Mrs. Dalloway

Mrs. Dalloway Virginia Woolf


Compartilhe


Mrs. Dalloway (Coleção Folha Grandes Nomes Da Literatura #10)





Em Mrs. Dalloway, livro publicado em 1925, Virginia Woolf (1882-1941) emprega algumas das técnicas narrativas às quais deve sua posição de grande renovadora do romance do século XIX, ao lado de Marcel Proust e James Joyce. Não é mera coincidência, aliás, que o romance da escritora inglesa se passe inteiramente num único dia de junho, assim como Ulisses, de Joyce. Esse recurso, que no escritor irlandês confere conotações épicas à vida do homem comum, adquire na narrativa de Virginia Woolf uma incomum densidade psicológica. Do momento em que sua protagonista sai de casa para comprar flores (pois dará uma recepção em casa à noite) até o momento em que acontece a festa, desenham-se paisagens mentais que envolvem questões ou hesitações existenciais de Clarissa Dalloway e das personagens que refletem seus fantasmas amores do passado, homossexualismo, sequelas da guerra, loucura, banalidade cotidiana. São os fantasmas que se materializam ao longo desse dia, tanto no plano da ação romanesca quanto nos fluxos de consciência e na temporalidade cinematográfica (flashbacks e cortes alternando os pontos de vista das personagens), que fazem de Mrs. Dalloway um retrato interior de sua época. Manuel da Costa Pinto Crítico literário e colunista da Folha

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (29)

ver mais
Mrs.Dalloway
Mrs. Dalloway
Mrs. Dalloway
Mrs. Dalloway

Similares

(14) ver mais
A Consciência de Zeno
Profissões Para Mulheres e Outros Artigos Feministas
Orlando
Um Teto Todo Seu

Resenhas para Mrs. Dalloway (148)

ver mais
on 21/3/10


Imagine que você é um beija-flor, batendo asas a 70, 80 batidas por segundo... indo de flor em flor para captar o nectar, aqui e ali, leve leve... tão leve que chega a irritar, mudando de posição tão rápido que mal se percebe o momento que se saiu de uma flor e se partiu para outra. Isso é a escrita da Virgínia Woolf neste livro. Ela voa de um pensamento a outro, de um personagem a outro, leve, irritante e frenéticamente... é exaustivo acompanhar a linha de raciocínio que segue e segue... leia mais

Vídeos Mrs. Dalloway (16)

ver mais
Resenha #3 Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf

Resenha #3 Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf

MRS. DALLOWAY, DE VIRGINIA WOOLF (#150)

MRS. DALLOWAY, DE VIRGINIA WOOLF (#150)

RESENHA | Mrs. Dalloway

RESENHA | Mrs. Dalloway

#44-L - Mrs. Dalloway - Virginia Woolf

#44-L - Mrs. Dalloway - Virginia Woolf


Estatísticas

Desejam1.519
Trocam25
Avaliações 4.1 / 3.391
5
ranking 46
46%
4
ranking 31
31%
3
ranking 17
17%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

23%

77%

Fernando
cadastrou em:
24/04/2016 15:57:01
Pedro
editou em:
02/11/2019 11:51:38