Porque eu quis o melhor

Porque eu quis o melhor Mateus Bandeira




Resenhas - Porque eu quis o melhor


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Mirella | @booksaquarius 05/07/2020

sentimentos sentimentos e mais sentimentos;
foi um conto bem legal!!!! ele é bastante sobre sentimentos e se abrir sobre eles.
comentários(0)comente



Silas 29/06/2020

O poder do reencontro
Um bom momento a ser contado, o ponto onde duas histórias desencontradas se reencontram antes de se separarem novamente. Bonita a forma como os personagens são explorados e a relação é desenvolvida. É tão sincero e real.
É possível notar que cada coisa dita e escrita vem do fundo do coração e isso torna a experiência de acompanhar esse fim de tarde tão cheio de sentimentos ainda mais forte.
O poder de dizer coisas não ditas é imenso e restaurador, e esse texto me afetou muito em suas escolhas.
comentários(0)comente



Renan 26/03/2020

Um conto que transmite boa parte de todo o sentimentalismo que existe em despedidas e saudades.

É uma história que apesar de curta e simples, prende o leitor e faz com que ele sinta a dor e o conforto dos personagens envolvidos.

Gostaria que a história aprofundasse um pouco mais no subconsciente dos dois personagens para trabalhar mais os sentimentos e a questão do passado dos protagonistas.
comentários(0)comente



Luane.Camila 26/03/2020

?
A idéia é boa mas é muito chato de ler.
comentários(0)comente



Arthur Pacheco 09/12/2019

Não há nada que eu goste mais do que um conto que não precisa de muito, mas sim, de um acontecimento e de personagens profundos.

Em tão poucas páginas me identifiquei tanto com a história de Mauro e Lucas que ainda estou pensando aqui que: ?nossa, eu fui um deles?. Essas coisas nos fazem pensar sobre a vida é nossos relacionamentos de uma maneira especial. Nem toda despedida e ruim, nem tudo precisa acabar em tristeza e guerra, se no final somente sobra a saudade.

Apaixonado! Recomendadíssimo!!!
comentários(0)comente



zoni 04/12/2019

"Quando guardamos coisas dentro de nós, como um segredo vedado e enterrado a sete chaves, acreditamos que o tempo fará ele se dissolver."
Essa história me deixou muito reflexivo e com pensamentos profundos, porque nos toca lá no fundo, nos faz lembrar e pensar em feridas que já se curaram, ou que ainda estão cicatrizando, e isso foi muito bom pra mim. Eu gosto muito da escrita do Mateus, ela é limpa, rápida e precisa, totalmente encantadora. Fiquei apaixonado pelo seu conto da coletânea de clichês, e decidi que vou ler tudo que ele lançar, foda-se, e não me arrependo de pensar isso, porque essa história me encantou mais uma vez. Mateus cria um enrendo curto e profundo que aborda as mudanças, os amores, os medos, as despedidas e o ato complicado de crescer e lidar com novas realidades, nos levando do fim até um novo começo, ou um recomeço desses personagens, e tudo isso é feito de forma emocionante, não tem como não gostar.

Os agradecimentos me deixaram um tanto (insira aqui uma palavra de um sentimento que não consigo definir), poderia ficar preso ali pra sempre, porque a voz da escrita de Mateus é tão poderosa que quando ele fala, a gente quer ouvir.

Leiam.

site: www.instagram.com/nomeiodatravessia
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6