O Beijo da Mulher Aranha

O Beijo da Mulher Aranha Manuel Puig




O Beijo da Mulher Aranha





" Numa cela, dois presos. Um, político. O outro, um homossexual acusado de corromper menores. O que se pode fazer na solidão de uma cela que fede ( um deles está com os intestinos soltos ), senão conversar o tempo inteiro ? Falar da vida, da realidade, das coisas que aconteceram aos personagens. E quando não há vida , ou ela é brutal demais, é necessário reinventá-la ... E de repente, do meio da imundície daquela cela, da solidão de dois homens diferentes, mas ligados pelo que têm de humano, ambos vítimas da mesma violência de um regime, surge um quadro terrível de um sistema político social ... Um livro político que não é chato, nem estereotipado, nem panfletário. Surpreende a cada passo ... " --- ( IGNÁCIO DE LOYOLA BRANDÃO )



Em "O beijo da mulher aranha" ,Puig mescla teorias acerca o homossexualismo, filmes antigos , pensamentos dos personagens e uma história de amor.À exceção dos filmes e das teorias o romance não apresenta narrador ocorre apenas por meio de diálogos e relatórios policiais.Me parece que a ausência de narrador não é um simples capricho do autor,é sim uma forma de deixar a história que poderia ser apelativa ou agressiva à leitores mais conservadores mais sutil e doce.São contadas duas cenas de sexo que se tivessem sido narradas da forma tradicional poderiam chocar muita gente, mas da forma que o autor as mostrou elas são singelas e rápidas, entram meio que sem querer no enredo e saem como se nem tivessem entrado.Outro ponto interessante da estruturação foi os personagens, principalmente Molina que chega a ser tão afeminado que para um leitor menos atento se passa facilmente por mulher sendo assim torna ainda menos chocante e mais apaixonante a história de amor dos prisioneiros pois não chega a ser uma relação entre dois homens adultos e sim entre um homem forte e uma pseudo mulher submissa.O contraste que acontece entre a história de amor central e as história de amor dos filmes que Molina conta também propicia que o livro se torne mais doce, pois a história deles é tão mais real mais próxima das históras de amor das pessoas comuns(se comparadas com as dos filmes) que terminamos por ficar menos sujeitos as nos chocar e mais apaixonados e quando nos damos conta de quem são nos tornamos também menos preconceituosos em relação ao amor homossexual.


Edições (5)

ver mais
O Beijo da Mulher Aranha
O Beijo da Mulher Aranha
O Beijo da Mulher Aranha
O Beijo da Mulher Aranha

Similares

(1) ver mais
Mulheres que não sabem chorar

Resenhas para O Beijo da Mulher Aranha (11)

ver mais
História simples e com conteúdo
on 10/7/10


A convivência de Molina e Valentin é tão leve que parece não existir o conflito sexual entre eles. Valentin trata de seus sonhos, sua luta, os companheiros; Molina pensa em sair da cadeia para cuidar de sua mãe, mas acima de tudo, deseja conquistar o afeto de seu companheiro de cela. Os estudos sobre homossexualismo nas notas de rodapé são esclarecedores para quem ainda insiste com o preconceito e, o caso entre os personagens é tão natural e envolvente que nos coloca dentro da cena e ... leia mais

Vídeos O Beijo da Mulher Aranha (2)

ver mais
Biografia Manuel Puig

Biografia Manuel Puig

Kiss of the Spider Woman - Trailer

Kiss of the Spider Woman - Trailer


Estatísticas

Desejam59
Trocam28
Avaliações 3.8 / 408
5
ranking 27
27%
4
ranking 36
36%
3
ranking 31
31%
2
ranking 4
4%
1
ranking 3
3%

40%

60%

Beto
cadastrou em:
16/01/2009 16:20:04