Luta de Classes

Luta de Classes Marta Harnecker...

Compartilhe


Luta de Classes


As classes sociais no Brasil




1. O conceito de classes sociais
Os diferentes sistemas de produção e as relações de produção. Exploradores e explorados e a propriedade dos meios de produção. Antagonismo entre os grupos sociais. Importância do tipo de exploração. As classes sociais fundamentais no sistema capitalista de exploração.
2. O conceito de burguesia ou classe capitalista
O que é o capital. Capital e mais-valia. Diferentes tipos de capital: industrial, bancário e comercial. Repartição da mais-valia. As frações de classe burguesas e a sua evolução. Definição de burguesia ou classe capitalista. Es-quema-resumo.
3. O conceito tfè proletariado
Distinção entre proletariado e classe assalariada. Venda da força de trabalho e mais-valia. Os assalariados que não são proletários.
A função técnico-administrativa na produção e o grupo social que determina. Proletariado produtivo e improdutivo. Os operários industriais — vanguarda do proletariado. Definição de proletariado. Esquema-resumo.
4. Classes de transição — a pequena burguesia
Relações de produção dominantes e relações de produção subordinadas. Os produtores independentes, sua origem histórica e destino no sistema capitalista de produção. Definição de pequena burguesia. Conceito de classe de transição. Esquema-resumo.
5. Critica da noçSo de "classe média"; classes e grupos sociais
Crítica do conceito burguês de "classe média". Distinção entre o conceito de classe social e grupo social. Os grupos sociais ligados à superestrutura. Os grupos sociais ligados â função técnico-administrativa na produção. A importância política desta distinção. A luta entre as classes sociais como motor da História.
6. O desenvolvimento do capitalismo origina o crescimento do proletariado
O desenvolvimento do capitalismo conduz à proletarizaçâb crescente das grandes massas. A proletarizaçâb dos camponeses independentes e da pequena burguesia industrial e comercial. A penetração das relações de produção capitalista na esfera comercial: da pequena loja ao supermercado. Da pequena indústria à moderna empresa capitalista. O proletariado é a única classe revolucionária até ao fim.
7. Interesse de classe, consciência de classe e posição de classe
Importância da distinção entre interesses espontâneos imediatose interesses estratégicos a longo prazo. Consciência de classe. Posição de classe.


2


NTRODUÇÃO
PRIMEIRA PARTE: O VALOR NA TROCA SIMPLES
1. A divisão do trabalho e a propriedade privada dos meios de produção; ^condições da economia baseada na troca.
O trabalho de autosubsistência nos povos primitivos. A divisão do trabalho e a troca de mercadorias nas grandes cidades modernas. O conceito de troca de mercadorias, de mercadorias e de troca simples.
2. O papel desempenhado pelos preços dos produtos na economia.
Os preços não se podem explicar nem pela qualidade, nem pela utilidade, nem pela oferta e procura.
3. O custo de produção.
Os elementos que entram na produção de uma mercadoria e o cálculo do custo de produção.
4. Valor e trabalho socialmente necessário.
O trabalho, origem de todo o valor. A lei do valor, lei que rege a troca de mercadorias. A medida do valor, o tempo de trabalho socialmente necessário. O conceito de valor.

SEGUNDA PARTE: A MAIS-VALIA NA ECONOMIA CAPITALISTA
1. A impossibilidade de obter mais-valia por meio da troca.
2. A força de trabalho como mercadoria e o seu valor.
Condições necessárias para que surja a força de trabalho como mercadoria. A maneira de calcular a força de trabalho.
3. A formação da mais-valia.
A força de trabalho e a criação do valor. O conceito de mais-valia. Tempo de trabalho necessário e tempo de trabalho suplementar.
4. O capital como fator de produção.
O conceito de capital. Capital constante e capital variável.
5. A mais-valia absoluta e relativa.
As formas diferentes através das quais os capitalistas conseguem obter cada vez mais lucros.

Edições (1)

ver mais
Luta de Classes

Similares


Resenhas para Luta de Classes (1)

ver mais
on 28/3/15


É um tema que particularmente me chama muito atenção principalmente por tentar compreender o que se passa nessa sociedade brasileira que tão gritantemente cospe na cara dos desprovidos de posses. Um dos melhores livros da Marta por gostar muito de temas ligados a Classe social. Uma pena não ter edições de toda a série novamente após o ano 2000. ... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 3
5
ranking 67
67%
4
ranking 33
33%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

Glauber
cadastrou em:
10/01/2010 00:02:03