O Bom Crioulo

O Bom Crioulo Adolfo Caminha


Compartilhe


O Bom Crioulo (Clássicos de Literatura Gay #Livro 2)


edição revista e anotada




Amaro, um imponente e lúbrico marinheiro negro, escravo fugido de uma fazenda do interior do Rio de Janeiro, apaixona-se por Aleixo, um jovem e ingénuo grumete branco, que conhece no seu navio de guerra. Mas o destino separa-os e, quando Amaro finalmente reencontra Aleixo, as suas piores suspeitas confirmam-se.

Quando foi publicado, em 1895, O Bom Crioulo foi recebido com escândalo pela crítica literária e silêncio pelo público, devido à frontalidade e ao erotismo, pouco usuais para a época, da sua abordagem a temas tabu, como o sexo inter-racial e a homossexualidade em ambiente militar. O romance foi esquecido na primeira metade do século XX mas voltaria a ser publicado na segunda metade do mesmo século, tendo posteriormente sido traduzido para o inglês, espanhol, alemão, francês e italiano. Atualmente, faz parte do programa de leituras do exame vestibular de muitas universidades brasileiras.

LGBT / GLS / Literatura Brasileira / Romance

Edições (3)

ver mais
O Bom-Crioulo
O Bom Crioulo
O Bom Crioulo

Similares


Resenhas para O Bom Crioulo (6)

ver mais
Dei 0
on 13/1/21


Não gostei. Mesmo sabendo que a característica do período é criticar e, de certa forma, satirizar arquétipos sociais, não consegui me envolver com as descrições animalescas ao longo do enredo, e, honestamente, se eu me encaixasse em algum dos grupos retratados, me sentiria profundamente ofendida. Li para o vestibular e espero nunca ler de novo. Só não dei 0 estrelas porque não tinha como.... leia mais

Estatísticas

Desejam19
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.3 / 61
5
ranking 20
20%
4
ranking 31
31%
3
ranking 33
33%
2
ranking 5
5%
1
ranking 11
11%

39%

61%

Gabriel
cadastrou em:
07/01/2021 18:01:11
Gabriel
editou em:
07/01/2021 18:02:39