Morte e vida severina

Morte e vida severina João Cabral de Melo Neto


Compartilhe


Morte e vida severina


e outros poemas




Nesta obra o autor descreve através de poemas, a peregrinação de um emigrante nordestino, em busca de melhores condições de vida. Entretanto por todos os lugares que passa, só presencia a miséria e a morte. Sendo assim, concluiu que seria melhor se afogar nas águas do rio Capibaribe. Numa última tentativa de mudar de ideia, vai se aconselhar com um sábio da região onde se encontra, quando presencia uma notícia do nascimento de uma criança, embora provavelmente cresça na miséria, como seus pais. Diante dessa tênue esperança de salvação, Severino apresenta feições de alegria e alívio, por não precisar suicidar-se.

Edições (1)

ver mais

Similares

(5) ver mais
Macunaíma
Auto da Compadecida
A Hora da Estrela
O Conto da Ilha Desconhecida

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 6
5
ranking 50
50%
4
ranking 17
17%
3
ranking 33
33%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

10%

90%

Maria
cadastrou em:
26/01/2013 15:19:50