O Imperador de Todos os Males

O Imperador de Todos os Males SIDDAHARTHA MUKHERJEE




O Imperador de Todos os Males


Uma biografia do Câncer




Em 2010, mais de 7 milhões de pessoas morreram de câncer em todo o mundo. Nos Estados Unidos, uma em cada três mulheres e um em cada dois homens desenvolveram essa doença durante a vida. Em alguns países, o câncer será a causa de morte mais comum, superando as doenças coronarianas. Mas, afinal, o que é essa doença? "Quem" é o câncer?

O primeiro registro da doença é um papiro egípcio do século VII a.C. No entanto, são raras as referências ao câncer antes do século XIX, já que as pessoas morriam de flagelos para os quais existe tratamento hoje, como tuberculose, cólera, varíola, peste ou pneumonia. Como prolongamento da vida humana, o câncer foi levado para o primeiro plano, tornando-se a doença mais temerosa da civilização moderna, o que justificou na segunda metade do século XX, a intensificação da batalha épica da medicina contra um mal cuja causa era desconhecida.

O livro narra em detalhes as etapas do processo cheio de idas e vindas da pesquisa da doença, as promessas de vitórias e as recaídas, as radicalizações temerárias de tratamentos como a mastectomia e a quimioterapia, e a importância tardia dada à prevenção, que levou a avanços como o exame de Papanicolau e o combate ao fumo.

Em linguagem acessível, Mukherjee revela os notáveis resultados da recente pesquisa genética, que desvendam o mecanismoíntimo da doença e vão sendo paulatinamente incorporados ao tratamento. Tudo isso numa linguagem que tem a precisão do cientista e a paixão do biógrafo que não esconde sua admiração por um mal capaz de assumir muitas formas e que está à nossa frente na corrida pela imortalidade.

Edições (1)

ver mais
O Imperador de Todos os Males

Similares

(3) ver mais
Mortais
A Vida Imortal de Henrietta Lacks
SECULO DOS CIRURGIOES

Resenhas para O Imperador de Todos os Males (5)

ver mais
A Distorção da Natureza?
on 15/12/15


O autor cumpre a proposta de biografar uma doença tão temida, mas tão pouco conhecida. Por isso, esse livro esclarece-nos sobre a temporalidade da doença e as modificações na sua história natural: a primeira documentação no tempo dos faraós, as descobertas empíricas das primeiras quimioterapias, o surgimento das causas ambientais, o advento dos exames diagnósticos e de rastreio (prevenção!); A cruzada contra o câncer nos EUA, marketing e propaganda, a correlação com a epi/pandemia da A... leia mais

Estatísticas

Desejam102
Trocam2
Avaliações 4.6 / 142
5
ranking 70
70%
4
ranking 25
25%
3
ranking 6
6%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

41%

59%

Adriano
cadastrou em:
14/02/2012 16:29:03