O Cinema no Século

O Cinema no Século Paulo Emílio Sales Gomes


Compartilhe


O Cinema no Século





Muitos dos textos reunidos neste volume tiveram origem numa possível programação da incipiente Cinemateca Brasileira, entidade que Paulo Emílio tentou implantar por vinte anos. Serguei Eisenstein, Charles Chaplin, D. W. Griffith, Orson Welles, Federico Fellini e Jean Renoir são alguns dos nomes que formam o panteão do crítico e que servem de objeto de análise a ele neste volume de textos iluminados e esclarecedores.

Se hoje são nomes entronizados na estante de qualquer cinéfilo, na época em que Paulo Emílio escrevia suas obras eles estavam em pleno processo de consagração — e esses ensaios contribuíram de modo decisivo para esse processo no Brasil.

Como lembra o crítico Sergio Augusto no texto de orelha deste volume, Paulo Emílio permaneceu fiel a seus ídolos até o fim da vida.

Edições (1)

ver mais
O Cinema no Século

Similares

(5) ver mais
Revolução do Cinema Novo
A utopia no cinema brasileiro
Caixa Paulo Emílio
Tudo Sobre Cinema

Estatísticas

Desejam22
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.7 / 9
5
ranking 22
22%
4
ranking 22
22%
3
ranking 56
56%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

47%

53%

Marcos
cadastrou em:
12/02/2015 18:08:58