Matsuó Bashô

Matsuó Bashô Paulo Leminski

Compartilhe


Matsuó Bashô





Texto do verso:

"Século XVIII. Aos 25 anos, Bashô abandona a sua casta social de origem, os samurais. Vai ser o maior poeta que o Japão já produziu. Toda a sua vida é dedicada a um poema em forma miniatura, o haikai, severo exercício de linguagem onde infinitas coisas se dizem com um mínimo de meios. Bashô reúne seguidores, discípulos, aprendizes aos milhares, e faz do haikai uma das vias para se atngir a iluminação. O polilíngüe Leminski traduz Bashô, recria, penetra na cultura em que viveu o poeta e retorna ao Brasil do século XX trazendo a nós a experiência da beleza vivida por um velho samurai que abandonou a arte da guerra para fazer poesia."

Edições (1)

ver mais
Matsuó Bashô

Similares


Estatísticas

Desejam9
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.9 / 11
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

40%

60%

Eduardo
cadastrou em:
15/08/2012 20:57:02