O homem e seus símbolos

O homem e seus símbolos C. G. Jung




O homem e seus símbolos





Inspirado por um sonho do autor e concluído apenas dez dias antes de sua morte, este livro constitui uma tentativa de expor os princípios fundamentais da análise junguiana para o leitor, sem qualquer obrigatoriedade de conhecimento especializado de psicologia. No livro, Jung acentua que o homem só se realiza através do conhecimento e aceitação do seu inconsciente - conhecimento que ele adquire por intermédio dos sonhos e seus símbolos. Enriquecido com mais de 500 ilustrações, que compreende seis capítulos escritos pelo próprio Jung e cinco de seus principais discípulos, é de importância capaital para a compreensão de uma das mais obras mais fundamentais dos tempos modernos.

Sinopse longa
A editora HarperCollins Brasil apresenta ao público brasileiro a nova edição de uma das obras fundamentais da psicanálise. Um dos livros de maior importância no progresso das ciências da psicologia analítica, nos seus revolucionários métodos atuais. O primeiro e único trabalho em que Carl G. Jung, o famoso psicólogo e filósofo suíço, explica ao leigo aquilo que constitui sua maior contribuição ao conhecimento da mente humana: a sua teoria a respeito da importância dos simbolismo. Sobretudo, o simbolismo dos sonhos.

Não fora um sonho e este livro não teria sido escrito. Descrito na Introdução, este sonho convenceu Jung de que ele poderia e, na verdade, deveria expor suas ideias aos que não têm qualquer noção de psicologia. Aos 83 anos, Jung concebeu este livro, inclusive as seções que entregou aos cuidados de seus discípulos. Dedicou os últimos meses de vida a editar esta obra e a redigir o capítulo chave, por ele assinado. E terminou apenas dez dias antes de morrer.

Em O homem e seus símbolos, Jung acentua que o homem só se realiza por meio do conhecimento e da aceitação do seu inconsciente conhecimento que se adquire por intermédio dos sonhos e seus símbolos. Cada sonho é uma mensagem direta, pessoal e significativa enviada ao sonhador. Uma comunicação que se utiliza de símbolos comuns a toda a humanidade, mas sempre de maneira individual. E que só alcança interpretação através de um código inteiramente peculiar.

Mais de 500 ilustrações complementam o texto e fornecem um comentário visual ao pensamento de Jung, a quem se deve os estudos criadores sobre o inconsciente coletivo. Mostram a natureza e a função dos sonhos; exploram o sentido simbólico da arte moderna e revelam a significação psicológica das experiências comuns da nossa vida cotidiana. Como escreveu o autor: [O homem contemporâneo] não consegue perceber que, apesar de toda a sua racionalização e toda a sua eficiência, continua possuído por forças além do seu controle. Seus deuses e demônios absolutamente não desaparecem; têm apenas novos novos. XXX E conservam-no em contato íntimo com a inquietude, as apreensões vagas, as complicações psicológicas, que produzem uma insaciável necessidade de pílulas, álcool, fumo, alimento e, acima de tudo, uma enorme coleção de neurose.

Psicologia

Edições (5)

ver mais
O homem e seus símbolos
O Homem e Seus Símbolos
O Homem e seus Símbolos
O homem e seus símbolos

Similares

(34) ver mais
A Vida Simbólica
Signos, Símbolos e Mitos
Seminários sobre análise de sonhos
Seminários sobre Psicologia Analítica (1925)

Resenhas para O homem e seus símbolos (21)

ver mais
JUNG, UM CONVITE
on 12/8/09


O homem e seus símbolos poderia se chamar Um convite a si mesmo, e, ainda assim, passaria batido às vistas dos que procuram auto-ajuda nas estantes de livraria, pois, apesar da didática com que foi escrito, não se trata de uma leitura tão fácil. Em quase 500 páginas, as principais teorias junguianas são cuidadosamente comentadas e ilustradas através de imagens e relatos oníricos, não sendo, contudo, bastantes. É "apenas" um belo resumo, um preâmbulo diante dos seus muitos livros, escri... leia mais

Estatísticas

Desejam367
Trocam7
Avaliações 4.4 / 821
5
ranking 60
60%
4
ranking 25
25%
3
ranking 11
11%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

43%

57%

ThaisRods
cadastrou em:
06/04/2016 15:45:33
Pri Paiva
editou em:
11/04/2016 17:43:49
Pri Paiva
aprovou em:
11/04/2016 17:44:05