Não foi nada

Não foi nada Antonio Skármeta


Compartilhe


Não foi nada





Autor do aclamado 'O carteiro e o poeta', Antonio Skármeta apresenta agora um romance que traz a perspectiva de Lucho - um adolescente de 14 anos, exilado em Berlim com seus pais e um irmão menor, depois do golpe militar de 1973 que derrubou o governo do presidente do Chile Salvador Allende. Através de uma voz central que lhes cede a palavra, conhecemos os fatos vividos pelos personagens e o amadurecimento do adolescente.

Edições (1)

ver mais
Não foi nada

Similares


Resenhas para Não foi nada (1)

ver mais
on 27/11/12


Acabei de ler Não Foi Nada. Li de uma vez em aproximadamente duas horas. Peguei o livro imaginando ser uma versão chilena de "Meninos Sem Pátria", clássico da coleção Vaga-Lume. Garoto sul-americano, exilado na Europa em plena ditadura Pinochet, lidando com a saudade de casa, uma paixão no velho continente e fechando com uma volta para casa feliz e triste ao mesmo tempo. LEDO ENGANO! O livro se foca em uma questão mais pontual na vida de Lucho, o personagem-narrador da história. Em... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam2
Avaliações 3.7 / 22
5
ranking 18
18%
4
ranking 45
45%
3
ranking 27
27%
2
ranking 9
9%
1
ranking 0
0%

41%

59%

_CR_
cadastrou em:
14/11/2009 20:42:30