No Tribunal de Meu Pai

No Tribunal de Meu Pai Isaac Bashevis Singer


Compartilhe


No Tribunal de Meu Pai


Crônicas Autobiográficas




No início do século XX, os moradores da rua Krochmalna, no velho bairro judeu de Varsóvia, acorriam à modesta casa de número 10 em busca de solução para problemas. Ali, vez ou outra, apareciam casais à procura de matrimônio ou separação, credores e devedores à cata de solução justa para suas pendências, além de manifestações misteriosas que demandavam explicação, como a de gansos que, mesmo mortos, não paravam de grasnar.



Religiosas ou mundanas, deste ou de outro mundo, essas questões eram submetidas a uma antiga instituição judaica, o tribunal rabínico - mescla de corte de justiça, sinagoga, casa de estudos e consultório psicanalítico. O da Krochmalna era presidido pelo rabino Pinhos-Mendel, pai do então menino Isaac Bashevis Singer e funcionava em sua própria casa.



Nestas memórias, publicadas de forma seriada no jornal nova-iorquino Jewish Daily Forward, Singer recria o ambiente em que cresceu, rico em histórias e personagens a um só tempo divertidos e comoventes. O resultado é um testemunho único de uma tradição judaica que ruiria com a eclosão da Primeira Guerra Mundial.

Edições (1)

ver mais
No Tribunal de Meu Pai

Similares

(1) ver mais
Shosha

Resenhas para No Tribunal de Meu Pai (2)

ver mais
No tribunal de meu pai
on 31/1/11


Nunca conheci ninguém que tenha lido um único conto que seja de Isaac Singer e não tenha sentido um assombro. Para mim ele só perde em genialidade e invenção ao velho e cansado Joyce, senhor das palavras e das conexões entre as coisas. Este sujeito tem uma imaginação dos diabos e sabe mesmo contar uma história. Lembro sempre do prazer de lê-lo, tantas vezes, em circunstâncias tão díspares, sempre me surpreendendo, sempre aprendendo um tanto. Neste "No tribunal de meu pai", somos aprese... leia mais

Estatísticas

Desejam13
Trocam1
Avaliações 4.4 / 29
5
ranking 52
52%
4
ranking 41
41%
3
ranking 7
7%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

43%

57%

Renato Bargiela
cadastrou em:
20/02/2009 09:01:45