Vilãs

Vilãs Ana Cristina Rodrigues...




Resenhas - Vilãs


26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Ana Luiza Silva 12/04/2021

Conheci essa coletânea por causa do livro Heroínas (que foi lançado em 2021) e li pelo Kindle. Achei fascinante a escrita das autoras sobre diversas mulheres da ficção que foram retratadas como vilãs, e algumas que se orgulhavam de serem vilãs. Um conto melhor que o outro.
comentários(0)comente



Saah 05/04/2021

Um livro interessante, diferente, os meus contos favoritos com certeza são 'Marcada' de Nara Odelle e 'A assassina do príncipe' de Thais Rocha
comentários(0)comente



ladyhastings 09/02/2021

Muito bom
Eu esperava que seria os contos de fadas em si e contando a história na perspectiva das vilãs mas acabei recebendo outro tipo de histórias, no caso histórias. Teve contos muito bons e outros nem tanto.
comentários(0)comente



Libera 18/01/2021

Olá pessoal, essa semana venho falar um pouquinho sobre Vilãs, minha primeira leitura de 2021.

Fazia muito tempo que eu estava querendo ler esse livro, porque a capa me chamou a atenção, quase nunca escolho um livro pela capa, mas essa capa está muito linda.

Pela sinopse, imaginei outros tipos de contos, o que não foi um ponto negativo, tanto que o primeiro conto me conquistou de cara

"Se existe uma verdade universalmente omitida é que basta ser mulher para ser odiada.

E quando uma mulher não faz o que se espera dela, é ainda pior."

Falando um pouco sobre o conto que mais gostei, ele traz a história de Paula, uma mulher forte que vive sozinha, até que uma mulher bate em sua porta com uma garotinha, a deixando com Paula.

Sua vida vira de ponta cabeça com a presença de Poliana, sua sobrinha.

O final me surpreendeu de maneira muito positiva, então leiam e me digam o que acham.

Agora, falando do geral, os contos são bem diferentes do que conhecemos, todos muito originais, trazendo uma versão sobre mulheres que são chamadas de más, por viverem o que acreditam (algumas eram um pouquinho más mesmo, rs).

"Mas então me dava conta que vivia no mundo real, aqui e agora, pés no chão, e que minha sogra, embora não tivesse o nariz grande, nem andasse com maçãs envenenadas sob a roupa negra, era a própria encarnação da bruxa má."

O livro traz contos de vários autores, então cada conto tem uma narrativa diferente e própria, alguns me cativaram, outros nem tanto, mas não por ser ruim, nada disso, todos são muito bem escritos, foi mais por eu não me identificar com alguns. 

O ebook está disponível no Kindle unlimited, o link está no início da postagem.
comentários(0)comente



Natalia 10/01/2021

MULHERES MÁS? ACHO QUE NÃO...
Vilãs é um livro de contos, que nasceu através de financiamento coletivo no Catarse.

Neste livro nós vamos acompanhar a história de mulheres que, devido a escolhas ou pelo poder do destino, tornaram-se vilãs pelos olhos dos outros. Em alguns casos serão vistas como bruxas apenas por conhecerem os segredos das ervas; em outros casos, temos recontagens das vilãs da Disney pelo olhar delas, porém, como uma abordagem atual.

Alguns contos estão mais voltados para o terror e outros mais para essa recontagem dos clássicos, mas o que todos tem em comum é o fato de mostrar a mulher como uma vilã aos olhos da sociedade que esta inserida, mesmo isso não sendo verdade.

A verdade é que cada personagem tem um motivo pelo qual decide tomar certas atitudes e que se fosse um personagem masculino, provavelmente não teria o mesmo rótulo ou não precisaria tomar aquela atitude pelo simples fato de ser homem. Porém, em um mundo dominado por homens, mulheres fortes e que saem do padrão tornam-se vilãs.
comentários(0)comente



01/01/2021

Favoritado
Eu não sei o que dizer desse livro além de que ele já se tornou um dos meus favoritos da vida e, com absoluta certeza, já é um dos melhores livros que lerei este ano. Amei como cada autora construiu a história das vilãs que tanto amamos odiar e odiamos amar. Me vi torcendo para que elas tivessem um final feliz. MARAVILHOSO.
comentários(0)comente



Ketley Paixão 15/07/2020

Me decepcionei ao longo das histórias...
“Mas ter esperanças – disse ele – é como o impossível pode virar realidade, no fim das contas.”
Comecei esse livro com uma enorme expectativa. Afinal, as histórias de vilãs sempre são muito interessantes, mas me decepcionei ao longo das histórias. De dez contos, somente dois me fizeram, de fato, adorar aquilo e ansiar por mais. E sinto em dizer que os dois contos em questão estavam ao fim do livro.
Apesar dos pesares, houve alguns trechos que me fizeram refletir bastante sobre o papel da mulher na sociedade. Entre eles:
“O ódio vem de todos os lados. Principalmente dos homens, claro, mas das mulheres também, e, na maior parte do tempo, é a hostilidade delas que mais dói. O desprezo do sexo oposto, infelizmente, não surpreende; a inimizade e a rivalidade das mulheres, por outro lado, são desconcertantes.”
“Ela realmente poderia fazer a diferença, mas preferiu se isolar no seu pequeno mundo de condescendência e cegueira. O tipo de garota que não emite opinião para não desagradar.”

site: instagram.co/mmaria.co
comentários(0)comente



Marquesca 09/07/2020

Um leitura interessante sobre vilãs
O livro é uma antologia de contos que são escritos por mulheres e sobre personagens femininos. Os textos são muito diversos, indo de releituras de clássicos a universos completamente novos, cada um com uma personalidade única e marcante. Gosto do tom que o livro deu para a variedade de temas abordados, foi interessante a construção de como as vilãs se tornaram vilãs.
comentários(0)comente



Mirella | @booksaquarius 05/07/2020

uns contos legais, outros nem tanto;
esse livro foi um dos casos de: gostei de alguns contos, mas outros achei bem qualquer coisa. a maior parte dele fiquei no dilema de "entendi o conceito mas não gostei do conceito".
comentários(0)comente



Mariana - @epifaniasliterarias_ 18/05/2020

A vilania fora do eixo clássico [IG: @epifaniasliterarias_]
Na antologia de contos "Vilãs", organizada pela autora brasileira Clara Madrigano, somos apresentados às histórias de mulheres que se encontram na linha tênue entre o papel de boa moça, que lhe é esperado e imposto socialmente, e o de vilã, muitas vezes criado somente para rivalizar com outra mulher.

No entanto, alguns contos (e esses foram meus preferidos) não retratam essa rivalidade feminina e saem do eixo das releituras clássicas, como A branca de neve e A bela adormecida. Um deles foi "Bendita seja a criação, maldita é a criatura", de Geovanna Ferreira, cuja protagonista, Surya, é um anjo e possui o dever de olhar pelos seres humanos, porém, o que deseja para a humanidade se mostra distinto dos planos de seus superiores.

"Tão certo como ela tinha asas, era que precisava parar e deixar de lutar pelo inevitável. Bastava deixar de guardar, deixar que eles fossem homens, e eles se encarregariam do resto, de se destruírem. Aquele era o ciclo natural das coisas. Aquele era o maior ato de amor ao Pai que ela podia fazer. Deixar humanos reinarem em seu próprio caos".

Não se restringindo a nos fazer refletir sobre a dualidade entre o bem e o mal e a natureza humana, que insiste em recorrer à guerra para solucionar seus problemas, esse conto também perpassa reflexões a respeito de religião, machismo e estereótipos de gênero. O conto seguinte, "Mal de ojo", de Soraya Coelho, igualmente foge do lugar comum, fazendo uma crítica ácida e mordaz à desigualdade social, ao sistema de justiça e à masculinidade tóxica, com ares fantásticos que muito se assemelham à nossa realidade.

Além desses, me marcaram, ainda, os contos que abordam emancipação e empoderamento feminino, ancestralidade e força da natureza feminina, como "Marcada", de Nara Odelle; "Os sóis de Maria", de Laísa Couto e "Ao ouvir os sussurros da morte, ela respondeu", de Ana Cristina Rodrigues.

Diversas foram as inovações em relação às temáticas e aos questionamentos desenvolvidos, bem como às releituras, que me surpreenderam justamente por saírem da esfera clássica, já tão difundida. Recomendo bastante essa antologia, para quem busca leituras com representatividade, empoderamento e quebra de padrões.
comentários(0)comente



Denise 11/05/2020

Essas releituras se vilãs de contos de fadas estão muito boas!
E trazer essas histórias já muito conhecidas para um contexto mais atual e brasileiro foi algo muito inteligente.
comentários(0)comente



Karmille 30/04/2020

Era uma vez
Esse foi um livro de contos que me surpreendeu a princípio achei que seria uma recontagem dos contos de fadas clássicos como branca de neve, cinderela e outras princesas sob a perspectiva das vilãs, e numa contextualização mais atual e no geral se passando aqui no Brasil. Mas não foi bem assim.

Tem uma música do Terra celta chamada era uma vez durante todo o livro essa música passava por minha cabeça. Nesse todos os contos não possuem aquele final feliz que muitas vezes a gente espera, alguns ainda são extremamente Macabros e regados a morte.

Mesmo assim achei eles bem construídos e gostei da narrativa da maioria. As historias me prendiam e eu logo queria terminar e ver como seria o próximo final triste.
comentários(0)comente



duartesamanda 29/04/2020

Surpresa muito agradável
Vilãs foi o primeiro livro de contos que leio em muito tempo ou talvez o primeiro de uma vida toda. Não estava preparada pra lidar com tantas escritas diferentes dentro de um período de tempo pequeno e foi uma surpresa muito boa percebe que a leitura desse tipo de livro é bem mais fácil. O empecilho maior é que você sempre deseja que os contos bem escritos e aos quais você se conecta durem por 200 páginas e os contos que você não consegue se interessar durem somente 5 páginas. Acho que o maior desafio de um livro de conto é receber uma nota 5 estrelas, com tantas escritas e pontos de vistas diferentes dentro de uma mesma história.
comentários(0)comente



Jeanny.Ribeiro 22/04/2020

Vilãs
Criei expectativas demais e não gostei da ideia do livro na verdade a escrita não me agradou
comentários(0)comente



@blogmistoquente 21/03/2020

Já pensou em conhecer o outro lado da história?
Desde criança eu sempre tive uma afeição pelos vilões que eu acompanhava na telinha, e mesmo com os arrepios que eles me faziam sentir, eu tinha uma mega curiosidade em saber como era a vida deles "por trás daquela história" (tanto que tinha sonhos muito loucos com os vilões, onde eles visitavam a minha casa ou vinham conhecer o meu bairro, coisa de criança mesmo kkk).

Fruto dessa parceria maravilhosa com a editora Corvus, pude escolher pra conferir esse livro de contos que retrata o lado das vilãs (algumas da disney, outras da vida) de uma forma muito surpreendente. Sério gente, eu achei que seria tudo muito colorido e que as vilãs teriam uma justificativa aceitável para fazerem o que fizeram, mas não! Com narrativas sombrias, descobrimos a cada conto que nem sempre precisamos de um motivo para nos tornarmos vilãs, as vezes o próprio destino nos leva a conhecer um lado obscuro que nem imaginávamos ter dentro de nós mesmos.

Composto de 10 contos escritos por 10 escritoras, o livro Vilãs nos faz viajar nessa antologia onde as mulheres recebem e merecem os holofotes que lhes são dados, indo de vilãs da Disney até as vilãs do folclore. Não tenho o que reclamar da narrativa, todas elas fluíram com a mesma facilidade que um rio corre em seu leito.
Os Contos são:
01. Abandonada;
02. A Mais Bela;
03. A Face da Inocência;
04. Bendita Seja a Criação, Maldita é a Criatura;
05. Mal de Ojo;
06. Marcada;
07. Os Sóis de Maria;
08. A Assassina do Príncipe;
09. Ao Ouvir os Sussurros da Morte, Ela Respondeu; e
10. A Natureza das Minhas Intenções.
Recomendo muitíssimo essa leitura, nos tempos atuais em que mulheres estão buscando o seu espaço merecido na sociedade, nada como uma boa leitura escrita e organizada por mulheres, mas que todos podem desfrutar sem exceções!

site: blogmistoquente.com
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2