Nós

Nós Ievguêni Zamiátin


Compartilhe


Nós





Neste romance, escrito em 1920, Zamiatine descreve, mais do que um mundo futuro, as relações humanas nesse mundo, que é eficazmente produtivista, limpo, desprovido de emoção.
As figuras humanas visíveis são apenas as dos adultos; os velhos e as crianças não estão presentes na narrativa. Os homens e as mulheres são aparentemente iguais, a começar pelo vestuário, funcional e simples (os unifs); todos têm números, e não nomes.
O meio circundante corresponde necessariamente a este tipo humano: visto a individua-lidade não existir, os apartamentos são transparentes. Só nas relações sexuais, superiormente organizadas, obedecendo sempre a um dia e a uma hora pré-determinados, surge um vislumbre de privacidade: fecham-se as persianas do quarto.
Trata-se, enfim, de uma ficção sobre o triunfo da racionalidade num sistema social em que cada pessoa se dissipa numa ideia de comunidade.

Ficção científica

Edições (3)

ver mais
Nós [DUPLICADO]
Nós
Nós

Similares

(53) ver mais
A Ilha (Island)
Fahrenheit 451
1984
Lições de literatura russa

Resenhas para Nós (7)

ver mais
Qual a minha doença doutor? Você adquiriu individualidade
on 18/4/21


"Uma antevisão brilhante dum sistema que quis dar aos homens a Felicidade (a Organizacao) em troca da Liberdade (que é sempre Erro, Crime, Barbárie, Desorganização). É o retrato robô dum Libertador que não resistiu à tentação de encerrar os povos que libertou dentro dos Muros Inabaláveis da Verdade para poupá-los á Dor e ao Contágio dos Vírus do Erro, da Diversidade. Do Eu. Com resultados paradoxais, como se sabe: a reclusão faz desenvolver o vírus da liberdade, da mesma forma que a li... leia mais

Estatísticas

Desejam148
Trocam1
Avaliações 4.0 / 94
5
ranking 33
33%
4
ranking 43
43%
3
ranking 24
24%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

40%

60%

Cesar
cadastrou em:
28/03/2014 00:37:41

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR