Admirável Mundo Nôvo

Admirável Mundo Nôvo Aldous Huxley




Resenhas - Admirável Mundo Novo


300 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Lua Goulart 03/04/2020

Livro simplesmente incrível, mesmo nesse momento caótico de pandemia me fez adentrar um mundo novo.
comentários(0)comente



Lotus 03/04/2020

Para refletir
Com um começo de leitura lenta, confesso que não esperava muito do livro, mesmo que eu já tenha lido várias resenhas sobre ele. Mas ao longo da leitura ele me mostrou porque é tão aclamado.
Com uma abordagem sobre temas atuais, Admirável Mundo Novo faz a gente terminar a leitura e realmente refletir sobre a nossa sociedade.
comentários(0)comente



David 02/04/2020

Distopia clássica, necessária pra vida.
Poucos livros me causaram tantas reflexões quando Admirável Mundo Novo. Os valores que nós temos são o que acreditamos ou apenas somos condicionados a tê-los? Bernard e John são iguais e opostos. Os dois querem uma mudança, mas sem abdicar de nada. Bernard é quem mais de deixou triste; ele tem medo de perder uma vida da qual ele nem gosta. E consegui me relacionar a isso.
Uma obra repleta de alegorias que são facilmente aplicáveis à nossa realidade. É lindo e assustador ao mesmo tempo.
comentários(0)comente



Daiane.Mello 02/04/2020

Nesta clássica distopia de 1931,  Aldous Huxley, nos apresenta um mundo futurista ( ano 2540) , no qual o Estado tem domínio total na vida dos indivíduos.

No mundo novo, as pessoas não nascem mais do ventre de suas mães, mas sim em laboratórios e em grande escala (linha de produção/milhões de gêmeos) .A propósito, o conceito de pai, mãe, família são coisas repudiáveis.

Essas pessoas são condicionadas a gostarem disso ou daquilo, uns são destinados ao trabalho braçal, outros ao comando. Temos então, uma sociedade  dividida em castas, o que sejam : Alfas, Betas, Gamas, Deltas e Ípsilons. Cada casta tem uma função especifíca nesta sociedade.

Referido condicionamento é feito através de hipnopedia (repetidas exaustivamente) e se baseia no fato de que, as pessoas devem amar seu destino social.

O Conceito de religião é abolido. O consumismo é incentivado e as pessoas se mantém jovens graças a ciência.

Tristeza, angústia e demais sentimentos não pertencem a este mundo, isso porque, diariamente as pessoas tomam a pílula da felicidade fornecida pelo Estado: o Soma, medicamento que deixa as pessoas felizes e satisfeitas.

As amizades são superficiais, relacionamentos já não são douradoros, os indivíduos devem se opor a tudo que seja prolongado e intenso. Há liberdade  sexual e "Cada um pertence a todos". Quanto mais parceiros, mais bem vistos os individuos são.

Neste mundo novo, temos o personagem Bernard Marx, que pertence a melhor casta (alfa) , contudo, ele se sente deslocado e insatisfeito com essa sociedade, pois, muito embora seja um alfa, por algum erro, não possui as mesmas características físicas  dos demais Alfas, os quais são altos, esbeltos e bonitos.

Bernard vai passar as férias numa  reserva selvagem e lá conhece Linda e Jonh (mãe e filho)  e convence - os a irem  para esse Mundo Novo, na tentativa de ter prestigio e respeito junto aos seus.

É a partir daí que, passamos a ter as impressões de Jonh, (o selvagem) a respeito desse "Admiravel Mundo Novo".

Apesar de ter sido publicado em 1932, muitos dos avanços científicos e tecnológicos narrados no livro guardam muita semelhança com os dias atuais.

Este livro entrou para lista dos melhores livros que já li (a lista só aumenta rs) . Quando terminei de lê-lo me questionei : como pude conhecer essa obra apenas agora?
Admirável Mundo Novo, é mais que admirável, é fantástico.
comentários(0)comente



Sarah.Bertolazzi 02/04/2020

Achei muito interessante principalmente como o final me fez refletir, porém se eu não estivesse no meio de uma ressaca literária tenho certeza que teria sido muito mais interessante. Esse é o tipo de livro para se ler e refletir, não espere encontrar flores aqui
comentários(0)comente



Thaisinha 01/04/2020

O livro é muito interessante e fiquei fascinada por ele ter sido escrito em 1931. Mas, em alguns momentos, principalmente no começo do livro, achei a leitura maçante e confusa, acredito que seja pela narrativa usada pelo autor. De qualquer forma, o livro é excelente! Clássico é clássico, né non?
comentários(0)comente



Flôr 01/04/2020

Esperava mais...
Não sei se por uma memória afetiva da adolescência, mas hoje ao reler (depois de conhecer alguns nomes da ficção) pensei que poderia não ter lido novamente e mantido a boa memória... ?
comentários(0)comente



giba_alves 01/04/2020

Estes livros sempre me encantam
Sou muito fã deste gênero.
Esporadicamente, acrescento um ou outro na minha lista. Confesso que 1984 será sempre o meu preferido, mas "Brave new world" não me decepcionou.
O que mais me encantou, é que parece que o protagonista principal vai mudando ao longo da história, e isso te prende de certa forma, fazendo que a leitura também flua mais facilmente.
O que me fascina, é como estas histórias utópicas (e bizarras muitas vezes), parecem se encaixar em nossa realidade com uma perfeição de causar espanto.
Acho fundamental ler um destes de vez em quando, para dar aquele relance de "o que nos tornamos", ou então "para onde estamos indo".

Gostei muito...
Talvez um dia até releio.
comentários(0)comente



Clarissa Lira 31/03/2020

Imagina aquela distopia!
Escrito em 1931, o livro mostra uma sociedade futurista, onde os bebês são gerados em laboratórios, clonados e modificados geneticamente para serem divididos em castas. Uma sociedade onde não existe pai nem mãe. Onde Henry Ford é tratado como um deus. Onde a felicidade é imposta. Onde o consumo é extremamente incentivado. Onde cada indivíduo pertence ao todo. Super recomendo!
comentários(0)comente



Luana 31/03/2020

Vai ficando interessante
Gostei mesmo quando o selvagem entrou em cena... aí começa a ficar interessante e a fazer sentido a mensagem que o livro quer passar
comentários(0)comente



Rafael.Bortoli 31/03/2020

Decepcionante
Não chega aos pés de 1984 ou revolução dos bixos. De diversas formas decepcionante
comentários(0)comente



Carrara 29/03/2020

Bom para tempos de pandemia
comentários(0)comente



Pauline 28/03/2020

Uma leitura cativante e em certos pontos achei até mesmo agoniante no que se refere a retratação da sociedade. A história é surpreendente e reflexiva.
comentários(0)comente



Filipe 25/03/2020

O meu livro favorito
É muito difícil tecer comentário sobre esse livro, pois para mim é o melhor livro que já li em toda minha vida. Havia lido na primeira vez quando adolescente e já havia sido uma experiência fantástica. Mas relendo agora alguns anos depois... consegui perceber alguns detalhes que fizeram dele melhor ainda rs.
Apenas leem... é uma distopia que fala sobre temas tão atuais... de uma forma tão fantástica... que apenas lendo para entender. Recomendo muito!
comentários(0)comente



@vaelpes 25/03/2020

Admirável Mundo Novo
Diversas críticas a ilusão da padronização e um livro de leitura tranquila e fluída.
Clássico utópico, qualquer um recomenda.
comentários(0)comente



300 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |