Naná

Naná Émile Zola


Compartilhe


Naná (Fanfarrões, Libertinas & Outros Heróis)





Naná é um dos romances mais conhecidos de Émile Zola. A personagem-título é a primeira periguete dos palcos, a grande vagabunda que alcança o maior sucesso na ribalta social, apesar de – ou talvez justamente por – ser desprovida de qualquer talento artístico. Filha de pai alcoólatra e de uma lavadeira, Naná é uma atriz de teatro medíocre, mas com um corpo de Vênus e uma sexualidade à flor da pele. É o tipo perfeito da prostituta de luxo, uma cortesã da alta sociedade francesa dos tempos do Segundo Império que enriquece à custa do comércio carnal.

Romance

Edições (2)

ver mais
Naná
Naná

Similares

(1) ver mais
Teresa Raquin

Estatísticas

Desejam2
Trocam1
Avaliações 4.5 / 4
5
ranking 50
50%
4
ranking 50
50%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

45%

55%

Kety
cadastrou em:
08/02/2016 16:46:30