Meditações de Marco Aurélio

Meditações de Marco Aurélio Marco Aurélio


Compartilhe


Meditações de Marco Aurélio





Se houve algum homem que se aproximou do ideal de "rei-filósofo" da República de Platão, e conseguiu ser bem sucedido tanto na condução do Estado quanto no caminho da filosofia, este homem foi Marco Aurélio, imperador de Roma. Ele foi o último dos cinco imperadores que governaram o Império Romano num período conhecido como Pax Romana (Paz Romana), que durou até a sua morte, em 180 d.C. Curiosamente, a última década de sua vida foi quase toda dedicada a defender o Império de invasores bárbaros - havia paz dentro do Império, mas não em suas fronteiras. Devido a haver sido educado pelos melhores mentores e sábios de sua época, Marco Aurélio conheceu a fundo a filosofia grega, e veio a se apaixonar pelo estoicismo, particularmente pela obra de Epicteto. Sem dúvida teria sido mais simples se dedicar à filosofia estoica no espaço reservado de uma escola filosófica, mas isto não foi possível ao imperador Marco Aurélio, que tinha literalmente o maior império de seu tempo dependendo dos seus cuidados. O fato de ele ter sido bem sucedido em seu caminho filosófico, mesmo diante de tantas responsabilidades e atribulações, faz dele quase que um exemplo de homem divino, embora ele próprio pouco se importasse com a fama. Aliás, Marco Aurélio jamais desejou publicar obra alguma. As suas Meditações, que tinham a si mesmo como destinatário, eram nada mais que diários pessoais, escritos sabe-se lá a qual custo em meio ao seu governo. De fato, ele passou os últimos dez anos de sua vida residindo longe do conforto de Roma, defendendo a fronteira norte do Império dos ataques de povos bárbaros. E ao que tudo indica foi precisamente nesses anos, quem sabe para ajudar a si mesmo a ser resiliente a guerra, quem sabe por puro amor a filosofia, que Marco Aurélio escreveu e presenteou a história da filosofia com esta obra. O tradutor.

Filosofia

Edições (1)

ver mais
Meditações de Marco Aurélio

Similares


Resenhas para Meditações de Marco Aurélio (1)

ver mais
Maravilhoso
on 23/2/21


O livro trata-se de um reflexão feita pelo imperador filósofo Marco Aurélio. Ao escrever ele fez para si para que possa refletir sobre si mesmo. O livro é fundamental para aqueles que procuram entender a corrente filosófica do estoicismo. Parafraseando Marco Aurélio "Se não for convém fazer, não faça e se não correto dizer não diga."... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 5
5
ranking 40
40%
4
ranking 60
60%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

João gregorio
cadastrou em:
03/12/2020 10:06:09
Rê.
editou em:
26/08/2021 07:22:27

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR