Não há honra entre  os ladrões

Não há honra entre os ladrões Drica Bitarello


Compartilhe


Não há honra entre os ladrões (Radegund #1.5)


Um conto de Radegund




Messina, 1189
É apenas mais um dia comum na vida de Radegund e Mark al-Bakkar.

Retornando à Messina, os dois mercenários tem um breve período de descanso entre uma missão e outra. Entediada e com a bolsa cheia de ouro, a ruiva sai para uma noitada de bebedeira, jogo e diversão nas tavernas da cidade. Mas, como as coisas nunca são simples na vida de Radegund, uma pequena confusão por causa de um jogo de dados acaba em um tremendo imbróglio. Como já diz o ditado, ladrão que rouba ladrão...

Este conto faz parte da saga Radegund e seus acontecimentos são narrados no período entre o final de "Reino dos Céus" e o início de "Fogo Vermelho".

Contos / Romance

Edições (1)

ver mais
Não há honra entre  os ladrões

Similares

(6) ver mais
Reino dos Céus
Fogo Vermelho
A Cruz e o Crescente
O Despertar do Dragão

Resenhas para Não há honra entre os ladrões (4)

ver mais
Raden e Mark juntos novamente!

Olá, Cactos🌵 ⠀ ⠀ 📖 Radegund e Mark Al-Bakkar acabam de chegar em Messina e uma noite de diversões na taverna não seria tão ruim depois de toda a viagem, certo? Mas uma pequena confusão por conta de dados deixa tudo um pouco caótico. ⠀ 💬 Raden e Mark são os melhores mercenários de Jerusalém, mas sempre estão perambulando pelo mundo e dessa vez é hora de voltar para Messina. Raden sempre após uma viagem se vê na necessidade de uma diversão... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 9
5
ranking 50
50%
4
ranking 30
30%
3
ranking 20
20%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

6%

94%

Dani | @cactusliterarios
cadastrou em:
20/02/2019 22:42:52
Drica Bitarello
editou em:
10/04/2019 13:54:58

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR