Maus

Maus Art Spiegelman


Compartilhe


Maus #2


E foi aí que começaram meus problemas




Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro - trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto. Spiegelman, porém, evita o sentimentalismo e interrompe algumas vezes a narrativa para dar espaço a dúvidas e inquietações. É implacável com o protagonista, seu próprio pai, retratado como valoroso e destemido, mas também como sovina, racista e mesquinho.

HQ, comics, mangá

Edições (1)

ver mais
Maus

Similares

(4) ver mais
A Morte de Stálin
O Diário de Anne Frank
Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula
Sendero Luminoso

Estatísticas

Desejam10
Trocam1
Avaliações 4.7 / 49
5
ranking 73
73%
4
ranking 22
22%
3
ranking 4
4%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

32%

68%

Laria
cadastrou em:
18/06/2014 21:48:30
Cris
editou em:
18/02/2018 01:49:51