O Corcunda de Notre-Dame

O Corcunda de Notre-Dame Victor Hugo


Compartilhe


O Corcunda de Notre-Dame (Coleção Aventuras Grandiosas)





Em Paris do século XV, uma jovem e orgulhosa cigana, chamada Esmeralda, dança na praça da Catedral de Notre Dame. Sua beleza transtorna o arquidiácono Claudio Frollo, que, perturbado pela beleza da moça e querendo afastar-se dessa tentação, ordena que seu sineiro, o disforme Quasímodo, rapte a moça. Esmeralda é salva por um grupo de arqueiros, comandado pelo capitão da guarda Febo de Châteaupers. Quando a cigana reencontra Phoebus, alguns dias mais tarde, ela demonstra todo o amor que passou a dedicar-lhe. Apesar de comprometido com a jovem Flor de Lis, Febo fica seduzido pela cigana. Ele marca um encontro com ela em um local fechado mas, quando está chegando a seu objetivo, Frollo aparece e o apunhala.
Acusada de assassinato, a Bela Esmeralda não aceita, para escapar do Suplício, se entregar a Frollo. Quando é levada ao átrio da catedral para receber a sua sentença de morte, Quasímodo - que também a ama, porém de forma desinteressada - se apossa dela e a leva para dentro da igreja, onde a lei de abrigo a torna protegida. Quasimodo passa a noite tratando dela.
No entanto, os vagabundos com quem Esmeralda vive vêm libertá-la. Frollo aproveita-se do tumulto formado para levá-la com ele e tenta seduzi-la. Furioso com sua recusa, ele a entrega às garras de uma velha reclusa do "buraco dos ratos", uma eremita enterrada por sua vontade nesse buraco no chão e considerada louca. Porém, ao invés de despedaçar Esmeralda, a velha reconhece na cigana sua própria filha e a poupa. Esmeralda não consegue desfrutar de uma paz muito longa; logo em seguida, os guardas da cidade a encontram e ela é encaminhada novamente para a sua execução, na praça da catedral.
Do alto da Igreja de Nossa Senhora, Quasímodo e Frollo assistem à execução. Quasímodo, louco de desespero, atira o padre do alto da torre e desaparece para sempre. Muito tempo depois, ao ser aberto o ossário de Montfaucon, são encontrados dois esqueletos abraçados; um deles, com uma visível deformação da espinha.
Principais Personagens

Drama / Ficção / História / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (35)

ver mais
O Corcunda de Notre-Dame
O corcunda de Notre Dame
O Corcunda de Notre Dame
O Corcunda de Notre Dame

Similares

(23) ver mais
Aventuras de Alice no País das Maravilhas
O Engenhoso Fidalgo D. Quixote de La Mancha
Dom Quixote de La Mancha
O nome da Rosa

Resenhas para O Corcunda de Notre-Dame (284)

ver mais
Romance originado por uma única palavra: Fatalidade.
on 12/4/11


O Corcunda de Notre-Dame ou Notre-Dame de Paris é mais que um simples romance, é um texto histórico, Victor Hugo como grande historiador, usa toda sua diligencia no intuito de conscientizar o público a conservar o grande patrimônio histórico, a Catedral de Notre-Dame. Por isso o segundo nome é mais adequado, uma vez que o corcunda nem chega a ser o personagem principal. Como é de praxe nas obras hugolianas, este livro é recheado de passagen... leia mais

Vídeos O Corcunda de Notre-Dame (6)

ver mais
O CORCUNDA DE NOTRE-DAME, DE VICTOR HUGO (#227)

O CORCUNDA DE NOTRE-DAME, DE VICTOR HUGO (#22

Resenha: O Corcunda de Notre Dame ? Victor Hugo ? Notre Dame de Paris ?  Livro + HQ

Resenha: O Corcunda de Notre Dame ? Victor Hu

O CORCUNDA DE NOTRE DAME | RESENHA | #CLASSICOTUBE | Patricia Lima

O CORCUNDA DE NOTRE DAME | RESENHA | #CLASSIC


Estatísticas

Desejam3.340
Trocam53
Avaliações 4.2 / 4.454
5
ranking 47
47%
4
ranking 35
35%
3
ranking 15
15%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

21%

79%

Gabriel
cadastrou em:
03/10/2013 10:21:46
Jéssica Brandão Alves
editou em:
02/09/2018 19:22:32