O ensinamento Zen de Bodidarma

O ensinamento Zen de Bodidarma Bodidarma


Compartilhe


O ensinamento Zen de Bodidarma





O Zen foi levado para a China por um monge budista indiano do século V, chamado Bodidarma. Ele teria também introduzido ali o kung-fu. Embora a tradição baseada em seus ensinamentos só tenha realmente florescido duzentos anos após sua morte, hoje milhões de zen budistas e estudantes de kung-fu o consideram seu pai espiritual.

Enquanto outros mestres viam a prática Zen como purificação da mente, ou etapa no caminho da iluminação, Bodidarma afirmava que a prática já era iluminação perfeita e que o Zen estava inserido na vida cotidiana. Ao invés de mandar seus discípulos purificar a mente, ele os ensinava a contemplar a própria mente – uma parede de pedra, os movimentos de tigres e garças, um bambu flutuando no rio.

Esta edição bilíngue, o único volume da obra do grande mestre atualmente disponível em português, apresenta na íntegra seus quatro maiores ensinamentos. O “Esquema da Prática” descreve os quatro hábitos inclusivos que levam à iluminação. O “Sermão da Corrente Sanguínea” exorta os estudantes a buscarem o Buda vendo sua própria natureza. O “Sermão do Despertar” ensina que a essência do Caminho é o desapego e a meta de quem pratica é a liberdade das aparências. Por fim, o “Sermão da Descoberta” defende a premissa de que o método mais essencial para alcançar a iluminação é contemplar a mente.
O texto original em chinês, apresentado nas páginas espelhadas, foi retirado de uma edição em xilogravura da dinastia Ch’ing.

Autoajuda / Esoterismo / Filosofia / Literatura Estrangeira / Psicologia / Religião e Espiritualidade / Sociologia

Edições (1)

ver mais
O ensinamento Zen de Bodidarma

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Ricardo
cadastrou em:
04/01/2019 09:34:17
Dover
editou em:
16/06/2020 04:36:27