O Futuro dos que Ardem por um Passado Melhor

O Futuro dos que Ardem por um Passado Melhor Daniel Falcon Lins


Compartilhe


O Futuro dos que Ardem por um Passado Melhor





Em seu primeiro romance, o escritor e diplomata Daniel Falcon Lins, baiano educado em diferentes localidades e realidades, e que viveu em países tanto distantes quanto díspares como Malásia, Alemanha, Índia e Argentina, constrói uma ficção distópica permeada de humor e ironia para falar de problemas da contemporaneidade e do Brasil atual.

O anti-herói Viterley Phivo, rapaz de origem humilde em Pernambuco, vai parar em Brasília pelas mãos de uma família de políticos que empregam seus pais. No século vinte e dois, a capital brasileira é varrida pela poeira vermelha do cerrado arrasado e assombrada por gente que perdeu o juízo por exagerar nos estimuladores químicos e outros aparatos tecnológicos – verdadeiros zumbis.

O cenário mudou, mas o arcabouço político não. Frustrado em suas ambições pessoais, Viterley conhece “o Satanista”, figura controversa que o incentiva a se envolver em circunstâncias cada vez mais perigosas e arriscadas, em um processo que definirá os rumos da nação brasileira. Ele também se envolve com a sedutora Mirleyne, cujas verdadeiras intenções são uma incógnita.

"O futuro dos que ardem por um passado melhor” está em sintonia com as melhores distopias ao estilo de “1984”. O enredo original é narrado de forma vívida e envolvente por Daniel Falcon Lins, que através das “mentiras” da ficção, nos conta verdades. Um livro que instiga, desperta e nos dá muito em que pensar.

Distopia / Ficção

Edições (1)

ver mais
O Futuro dos que Ardem por um Passado Melhor

Similares


Resenhas para O Futuro dos que Ardem por um Passado Melhor (1)

ver mais
Distopia Brasileira

Aviso de Gatilho para um monte de coisa violenta. Viterley Phivo (e esse não é o nome mais estranho que você vai encontrar aqui) é um jovem que se mudou de Pernambuco para morar em Brasília com ajuda de uma família de políticos, mas o mundo não é mais como o conhecemos: no século XXII o país sofreu grandes alterações em suas políticas, no cenário e nas pessoas que agora se encontram sempre conectadas e usando estimulantes químicos até perderem a sanidade. Em O FUTURO DOS QUE ARDE... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.5 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 50
50%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

43%

57%

Mialle @mialleverso
cadastrou em:
29/05/2021 10:25:04
Mialle @mialleverso
editou em:
29/05/2021 10:25:27

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR