Mar Sem Fim

Mar Sem Fim Amyr Klink


Compartilhe


Mar Sem Fim





A viagem de Amyr Klink ao redor do mundo através da rota mais complicada e perigosa: circunavegando a Antártica. Mais uma saga surpreendente deste eterno aventureiro.



Como em um diário de bordo, Mar sem fim teria uma data curiosa para começar: 31 de outubro de 1998, Dia das Bruxas.



Foi nesse dia que o navegador deixou a mulher, Marina, e as filhas em Paraty, decidido a realizar o grande projeto de sua vida: sua primeira volta ao mundo, realizada nas águas da Convergência Antártica - notável e precisa fronteira entre as águas frias do Norte e as águas geladas da Antártica. Ali estão os mares mais perigosos do planeta. Um percurso considerado um desafio, mesmo com os equipamentos sofisticados da navegação moderna. Amyr foi o primeiro a realizá-lo, navegando sozinho no veleiro Paratii.



Não foi um projeto fácil. Primeiro, pelo atraso na entrega do novo mastro do Paratii - uma cruz de 25 metros a ser plantada no convés, sensível ao menor movimento dos dedos do navegador. Com isso, não foi possível partir na data prevista, cuidadosamente calculada para o máximo aproveitamento do verão, e foi preciso esperar um ano inteiro. Em seguida, pelas enormes dificuldades da empreitada: partir de um ponto e navegar para Leste até bater nesse ponto outra vez - e isso viajando durante meses sem ver um naco de terra, enfrentando um mar temperamental, às vezes extremamente violento, com períodos de nenhuma visibilidade, muito gelo, vento forte, e o tempo todo submetido a uma rotina que não permitia mais do que cinco horas de sono não contínuo por dia.



Foram 141 dias no mar. Um verão inteiro viajando em latitudes onde o sol nunca se esconde. Dezoito mil milhas navegadas, 12.240 das quais sem pisar em terra, e com muitos sustos, como quando por pouco não ocorre uma colisão entre o Paratii e um gigantesco iceberg. O réveillon de Amyr, em meio a uma tempestade aparentemente eterna, tem um sabor de pesadelo. E, ao mesmo tempo, o deslumbramento: miragens de ilhas, a visão de um cachalote e da rica fauna marinha - que no livro merecem um inventário, com desenhos originais de Sírio Cançado.

Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
Mar Sem Fim

Similares

(14) ver mais
Homem Livre
Abaixo da convergência
Cem Dias Entre Céu e o Mar
No Coração do Mar

Resenhas para Mar Sem Fim (19)

ver mais
O melhor trecho do livro
on 4/8/10


"Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou... leia mais

Vídeos Mar Sem Fim (2)

ver mais
Mar sem fim

Mar sem fim

Livro lido: Mar sem fim - Amyr Klink

Livro lido: Mar sem fim - Amyr Klink


Estatísticas

Desejam85
Trocam17
Avaliações 4.1 / 688
5
ranking 39
39%
4
ranking 36
36%
3
ranking 18
18%
2
ranking 5
5%
1
ranking 1
1%

49%

51%

Lindenberg
cadastrou em:
06/01/2009 23:03:16
Bruno.Brauer
editou em:
24/06/2017 19:08:40