas vidas, e se correspondem por cartas, e fazem promessa de se encontrarem logo que ele terminar o período de exercito, porem com o acidente das torres gêmeas, ele permanece no exercito e ela se casa com outro homem. No final eles se encontram...
comentários(0)comente



Camila 29/06/2017

Meu Querido John
Um dos meus preferidos, história perfeita, simples, com final comum e real, combinação abstrata e linda. Muitas historias dentro de uma só, muito tempo e vida se passaram por dentro deste livro, a do pai de John, Savannah, e John.
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre. Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.
Para mim, é simplesmente a história de amor perfeita, a conquista, o enredo, tudo!
comentários(0)comente



Kleber Rafael 22/06/2017

Esse foi o segundo livro que li do Nicholas Sparks, gostei do livro achei bem melhor que o filme. Apesar do foco do livro ser o romance entre os protagonistas John e Savannah... a parte mais tocante do livro é o amor entre o John e o pai dele, expresso de uma forma magnifica e tocante... segue a linha dos romances de Nicholas, livro é bem escrito e a leitura flui bem legal.

" Eu te amo Savannah, e sempre vou te amar, murmurei. Você é a melhor coisa que já me aconteceu. Você foi minha melhor amiga e minha amante, e não me arrependo de um só momento. Você fez eu me sentir vivo de novo, e acima de tudo, você me deu meu pai. Nunca vou esquecer disso. Você sempre será a melhor parte de mim. Sinto que tenha de ser assim, mas tenho que partir..."
Leitura recomendada!
comentários(0)comente

Juliana.Souza 24/06/2017minha estante
Bela resenha, só esqueceu de pôr que continha spoiler, já que há citação direta do livro. Ainda assim, resenha legal.




Wid 29/05/2017

Querido John
Um livro que mostra o amor em todas as formas. Me emocionou, me tocou, e só de lembrar, me faz chorar. É um livro doce, que toca cada ferida e medo seu e transforma em amor.
comentários(0)comente



Nádia 28/04/2017

#quote Querido John
" Eu te amo Savannah, e sempre vou te amar, murmurei. Você é a melhor coisa que já me aconteceu. Você foi minha melhor amiga e minha amante, e não me arrependo de um só momento. Você fez eu me sentir vivo dinovo, e acima de tudo, você me deu meu pai. Nunca vou esquecer disso. Você sempre será a melhor parte de mim. Sinto que tenha de ser assim, mas tenho que partir..."
.
Qual é o real significado do verdadeiro amor? Eu li esse livro antes do meu namorado ir para o Haiti e tipo que me senti na história. É um romance lindo e triste como a maioria e com o final surpreendente.

site: https://www.instagram.com/p/fWNynBmv8V/?taken-by=pomarliterario
comentários(0)comente



Êmily 14/04/2017

Depois de ler “O Melhor de Mim” e “Um Porto Seguro”, eu tinha a plena convicção de que Nicholas Sparks era o meu autor favorito. (Não que isso tenha mudado). Mas quando terminei de ler “Querido John”, fiquei me perguntando por que eu não estava com aquela sensação de que o livro merecia cinco estrelas. E achei realmente estranho quando, ao finalizar, eu estava convicta de que eu deveria avaliá-lo com 4,5.

A história do livro é sobre John Tyree e Savannah Lynn Curtis. John é, basicamente, um garoto rebelde que não esbanja riqueza, diferente da maioria dos amigos que ele tem. Seu pai nunca pareceu se interessar em conversar com ele sobre qualquer coisa, exceto sobre as moedas as quais ele colecionava desde pequeno com o avô de John, e com o passar do tempo, com o próprio filho. Notando que sua vida tomava um rumo diferente da dos seus antigos colegas, John decide se alistar no Exército. Mas a pequena cidade de Wilmington nunca foi tão bela para John como quando ele conheceu a jovem Savannah, alguns anos depois. Ambos se apaixonam, mas tudo parece ter fim quando a licença de John acaba, e ele se vê dividido entre ficar com Savannah ou voltar para seu posto.

Devo dizer que assisti ao filme antes de ler o livro, e não me lembro quando isso aconteceu exatamente. Talvez um ou dois anos atrás. Conclusão: eu havia odiado a Savannah do filme. “Odiado”, que talvez seja uma forma muito forte de dizer “Não gostei dela nem um pouquinho”. Por esse mesmo motivo, não tinha ideia do que esperar do livro, e preferia me agarrar ao pensamento de que ele provavelmente se sobressairia ao filme.

Não me entendam mal. Eu não odiei o filme, e não estou criticando o trabalho da Amanda Seyfried. Mas eu não conseguia entender Savannah. O que ficou ainda mais claro quando comecei a descobrir a Savannah do livro, que, para mim, é muito diferente da primeira.
Ainda que eu fique muito chateada com as decisões dela durante o discorrer da história, não consigo pensar se agiria diferente. Mas ela me pareceu mais sensível e humana do que a do filme – onde ela era a Savannah Lynn Curtis e só.

O romance do livro é lindo, e nem sempre é só flores, como quem lê ou já leu Nicholas Sparks já sabe. Essa é uma das coisas que mais gosto, porque deixa tudo mais humano. “Querido John” vai além do amor entre John e Savannah. Explora o quanto estamos dispostos a amar quem está ao nosso lado, o quão estamos dispostos a nos abdicar em favor do outro, e o que o verdadeiro amor pode significar.
comentários(0)comente



Meu Mundo Cultural 08/04/2017

Que romance lindo!!!
comentários(0)comente



Luana 04/04/2017

Não gostei muito!
Comecei este livro com enormes expectativas,mas a história não me cativou muito...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rafa 30/03/2017

O que é verdadeiro volta? O que é verdadeiro permanece.
Assim como a frase dita no título, posso afirmar que o sentimento e emoções que a leitura passa é exatamente este. Embora muitas vezes a vida tenha seus contra tempos e acaba mudando nosso caminho, aquilo que realmente for verdadeira irá permanecer.
O livro é cheio de romance, com personagens únicos.
Adorei ver a relação entre os personagens principais, sim, mas a relação pai e filho, foi ainda melhor, mesmo que à sua maneira.

E só não dei cinco estrelas, e acredite ou não, realmente não foi pelo final. Pois o achei realista dentro do contexto e de tudo que a história nos trouxe. Mas pelo fato da personagem, Savannah não ter me cativado tanto assim...sei lá, algumas atitudes.

Enfim, recomendo o livro para quem gosta de romance e claro do Nicholas né?!
comentários(0)comente



Wellington.Moreira 30/03/2017

Querido jhon
Esse foi o primeiro livro do Nicolas Sparks que li e desde então me tornei fã do autor.
As histórias dele são mt semelhantes com a realidade com pq eu vivo
São histórias que me prendem ao livro
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Isa 17/03/2017

Se não por amor, por moral.
Demorei um século pra ler Querido John e no fim foi uma leitura completamente diferente do que imaginei que seria. No início estava odiando por ser um livro de ROMANCE onde o sentimento é sem fundamento nenhum, um "amor" construído no raso. O período que eles passam juntos é de 2 semanas e eles falam como se fosse 2 anos, isso é irritante. Depois comecei a gostar MUITO pois boa parte do livro foca no pai do John, que no caso é de longe o melhor personagem, com personalidade mais interessante ou até mesmo o único que desperta alguma curiosidade, já que Savannah é entediante e John não vai muito longe disso. Sabemos qual o estereótipo de personagem feminino do Nicholas; é sempre essa coisa meio maria mijona evangélica com nome de uma de suas filhas, entretanto geralmente tem algo na personagem que cativa, algo diferente, uma característica única... mas Savannah não tem nada de único ou especial. É simplesmente chata. No fim, vemos um claro exemplo de moral, já que essa imita características do amor, e acho que é isso. Pra mim, um livro sobre moral. Sobre fazer o que é certo, e sobre ter honra.

site: http://twitter.com/alexturneys
comentários(0)comente



Paula.Oliveira 06/03/2017

O que mais me chama atenção nesse livro é o quanto a vida pode ter rumos diferentes dependendo de nossas escolhas.
comentários(0)comente



1189 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |