A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner Stephenie Meyer




Resenhas - A Breve Segunda Vida de Bree Tanner


651 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jéssica 01/07/2010

Seria esse o melhor livro da Saga?
Estranhamente, quando soube do lançamento desse livro, me encontrei furiosa.
Como a Sra. Meyer ousava escrever sobre um personagem tão banal que apareceu por 5 minutos em Eclipse, enquanto nós aqui implorávamos para que ela terminasse Midnight Sun? Estávamos - e ainda estamos - sedentas pela visão de Edward.
É. Eu estava errada.
A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, assim como os outros livros de Stephenie, foi de uma leitura muito fácil (na minha opinião) e se eu levei quatro horas para lê-lo foi muito. (ele é bem pequeno se comparado aos outros cinco livros da autora)
Logo de cara já me vi fascinada e revoltada ao ver o Universo Twilight pelos olhos de Bree.
Bree tinha apenas 15 anos quando foi transformada e tinha uma história de vida dramática: seu pai era abusivo, ela fugiu de casa, passou fome nas ruas.
E, wow, de repente, tudo se modifica quando ela é acolhida por um cara incrivelmente lindo que lhe oferece um hambúrguer.
Claro que se tratava de Riley. E Riley a leva para Victoria e vocês já podem imaginar a dor da transformação.
Bree então se torna uma vampira recém-criada.
Sua vida - que já não era fácil - passa a se tratar de instintos, morte e sobrevivência. E ela tem que viver escondida e constantemente pronta para matar ou morrer.
E quem diria? Um mundo de uma recém-criada de repente parece muito mais interessante do que o de uma humana incoerente e desastrada!
Tem manipulação, mentiras, intrigas, brigas, mortes... E claro: romance e amizade.
Diego e Fred foram dois personagens muito interessantes e, ao menos um deles, eu gostaria de ver novamente se houvesse outro livro da saga. (o outro eu apenas lamento!)
Eu nunca senti aversão por Riley – achava ele meio patético. Mas tudo mudou quando eu li A Breve Segunda Vida de Bree.
A raiva que eu senti dele, só não se comparou a raiva que eu já sentia pela Victoria e pelos Volturis!
A maneira como ele enganou, como ele manipulou todos aqueles recém-criados, foi de uma frieza (e de uma proeza também) que deixaria até o Aro impressionado. (Claro que Victoria era a mão que balançava o berço, mas ainda assim!!!)
O livro mostrou um lado muito mais sombrio, muito mais violento dos vampiros, que até então nós ignorávamos... (Os Volturis eram apavorantes de uma maneira muito mais disfarçada e requintada! Afinal, eles não eram selvagens anarquistas como os recém-criados!)
O que nós víamos era os perfeitos Cullens sobre a visão deslumbrada de Bella. E isso não nos dava uma idéia exata do quão cruel esse mundo poderia ser - principalmente para os humanos. (Muitas pessoas queriam ser um Cullen, mas quantas queriam ser um recém-criado?)
Esse livro pra mim, veio demonstrar a importância de Carlisle na Saga. O quanto o amor e a compaixão dele valem a pena, e o quanto ele significa na vida daqueles vampiros que ele uniu - não como um clã - mas como uma família.
Os recém-criados também demonstraram a importância dos Volturis. Como seria o mundo se os vampiros não tivessem essas regras simples?
Não tenho a pretensão de dizer que A Breve Segunda Vida de Bree Tanner é o melhor livro da Saga. Isso seria exagero e desdém com os outros livros, mas ele foi bem-vindo, ao contrário do que pensei primeiramente.
E, assim como a Sra. Meyer, eu lamentei que o final de Eclipse não tenha sido diferente para Bree e que a segunda vida dela tenha sido tão breve.
Dara 03/07/2010minha estante
Nossa, você poderia escrever uum livro.. Não, besteira. Adorei mto sua resenha, também fiquei um tanto q decepcionada qndo soube sobre este livro, já q a tia Steph DEVERIA (kkk) terminar Midnight Sun.. Mas depois q li, fiquei contarariada, sabe? Tipo, eu comecei a entender tudo o q se passava exatamente na cabeça de um RECÉM CRIADO como a Bree!


Larii 04/10/2011minha estante
Concordo com tudo o que você falou.. Comprei livro achei que era muito bom , mas quando começei a ler fiquei toda desanimada e vi que não valia apena :/ Faltou varias coisas importantes e muita coisa fico no ar. Parabens adorei a resenha ! *-*


Val 16/10/2011minha estante
Não terminei de ler, simplesmente porque não consegui e olha que fiz um grande esforço...
Amo todos os livros da Saga mas este não deu...
Inclusive troco por outro, se alguém tiver interesse...está novinho


jiji 28/11/2011minha estante
eu acabei de ler demorei umas 2horas(e acho)...concordo com quase tudo o que você falou...a partir desse livro eu odiei mais ainda Riley,entendemos um pouco mais que os volturis na verdade têm receio pelos os cullens e só querem matar todo o clã...não gostei do fim de Daniel foi muito frio sem despedida...eu queria muito que bree e Daniel ficassem vivos e juntos...ate talvez fazendo parte do clã dos cullens.


gabi 29/11/2011minha estante
Quando descobri esse livro fiquei igual a você, mas depois que eu li, me apaixonei, e para mim é o melhor livro da série. Depois que li esse livro e assistir Eclipse, quando eu via a Bree no filme eu começava chorar kkkk


Alan Ventura 16/01/2012minha estante
Muito boa a resenha, espero que ao ler o livro eu tenha pelo menos a metade da satisfação que tive ao ler sua resenha. Parabéns!


Carol Marquet 24/02/2012minha estante
Jéssica, você é profunda, heim! Concordo total contigo!
Parabéns pela resenha!


Rebeca 15/06/2012minha estante
Você não resenha!!! Sei lá o q você faz mas vc não resenha,faz mais que isso! Você escreve muito bem e tem uma ótima opinião, concordo totalmente.
Se você não tem um blog ARRANJE UM!!!


Ju 11/08/2012minha estante
Sua resenha é tão ótima, que mesmo já tido me interessado pelo livro antes, você fez-me duplicar a vontade que tenho em lê-lo. Parabéns pela resenha, Jéssica!!


Maya Ribeiro 04/01/2013minha estante
Jéssica, tenho esse livro a muito tempo e nunca me interresei em lê-lo até agora. Não havia parado para perceber que a visão através desse livro seria de uma recém criada. Obrigada você me estimulou!
Ps: Parabéns pelo resumo.


Thaynan 26/02/2013minha estante
Adorei a resenha. Só aumentou minha vontade de ler.


Vanessa 25/06/2013minha estante
Sem dúvida sua resenha vai me fazer comprar esse livro, tipo, agora!!!! muito boa sua resenha!!


Rafael 13/04/2014minha estante
Gostei da sua resenha, bem inteligente. Mas aprenda uma coisa: Para o autor, nenhum personagem é banal.


Isabela Coelho 16/06/2014minha estante
Gostei da resenha. Estou já no finalzinho do livro, no final do dia eu termino de lê-lo. É muito bom!
Bree passou despercebida por mim em Eclipse.


Nanda 06/05/2016minha estante
"Como a Sra. Meyer ousava escrever sobre um personagem tão banal que apareceu por 5 minutos em Eclipse, enquanto nós aqui implorávamos para que ela terminasse Midnight Sun? Estávamos - e ainda estamos - sedentas pela visão de Edward." NOSSA, SIM! Concordo muito!


_moniclis 03/11/2016minha estante
Foi incrivel ler como e ser um vampiro recem-criado! (Adorei sua resenha!!!)




Ariela.Soares 29/07/2020

Esse livro traz um pouco mais sobre a vida de Bree Tanner, uma das recém-criadas do exército de Victoria. O livro não é grosso e a leitura é bem rápida. Apesar de já ter alguma ideia do cenário por conta de Eclipse, fiquei com vontade de ler logo para saber o que viria.

Foi bom saber mais o que se passava dentro do exército de Victoria. No fundo eram apenas jovens que não sabiam de nada sobre sua nova vida, manipulados e foram levados a uma guerra que não dizia respeito a nenhum deles. Apesar de ter personagens bem desagradáveis dentro do exército, fiquei com pena de vê-los sendo empurrado para esse destino.

Adorei a Bree e me apeguei a ela. Ela se diferenciava daquele espetáculo de horror. Com chances diferentes poderia ter se saído bem na vida de vampira. O relacionamento de Bree com Diego e sua amizade com Fred também foram pontos altos da trama.

Todo fã de Crepúsculo deveria dar uma chance para esse livro.
comentários(0)comente



C. Aguiar @coelhoobrancoo 24/12/2012

Para quem leu o livro Eclipse da saga Crepúsculo sabe bem como é que a Bree aparece (para quem não leu: Ela aparece bem no finalzinho da batalha e acaba se rendendo. Ela é uma vampira recém criada que estava em um grupo travando uma batalha contra a família dos Cullen).
Mas poxa Alice você contou tudo agora não é? Não.
Contei um fato que acontece no livro Eclipse, nada que vá afetar a vida de ninguém. Mas esse livro conta a história da personagem Bree quando estava com um pequeno grupo de vampiros recém criados sendo liderados por um outro vampiro.
Quem leu Eclipse sabe o que acontece com a Bree no final, por isso talvez eu não estava tão empolgada pela leitura porque além de saber o que acontecia eu não havia gostado muito do fato, mas não quer dizer que o livro seja de todo ruim.
Está bem escrito, não encontrei nenhum erro na edição e até torcei em alguns momentos para a Bree se dar bem (nas situações de "problemas" com os outros vampiros que moravam com ela).
Eu gostei de como a personagem é apresentada e quando li o livro pensei que seria muito ruim, mas é até uma leitura para passar o tempo na medida do possível.
Não vou dizer que o livro é perfeito e que eu sou incrivelmente fã, mas é algo bastante aceitável em comparação aos outros livros da autora. Acho que esse foi um livro bem pensado apesar de ter sido bem curto.
Quando vocês lerem entenderam o que eu quero dizer.
Não é um livro igual aos outros que a autora escreveu, com um romance e um final meloso, mas acho que é uma leitura legal (claro que na medida do possível).Mas eu não acho que devemos por tantas expectativas nesse livro.


resenha do site: http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/
comentários(0)comente



Ale Salvia @estantedaale 07/06/2010

Muitas vezes você lê o livro e julga o personagem sem saber sua real história. Acho que todos fizeram isso com os recém-criados por Victoria em Eclipse, mas esse livro mostra uma realidade nova. Vampiros perdidos no mundo, sem saber no que ou em quem acreditar.

Bree não merecia morrer, ela e os outros deveriam saber do que estava acontecendo antes do final que tiveram. Stephenie mais uma vez surpreende com a capaciade de escrever a mesma história com uma perspectiva diferente, prendendo a atenção do leitor até o último segundo, quando Bree fecha os olhos.

Fabs 15/05/2013minha estante
Nossa to louco pra ler ele o.O




x Dida 10/12/2012

"Tá ruim? Calma, depois piora." (SPOILERS)
É incrível como a Meyer conseguiu se superar. Depois da série, que não é muito boa, ela ainda insiste em vampiros. Ela poderia tentar escrever sobre outra coisa, porque agora sim, definitivmente, vampiros não são com ela. Parece que é impossível pra autora não escrever alguma coisa que não envolva amores. Enfim, não gostei, e só dei uma estrela porque não dá pra dar meia, e só li também porque ganhei, mas se você que leu a série Crepúsculo e não gostou, nem tente ler esse.
Tiago 22/03/2011minha estante
Concordo... ela deveria parar de escrever vampiros apaixonados!


jiji 28/11/2011minha estante
se não gostam pra que lê...tipo as pessoas tem o direito de ler o que quer você leu o primeiro não gostou pra que insistir e ler os outros...da pra perceber que você não gosta de romances entre vampiros, tem gente que gosta(existe devolução em todas as livrarias)


Gi 23/03/2013minha estante
Qual a finalidade de fazer uma resenha de um livro que você não gostou? Se não gostou da saga crepúsculo, porque foi ler "A Breve Segunda Vida de Bree Tanner"? Tia Steph escreve sobre algo que é importante para ela. Se não é pra você, simplesmente não leia!!!! Soluções simples são tão complicadas para certas pessoas! É muito lógico...


fadasemasa 27/03/2013minha estante
Não acho ela tão ruim com vampiros - normalmente livros com tema sobrenatural tem uma pegada mais "viajada". Já li piores.




Telminha Amelini 31/03/2021

Um história de eclipse
Uma história incrível, mesmo sabendo o final.
Gostaria muito que a história em eclipse fosse diferente, seria muito interessante.
comentários(0)comente



anaruiz 05/01/2021

Resenha A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Na história, acompanhamos a nova vida de Bree, uma vampira recém-criada que foi transformada para lutar no exército de Victória.
Em "Eclipse", Bree é a única sobrevivente na batalha, e se rende a Carlisle, entretanto, mesmo assim, os Volturi entendem que a jovem vampira foi criada em uma ato que "desrespeita as regras" e acabam matando-a.

A narrativa feita na visão de Bree mostra somente o essencial. Bree conta que no início os vampiros recém-criados tinham medo do sol e davam um banho de sangue por onde passavam.

O livro é relativamente curto, não possui capítulos e a autora fez um texto longo narrando outra visão da batalha que ocorreu em Forks. Conta com uma escrita direta e que vai se tornando interessante aos poucos.

A leitura não é necessária para entender o que se passou na batalha, mas se você gosta da saga, é interessante ler nem que seja somente para dizer que leu tudo o que a Stephenie escreveu.

Como fã da autora e da saga, sou suspeita a dar minha opinião, pra mim tudo é muito bom e a história de Bree Tanner tem sim a acrescentar à saga.

site: https://www.instagram.com/p/CDzbKIRDAV-/
Rosália Salvatore 05/01/2021minha estante
Bree é a personagem mais injustiçada de toda a saga




Kira 22/09/2020

Eu não esperava
Este livro pra mim reúne o que tem de melhor na escrita da Stephanie.
Tem um pouquinho de romance, tem fantasia, mistério, tem tudo??
Achei essencial para compressão não só de Eclipse como um todo, mas o universo de crepúsculo, já que como a própria Ste disse: A Bella não foi uma recém-criada normal, ela tinha super controle! Aqui a gente realmente vê como se sente um recém-criado, entende um pouco mais o mundo dos vampiros e odeia um pouco mais a Victoria HAHAHAHA
Foi o único que não consegui ler na época de sucesso da saga, mas que bom, foi uma grata surpresa ler ele hoje.
Estou prontissíma pro livro do Fred, pode mandar Ste.
comentários(0)comente



Pic 14/01/2021

Curtinho e envolvente
Esse livro é um spin-off de eclipse e acho a leitura mto pertinente para quem é fã da saga crepúsculo.

É bem legal ver como funcionaram as coisas do outro lado da guerra. Achei que o livro é bom pois apesar de já saber como a história termina ele é interessante o suficiente para te prender na leitura.

Realmente me apeguei aos personagens e sofri junto com eles no final. Além disso, tenho fé que um deles (vocês sabem quem) vai aparecer na futura continuação da saga crepúsculo e vai ser legal demais!
comentários(0)comente



Natália 29/01/2021

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Depois de vários anos, decidi ler esse livro. Imaginei ele um pouco diferente: achei que falaria mais sobre a transformação de Bree, sobre os primeiros dias da vida como vampira. Ao invés disso, a história conta alguns dias na vida da recém-criada quando esta já possui três meses.
Em alguns momentos, foi uma leitura um pouco entediante, porque detalhava bastante coisas um pouco desnecessárias ao meu ver. Apesar disso, foi legal pra saber mais sobre a vampira e sobre os recém-criados de Eclipse, e a escrita da Stephenie Meyer é sempre ótima de se ler.
comentários(0)comente



Camila 07/06/2010

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner
Achei incrível a idéia da autora de contar a história de Bree. No livro Eclipse a personagem é a recém criada que se rende ao final da batalha. Pouco sabemos sobre ela... Mas ao escrever a história de Bree, Stephenie Meyer mostrou aos leitores que tudo depende do ponto de vista. Me apeguei demais a Bree e, assim com diz a autora na introdução, gostaria que o Eclipse tivesse umas coisas diferentes!

www.leitoracompulsiva.com.br
Maria Bárbara 11/06/2010minha estante
é muito bom sem dúvida, saber o que passa do outro lado...



Mas eu acho que ficou faltando alguma coisa...

pq a gente não ficou sabendo antes que os Volturi sabia do exército??? ou eu sou muuuuito lerda e não me lembro disso em amanhecer, ou o Edward não falou pra ninguem mesmo, ou a Stephenie Meyer só teve essa idéia depois de já lançado toda a série...



tirando isso eu adoreeeei!

Stephenie surpreende como sempre!!



Podia ter um livro contando a história do Fred!!!


Camila 16/06/2010minha estante
Oi Maria Bárbara! Eu acho que ela já tinha essa informação antes sim! Não me lembro disso ter sido mencionado mesmo, mas não acho que tenha ficado estranho não! Achei que deu um toque ao livro... hehe


Ticiane 28/11/2011minha estante
Concordo com a Maria Bárbara. Tb achei estranho não ficar sabendo q os Volturi sabiam do exército. Como pode ter passado despercebido pelo Edward e pela Alice?


Jubs 12/10/2012minha estante
Queria muito que ela e o Diego sobrevivessem, eu lia sempre no ônibus indo pra escola e voltando da mesma e quase chorei ç.ç


Aline 01/12/2012minha estante
tbem me apeguei a Bree e achei uma pena ela ter morrido no Eclipse!!


Barbara 20/11/2017minha estante
Maria,
ué, o Edward e a Alice não sabiam dos Volturis pq eles estavam vigiando as decisões do Aro, não as da Jane. Se dependesse da Jane, todos os Cullen já estariam mortos, principalmente a Alice, mas essa n é e nunca foi a intenção do Aro, pq ele acha a Alice muito valiosa por causa do talento dela.
E outra coisa, o Edward pode ler mentes, e a Alice pode ver o futuro, mas eles não são seres oniscientes, não podem ver várias coisas ao mesmo tempo, os poderes deles são facilmente burlados, Alice vive "trancando" a mente dela do Edward, Victoria facilmente achou um jeito de ficar fora do radar da Alice, então...




Bia 04/06/2020

Leitura fácil
Bom, eu reli novamente pois já tinha lido há uns anos... gostei muito novamente e recomendo, pois é um livro rápido, mas como todos sabem o final não é bom pra Bree, queria mtt que ela tivesse tido seu final feliz! Acho que ela teria sido uma ótima aquisição para os Cullen (sem querer fazer com que ela pareça um objeto). O livro passa mt rápido! Fiquei triste por vários personagens ...
comentários(0)comente



karine 09/06/2010

Conhecer a Bree foi maravilhoso e cruel. Maravilhoso por ela se mostrar uma menina muito doce e de bom coração; cruel por saber que sua vida está no final,e suas esperanças e seus sonhos não irão se realizar. O livro têm personagens peculiares e cativantes, mostrando os sentimentos da pequena garota e todo o sofrimento por qual ela passou, tanto na vida humana quanto na vampira. Foi triste ser apresentada à tantas personagens e sentir carinho por elas, quando sabemos que seus dias estão contados. Mais uma vez, os Cullen surpreenderam por sua generosidade e bondade, mostrando um Carlisle e um Edward muito mais humanos do que muitos de nós. Freaky Fred, Diego e Bree são inesquecíveis, foi muito triste perdê-los, mas amei conhecê-los.
Não importa o que digam da Stephenie Meyer e nem de seus fãs. Só nós entendemos o amor que sentimos pela sua história, muito obrigada por toda a alegria que nos proporcionou. Se ser tocado por essa história de amor, perdão e bondade nos torna ignorantes e burros, então aceito feliz as orelhas de jumento. Alguém quer um coice?
comentários(0)comente



Oi, eu sou a Mila ^^ 09/05/2020

É bom saber com mais detalhes, através da Bree, como ocorreu a criação e preparação dos recem-criados de Victoria. Uma pena que ela tenha um fim trágico. Mas é bom relembrar um pouco de eclipse ;)
Gabi Luchetta 10/05/2020minha estante
Também gostei muito deste livro da Bree...Imagina se ela pudesse ter sido adotada pela Esmee e pelo Carlisle, seria muito amor...


Oi, eu sou a Mila ^^ 10/05/2020minha estante
Aaaa.. seria sim ( isso se ela não matasse Bella antes )


Gabi Luchetta 11/05/2020minha estante
Acho que não! Eu gostei muito da Bree.


Oi, eu sou a Mila ^^ 11/05/2020minha estante
Sim, seria difícil pra ela se adaptar com Bella ( uma humana, de sangue muito atraente para os vampiros ), especialmente pq ela era nova em ser vampira. Teve que lutar mt contra seus instintos para não ataca-lá. Mas seria muito bom ter a Bree como parte da família Cullen


Gabi Luchetta 12/05/2020minha estante
Que sonho! Mesmo sabendo de antemão que ela não sobreviveria na nova vida, fiquei torcendo!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



651 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |