Naufrágios

Naufrágios Akira Yoshimura


Compartilhe


Naufrágios







Isaku é um menino de nove anos que vive numa aldeia na costa do Japão medieval, sobrevivendo precariamente daquilo que o mar lhe dá - moluscos, peixes, conchas. Os aldeões também destilam sal para os povoados vizinhos, em grandes caldeirões sobre fogueiras que ardem durante as noites de inverno. A manufatura do sal tem, porém, uma utilidade oculta e macabra - as chamas que brilham na escuridão confundem e atraem barcos que passam pela costa, fazendo-os lançar-se sobre os recifes da ilha. Quando o naufrágio acontece, os aldeões saqueiam o navio, trucidam a tripulação e obtêm provisões para muitos meses. É por meio de Isaku que o leitor acompanha o cotidiano dos pescadores, que convivem com a penúria e a fome. E é pelo olhar assombrado e ingênuo do garoto que testemunhamos a tragédia que se abate sobre a aldeia quando surge na costa um pequeno barco à deriva - um barco com uma carga de inimaginável terror, destruição e morte.

Edições (1)

ver mais
Naufrágios

Similares


Resenhas para Naufrágios (7)

ver mais
on 19/7/13


Emprestei na biblioteca sem pretensão nenhuma. Mas que grata surpresa! É leitura que vale a pena. É uma narrativa que em muitos momentos lembra escritos antropológicos em suas etnografias, mas não é cansativa ou longa. A narrativa, aliás, é direta e sem floreios, o que dá a noção de desenvolvimento da trama. E os personagens, bem ao estilo japonês, dizem muito sem falar uma só palavra. É uma história de miséria e sobrevivência, tendo como protagonista um menino de 9 anos. Ele, confor... leia mais

Estatísticas

Desejam28
Trocam2
Avaliações 3.9 / 141
5
ranking 23
23%
4
ranking 48
48%
3
ranking 24
24%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

44%

56%

Helena
cadastrou em:
22/01/2009 19:01:58