Macário

Macário Álvares de Azevedo


Compartilhe


Macário





Álvares de Azevedo foi o mais típico poeta da escola byroniana no Brasil, em meados do século XIX. Ultra-romântico, seus temas preferidos foram o desencanto, a melancolia e morbidez. Em vida, Álvares de Azevedo publicou apenas o seu Discurso (1849), lido na sessão comemorativa dos cursos jurídicos no Brasil. Noite na Taverna (1855) é uma série de histórias fantásticas e trágicas, impregnadas de angustia e morbidez. Macário, talvez sua obra prima, é um drama dividido em dois episódios: o primeiro decorre "numa estalagem de estrada", e o segundo na "Itália". Ambas obras são leituras obrigatórias para vestibulares de várias universidades.

Ficção / Literatura Brasileira

Edições (10)

ver mais
Macário
Macário
Macário/ Noite na Taverna
Macário

Similares

(8) ver mais
Noite na taverna e Poemas escolhidos (de Lira dos vinte anos)
Delírio, Poesia e Morte
Noite na Taverna
Noite na Taverna

Resenhas para Macário (15)

ver mais
on 11/7/11


Começa muito bem mas termina numa divagação ultra romântica maçante...... leia mais

Estatísticas

Desejam80
Trocam13
Avaliações 3.9 / 945
5
ranking 35
35%
4
ranking 30
30%
3
ranking 26
26%
2
ranking 7
7%
1
ranking 2
2%

35%

65%

Helena
cadastrou em:
02/01/2012 13:43:48