Manual de Acarologia

Manual de Acarologia Gilberto J. de Moraes...


Compartilhe


Manual de Acarologia


Acarologia Básica e Ácaros de Plantas Cultivadas no Brasil




Ácaros são organismos usualmente pequenos, que habitam os mais diferentes ambientes. Correspondem ao segundo maior grupo de artrópodes, depois dos insetos.

Em geral, apresentam maior diversidade e abundância no solo, onde são encontrados em maior quantidade na fração orgânica superficial e nos primeiros centímetros da fração predominantemente inorgânica subjacente. São também comuns no meio aquático, sobre plantas e animais, assim como nos depósitos de alimentos e em abrigos de animais, incluindo aí nossas residências.

A origem dos ácaros tem sido freqüentemente discutida na literatura. Há dúvidas se o grupo de organismos hoje conhecido como ácaros é resultante de um único ancestral comum exclusivo (grupo monofilético) ou de dois ancestrais com relações de parentesco distintas dentro de Arachnida (difilético). Esse assunto é brevemente discutido por Evans (1992), com base em observações de diferentes autores.

É possível que os ácaros mais primitivos fossem predadores e vivessem no solo. Através de mutações sucessivas, teria havido o aparecimento de novas formas, seguindo-se a extinção natural de várias dessas formas iniciais e a fixação de formas com novas adaptações. Com isso, os ácaros adotaram comportamentos alimentares dos mais variados, passando à fungivoria ou fitofagia, por um lado, ou ao comportamento parasitário, por outro, alimentando-se de outros animais.

Os ácaros compreendem um grande grupo de organismos. Krantz (1978) estimou em mais de 30.000 as espécies descritas até aquela época. Acredita-se que hoje este número deva estar em torno de 50.000 espécies. Considerando-se que os ácaros ainda são pouco conhecidos nas áreas tropicais, onde se espera ocorrer a maior diversidade destes organismos, é de se esperar que o número real de espécies seja muito maior.

Adis (2002) estimou que o número de espécies de ácaros existentes seja em torno de 500.000.

Apesar de serem muitas as espécies de ácaros que ocorrem sobre plantas, são relativamente poucas aquelas consideradas sérias pragas agrícolas, como será observado nas secções subseqüentes desta publicação. No entanto, várias destas espécies apresentam importância fundamental, por atacar diversas espécies de plantas cultivadas, assim como por ocorrer em diversas regiões do globo terrestre.

No Brasil, entre 20 e 30 espécies de ácaros causam sérios danos a plantas cultivadas, justificando-se o interesse e a necessidade de se conhecer estes organismos, para se poder reduzir os danos por eles causados. O objetivo desta publicação é servir como base para aqueles interessados em iniciar seus conhecimentos sobre os ácaros de importância agrícola. Na organização e na preparação do conteúdo deste livro, levou-se especialmente em conta o mais provável interesse de estudantes de cursos da área agrícola nas instituições brasileiras de ensino superior.

Edições (1)

ver mais
Manual de Acarologia

Similares

(15) ver mais
Estudo dos insetos
Coletânea de Termos Técnicos de Entomologia
Insetos. Fundamentos da Entomologia
Tópicos direcionados à entomologia

Estatísticas

Desejam3
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

41%

59%

FPA
cadastrou em:
14/04/2014 20:28:47