O dia em que você chegou

O dia em que você chegou Nana Pauvolih


Compartilhe


O dia em que você chegou





Angelina Porto aprendeu desde cedo como a vida poderia ser difícil. Perdeu a mãe na infância, o pai na adolescência, não tem parentes vivos. Encontrou refúgio na casa da amiga de escola e vizinha, Lila, sem imaginar o que o destino ainda reservava para ela. O sofrimento piorou quando desenvolveu uma doença que causa muita dor e demora a ser diagnosticada.

Anos depois, com seus movimentos comprometidos, membros deformados, ela precisa aprender a conviver com a Artrite Reumatoide avançada, com as limitações e decepções que a doença traz para sua vida. Insegura, introspectiva e realista demais, Angelina não quer ser fardo para ninguém e se conforma em viver sozinha. Até conhecer Valentim Mattos Guerra no Dia dos Namorados. Valentim é o oposto dela em tudo. Um homem feliz, de bem com a vida, esportista, agitado, que ama o sol, o movimento e o prazer. Ele engole a vida como se ela estivesse ali para ser saboreada sem medo. Vem de uma ótima família, é amado, querido, tem muitos amigos e mulheres apaixonadas. Um privilegiado.

Um encontro inesperado, uma troca de olhares que faz o tempo parar e une duas pessoas completamente diferentes. Uma faísca carregada de desejo, incerteza e mistério mexe com Valentim e Angelina e, por um momento, nada parece impossível.
Ilusão ou esperança? Um amor a primeira vista ou apenas um mistério prestes a acabar diante de uma dura realidade?
Pode o amor ultrapassar todas as barreiras? Valentim e Angelina vão descobrir.

Erótico / Romance

Edições (1)

ver mais
O dia em que você chegou

Similares


Resenhas para O dia em que você chegou (28)

ver mais
Eu amei! Que estória linda!
on 16/6/19


Começo dizendo que essa estória é linda demais! Me encantei pela Angelina e pelo Valentim. Dois personagens lindos, fortes e encantadores. Como sempre a Nana arrasou! Amei o desenvolvimento dos personagens e principalmente a melhora da Angelina! Além disso, foi lindo demais rever dois personagens queridos de uma outra estória da Nana. Já adianto que é de um violoncelista lindo e querido por todas as nanetes! Gostei também da Madalena! Só desejo de coração um conto dela, Nana (por... leia mais

Estatísticas

Desejam36
Trocam1
Avaliações 4.4 / 337
5
ranking 64
64%
4
ranking 26
26%
3
ranking 8
8%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

1%

99%

Ceginara
cadastrou em:
26/05/2019 21:10:35