Poderosa

Poderosa Sérgio Klein




Resenhas - Poderosa


139 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Maria.Eduarda 20/02/2017

Incrível, amei esse livro! Um dia tive que fazer um trabalho de resenha de algum livro, fiz desse, e tirei 10! Super recomendo!
comentários(0)comente



Less 17/01/2017

Primeiro livro que eu li.
Lógico. Depois dele, não consegui parar mais.
Melhor livro infanto juvenil.
comentários(0)comente



Carol 26/10/2016

Infantil
Li a alguns anos esse livro, e na época já achei bastante infantil (tinha cerca de 15 anos), porém é divertido, leve, e trata de questões que meninas entre 12 e 14 anos acharão bastante interessantes (como o menino bonitinho da escola, a primeira menstruação, e conflitos inerentes a essa idade). Recomendo, porém pro público infanto-juvenil.
comentários(0)comente



Malu.Guimaraes 02/10/2016

Primeiro vício
Não me lembro quando, mas foi a primeira série que não consegui largar.
comentários(0)comente



Jubs 16/09/2016

Joana Dalva é uma menina que está em sua fase pré adolescente. Como se nada mais fosse complicado nessa vida, ela descobre que os pais irão se separar, e seu irmão mais novo (Xandi) não para de infernizá-la.
Entre idas e vindas do salão da Salete, ela descobre pela amiga que tem poderes de mudar o rumo do destino e do que quiser. E que este poder está concentrado em sua mão esquerda. A partir daí, a filha do dentista Nélson e da professora de história decide mudar o rumo da sua vida.
Além de toda essa confusão, têm a vó Nina, uma idosa que devido ao AVC fica de cama, e o Luis Augusto, um garoto que Joana Dalva (ou Dalvinha) é apaixonada, e a escola inteira também. Mas só o destino dirá se eles irão ficar juntos, ou melhor, a mão de Joana Dalva.
comentários(0)comente



Natália 01/08/2016

Esse livro é um amorzinho
Bom Termineiii
Sim demorei um pouquinho pra ler (sendo que já era para ter terminado faz tempo) o livro é fino tem apenas 185 páginas dá para terminar em um dia, mas como leio mais de um livro por vez, fora cursos que faço comem muito do meu tempo me deixando deslocada na leitura, mas é claro e não consigo ficar sem minha leitura semanal, fui lendo aos poucos e acabei, (o livro é da biblioteca da minha escola)* o livro conta a historia de Joana Dalva uma garota de 13 anos, que mora com os pais, irmão e avó, joana vive uma vida normal porém o pai e a mãe se separando, o irmão caçula é o garoto mais implicante do planeta e a avó passa os dias na cama, mas aparentimente após fazer uma redação para a escola, descobre que tem um "Poder" Pode mudar a realidade em si, tanto no passado quanto no presente, tudo que ela escreve vira realidade que loco né ? mas é isso mesmo, escreveu, aconteceu, o poblema é que cada texto produz consequências imprevistas, dando origem a outros textos que trazem novos problemas! Pode ler que a leitura é agradavel e bem humorada!!
comentários(0)comente



ravany 25/07/2016

Já se imaginou com super poderes, e tudo, absolutamente tudo, que escrevesse se realizasse como se fosse mágica? Aposto que o que não faltaria, eram momentos e desejos a se concretizar. Mas é a partir desse momento, que surge infelizmente, o lado ruim – que convenhamos, sempre tem que ter isso, por quê?
Joana Dalva – Joana em homenagem a Joana D’arc, heroína francesa que lutou e morreu queimada em uma fogueira pelos ideais da França; e Dalva, a avó por parte de pai – sempre sonhou em ser escritora, mas nunca pensou no que viria a acontecer com ela. Tinha uma vida normal. Ou quase isso. 13 anos, irmão mais novo muito chato, pais passando por um momento difícil, canhota... Um dia, em um simples trabalho de escola sobre a xará Joana D’arc, ela descobre que tudo que escrevera com a mão direita se torna realidade. A partir do momento em que Joana consegue mudar o passado, o que você acha que ela faria para mudar o presente?
A reviravolta dos pais, a diferença de idade, o romance na escola... Tudo ocorreu, para que Joana percebesse no final – e que todos já sabemos – que não precisa de mágica, pra algo em nossa vida acontecer. O que cada um foi, é e será é algo natural e que não podemos simplesmente fugir, ou até mesmo mudar, sem alterar outros caminhos.
comentários(0)comente



Tete 20/06/2016

O livro que marcou a minha adolescência
Amei esse livro !
já li a um tempo...Mais foi um livro inesquecível
recomendo
comentários(0)comente



Emilya 02/02/2016

Poderosa!
Já li faz um bom tempo.. mas foi um livro bem marcante, pois foi quando estava entrando na adolescência, e inclusive esse livro relata bastante a adolescência para uma garota, onde tudo parece ser muito mais complicado do que realmente é! Sempre vou me lembrar, foi um dos primeiros livros em que me interessei de verdade em ler..
Super recomendo!

comentários(0)comente



Gabi 01/02/2016

Odiei
Odiei esse livro para mim a história não andava fica parando como se agente estava lendo mas n estava ligado, mt lento desisti a ler na 3ª vez n andava e emprestei!
Fica a dica
comentários(0)comente



biatave 20/01/2016

Infanto-juvenil super bem vindo!
SIM! Um infanto-juvenil que me agrada aos plenos 19 anos.
Adoro /amo/curto livros assim, com ficções fofas e previsíveis (ou não tanto). A história é focada na pré adolescente Joana Dalva, que está passando por grandes perrengues com ainda 13 primaveras. E as coisas ficam ainda mais complicadas quando a jovem descobre que tem "poderes" que podem mudar o futuro daqui 5 minutos, ou, um ano. Assim que descobre essa magia que a envolve, ela claro, tenta ajudar todos à sua volta, e até ela mesma. Mas como nada são flores, tudo acontece da forma mais diferente que ela poderia imaginar. Mas, sem que perceba, afinal de contas. essa bagunça acaba trazendo coisas positivas.
O livro foi escrito por Sérgio Klein, grande escritor brasileiro, e que você acaba imaginando o tanto que ele convive com mulheres, para saber tanta coisa sobre esse mundo louco feminino!
Dessa *-* 15/06/2017minha estante
undefined


Dessa *-* 15/06/2017minha estante
null




Ana - Corações de Quimera 15/01/2016

PODEROSA Diário de uma garota que tinha o mundo na mão
O livro conta a historia de Joana Dalva,13 anos, que mora com o pais,o irmão Alexandre de apenas 8 anos e sua avô que a alguns meses sofreu um derrame, que é apaixonada pelo garoto mais popular da classe e que sonha em experimentar a TPM.

O grande sonho de Joana é ser escritora e quando seu professor de historia passa um trabalho para escrever sobre algum personagem histórico da Idade Média, ela decide escrever sobre Joana D' Arc já que metade do seu nome é em homenagem a ela. Porém, ela decidi rescrever a morte da Santa padroeira e é a parti daí que as coisas começam a se complicar. Pois, ela percebe que tudo o que escreve com a mão esquerda se transforma em realidade.E porque não usar este poder para tentar salvar o casamento dos pais, ressuscitar um bichinho de estimação...... Vou parar por aqui para não dar spoiler rsrsrsrs

A primeira vez que tive contato com este livro eu tinha 11 anos,pois minha amiga tinha feito um acordo com a a mãe dela,se ela lesse o primeiro capitulo do livro e fizesse uma resenha dele sua mãe iria compra- lo para ela e eu aproveitei e li esse capitulo e amei ,mas acabei não comprando o livro .Três anos depois soube que o terceiro volume tinha sido lançando, aí juntei dinheiro para compra lo e ganhei de presente o 1º,2º e 4 º volume.

Apesar de ser um livro infanto - juvenil e eu já estar com 21 anos ,ainda assim esse é um dos meus livros preferidos.

Ele é narrado em primeira pessoa. E nos prende do início ao fim,com uma linguagem fácil, situações bem comuns do cotidiano juvenil como o primeiro amor e irmãos irritantes, personagens bem construídos e lições importantes para vida .Pois ele nos mostra que nem tudo está sob o nosso controle,que as coisas acontecem no momento que deve ser.

Sem falar nas páginas que para cada livro possui a borda de uma cor diferente, e a imagem dos bilhetes escritos por Joana, como também nos apresenta a grafologia, que utiliza a análise da escrita para se saber mais da personalidade de uma pessoa.


site: http://coracoesdequimera2.blogspot.com.br/2016/01/resenha_11.html
comentários(0)comente



Maria Clara 11/01/2016

Resenha em Vídeo: Poderosa
Um leitura leve pra quem está começando ou apenas para aqueles que gostam de uma história água com açúcar!
Tem um vídeo com a resenha dos 5 livros, clica no link para ver e saber mais!

site: http://www.espelhodomundo.com/2014/10/resenha-do-livro-poderosa-12345-sergio.html#.VpPbvrYrKM8
comentários(0)comente



Izabela 15/12/2015

Eu li esse livro, pela primeira vez, quando tinha uns 12 anos de idade (lá em 2006). Era um dos primeiros livros que eu lia para valer depois que Harry Potter entrou na minha vida e eu estava muito orgulhosa disso. Como eu ainda não era a leitora maluca com três estantes que sou hoje, li o livro da biblioteca da minha escola, na verdade, lutei muito por esse livro, rs. A lista de espera por ele era gigante e eu sempre batia meu ponto na biblioteca para ver se minha vez tinha chegado (minha fichinha de livros de lá ganhou, por um bom tempo, como a mais cheia da minha turma!). Até que o dia chegou e eu lembro, de verdade, como foi ler esse livro, foi mágico. Lembro que, boa parte dele, li na sala da casa da minha avó e lembro também de como me senti adulta lendo o livro que falava sobre o começo da adolescência. Foi exatamente por todos esse detalhes aí de cima que eu resolvi que precisava ler esse livro mais uma vez, precisava sentir tudo isso de novo. Mais uma vez, foi mágico. Dessa vez não esperei fila alguma (porque sou parceira da editora e pude solicitar o livro, rs), e muito menos li na casa da minha vó (porque moro em outra cidade por conta da faculdade), mas posso contar que senti muitas coisas com a história. O livro ainda é cinco estrelas e me mostrou que muito de quem sou hoje como leitora, escritora e, até mesmo, pessoa, teve influência da história da Joana Dalva. Se ainda não conhece essa história, não perca tempo. Ela não tem idade e é sempre bom ter uma leitura leve por perto. Se quiser conhecer mais um pouco, ou relembrar, a história, é só continuar lendo aqui.

Joana Dalva recebeu esse nome porque a mãe, uma doutora em história, sempre foi muito devota da santa Joana d'Arc e o pai, um dentista cheio de ideias, queria homenagear a mãe que havia falecido e que se chamava Dalva. O nome sempre a afetou, mas ela tinha muito outros problemas para lidar no auge dos seus treze anos. Os pais estavam brigando por tudo e sempre ameaçavam se separar, o irmão mais novo tinha como meta infernizar a vida dela e sempre conseguia isso, a avó estava bem doente e não saia da cama, a escola estava virando um grande inferno, uma vez que todos estavam crescendo e os hormônios estavam tomando conta de tudo e, para melhorar, Joana está sofrendo comas próprias dúvidas da idade. O mundo estava sempre uma bagunça sem lógica para ela, afinal, como sempre sonhou em ser escritora, Joana, imaginava as coisas de um modo bem melhor, ou, pelo menos, com um enredo bem melhor. O que ela não imaginava e, muito menos, sonhava, era que ela tinha (literalmente) o mundo em sua mão.

"Tirar ficção da cartola é uma delícia..." - Página 29

Enquanto escrevia um trabalhode história para o colégio, ela resolveu que podia mudar a história de uma das personagens mais conhecidas da realidade, sua quase xará, Joana d'Arc. O que ela não imaginava era que suas palavras seriam capazes de realmente mudar a realidade. O trabalho era apenas o começo, ela podia escrever coisas fantásticas e doidas (como um jantar de graça em um restaurante chique) em papéis que tudo virava a realidade. O problema é que, em grandes poderes existem, também, grandes respossabilidades e, nem sempre, o que achamos que é certo e bom realmente é o ideal. Joana aprende isso vivendo suas trapalhadas e tentando arrumar o mundo a sua volta com as palavras. Aos poucos ela vai entendendo melhor tudo que está acontecendo, mas é claro que muita coisa dá errado pelo caminho.

"O mundo está nas suas mãos, menina. Você tem o poder de mudar a vida de qualquer pessoa." - Página 61

Eu realmente não lembrava de grande parte dos personagens desse livro, claro que, enquanto ia lendo, fui me lembrando aos poucos, mas o que me marcou mesmo foi a avó de Joana e, claro, ela mesma, a personagem principal. O livro em si também é bem diferente do que eu me lembrava, mas de uma maneira muito boa. A narrativa se faz de uma maneira bem leve e cheia de crônicas no meio da história, nem sei se isso existe, mas foi o que pensei enquanto relia. Dentro da história principal vamos conhecendo várias outras histórias e é bem com a personagem principal fala que gosta de fazer logo na primeira página do livro. Como escritora em treinamento, Joana, deixa claro que não gosta de histórias que seguem algo sério demais e o livro é exatamente a cabeça da personagem. Essa é uma das coisas que meu eu com doze anos não percebeu, os outros detalhes foram muito mais profundos (e até mesmo atuais), como, por exemplo, a mãe dela ser feminista em sala de aula mas aguentar ordens e afins do marido em casa como se fosse algum certo. Sem esquecer, é claro, da mensagem principal do livro, o poder das palavras.

É claro que quando eu era mais nova entendia que tinha algo com as palavras eo poder delas, mas nada como o meu eu de hoje em dia. O detalhe é que, naquela época, eu estava mais preocupada com o fato de que queria mutio mesmo escrever as coisas e elas virarem realidade. Quase dez anos depois de ler o livro pela primeira vez, eu percebi que a história realmente me influenciou muito e que sempre acreditei no poder que as palavras têm, mesmo não sendo literalmente mágicas como as de Joana. É por isso que indico esse livro para todo mundo e também indico que você leia algo que marcou sua infãncia, leia com novos olhos e veja como o livro ajudou a formar quem você é. É muito doido, mas também é muito legal. Por último, mas não menos importante, queria agradecer muito a Fundamento por essa oportunidade.

site: http://www.brincandodeescritora.com/
comentários(0)comente



Naty 20/09/2015

insta: Livros_da_Nat
Bom Termineiii
Sim demorei um pouquinho pra ler (sendo que já era para ter terminado faz tempo) o livro é fino tem apenas 185 páginas dá para terminar em um dia, mas como leio mais de um livro por vez, fora cursos que faço comem muito do meu tempo me deixando deslocada na leitura, mas é claro e não consigo ficar sem minha leitura semanal, fui lendo aos poucos e acabei, (o livro é da biblioteca da minha escola)* o livro conta a historia de Joana Dalva uma garota de 13 anos, que mora com os pais, irmão e avó, joana vive uma vida normal porém o pai e a mãe se separando, o irmão caçula é o garoto mais implicante do planeta e a avó passa os dias na cama, mas aparentimente após fazer uma redação para a escola, descobre que tem um "Poder" Pode mudar a realidade em si, tanto no passado quanto no presente, tudo que ela escreve vira realidade que loco né ? mas é isso mesmo, escreveu, aconteceu, o poblema é que cada texto produz consequências imprevistas, dando origem a outros textos que trazem novos problemas! Pode ler que a leitura é agradavel e bem humorada!!
O livro é um amorzinho ^^
comentários(0)comente



139 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |