Muitas Vozes

Muitas Vozes Ferreira Gullar


Compartilhe


Muitas Vozes





Em “Muitas Vozes” (1999), Ferreira Gullar reúne a produção dos últimos doze anos e demonstra que recorta as cenas do cotidiano com reflexões agudas, traçando imagens ao mesmo tempo delicadas e provocadoras.
Segundo o próprio autor, a fúria presente em todos os seus livros anteriores, neste está amainada. É um livro mais reflexivo, em que a temática da morte está muito presente, não como medo mas como reflexão.
Ouve-se o eco de toda experiência do poeta acumulada ao longo de quase sete décadas. Foi preciso muita coisa passar: o exílio, depois a morte rondar perto, familiar e sem ênfase; os mortos restarem no abandono do chão impenetrável; o silêncio crescer dos ausentes ao cosmos.

Edições (2)

ver mais
Muitas Vozes
Muitas Vozes

Similares

(8) ver mais
outono azul a sul
O busto de Adão e outras poesias
Poema Sujo
Em alguma parte alguma

Resenhas para Muitas Vozes (2)

ver mais
on 15/11/15


Livro de poética madura e reflexiva, principalmente sobre perdas (p.e. visita, os mortos, thereza), arrependimentos (p.e. filhos, o morto e o vivo), maturidade (p.e. aprendizado) e morte, a certeza invencível que o eu-lírico busca encarar com impassibilidade (p.e. redundâncias, lições de um gato siamês), silêncios e o nascimento do poema (p.e. electra II, o poema na rua). Embora muitos dos poemas sejam claramente autobiográficos, e estes são os mais carregados de sensibilidade, mantêm... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam11
Avaliações 3.3 / 361
5
ranking 18
18%
4
ranking 22
22%
3
ranking 37
37%
2
ranking 15
15%
1
ranking 7
7%

32%

68%

Ana
cadastrou em:
11/01/2009 10:36:09