Mine

Mine Jenika Snow




Mine (A Real Man #13)





Essa única palavra nunca significou tanto.

Jana

O balé era minha vida, mas depois de me machucar, esse sonho desapareceu. Eu ainda precisava de dinheiro rápido, então chupei meu orgulho e decidi virar stripper. Os clubes podem usar uma stripper virgem, certo? Mas desde o momento em que vi Cole Savage, dono do clube de strip-tease que estava tentando entrar, todo pensamento racional me deixou. Ele era escuro e perigoso, e sua personalidade gritava arrogância. Eu o queria, e pela maneira como ele olhou para mim, eu sabia que ele também me queria. Mas eu deveria manter estritamente profissional. Isso é o que eu disse a mim mesma de qualquer maneira.

Cole

Desde o momento em que vi pela primeira vez Jana, eu a queria. Ela precisava de um emprego no meu clube, mas o lado possessivo de mim se levantou, exigindo que ela fosse apenas minha. Talvez eu tenha acabado de encontrá-la, mas eu já era tão malditamente territorial dela. Se ela quisesse um emprego, eu lhe daria um, mas ela ficaria com suas roupas. Eu tinha sido celibatário por anos, mas era hora de mudar isso com ela. Jana logo perceberia o que significava ser minha.

Atenção: Esta é uma breve história com um herói possessivo além do possível que não faz segredo para que a heroína seja dele. Tem danças sujas, cenas atrevidas, mas é confiável e tem o Felizes Para Sempre que vem com a leitura de uma história de A Real Man.


*****
That one word has never meant so much.

JANA

Ballet was my life, but after getting injured that dream faded. I still needed fast money, so I sucked up my pride and decided to strip.

All clubs could use a virgin stripper, right?

But from the moment I saw Cole Savage, owner of the strip club I was trying to get into, all rational thought left me.

He was dark and dangerous, and his personality screamed arrogance.
I wanted him, and by the way he looked at me I knew he wanted me as well.

But I should keep it strictly business, right?

COLE

From the moment I first saw Jana I wanted her. She needed a job at my club, but the possessive side of me rose up demanding she was only mine. I might have just met her, but I was already so damn territorial of her.

If she wanted a job I’d give her one, but she’d be keeping her clothes on.
I’ve been celibate for years, but it’s time to change that with her.

Jana would soon realize what it meant to be mine.


*Warning: This is a short story featuring an over-the-top possessive hero who makes no secret that the heroine his. It’s got dirty dancing, raunchy scenes, but is safe and has a Happily Ever After that comes with reading a Real Man story.

Erótico / Romance

Edições (1)

ver mais
Mine

Similares

(2) ver mais
Right Amount of Wrong
Built To Last

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 2.9 / 37
5
ranking 8
8%
4
ranking 16
16%
3
ranking 46
46%
2
ranking 27
27%
1
ranking 3
3%

0%

100%

C
cadastrou em:
30/05/2017 17:06:22
Sophia.Merkauth
editou em:
16/06/2017 11:10:54