php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Temporary failure in name resolution O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres
O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres

O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres Valquíria Vlad


Compartilhe


O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres





Uma época perigosa e autêntica para a força feminina

O período vitoriano é conhecido por ser muito singular na relação de gêneros, trabalho, casamento e diversos outros tabus do passado. Mulheres precisavam de muita energia, força e coragem para sairem dos padrões tão comuns da sociedade. Neste livro de ficção, você conhecerá histórias de mulheres que se sobressaíram das mais diversas maneiras, publicadas em uma coluna de jornal conhecida como O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres.

Introdução

Infame, vitoriano e feminino. Assim era o Clube das Mulheres Livres, uma coluna de jornal que lançava periodicamente histórias de mulheres fortes, livres e sonhadoras que lutaram para encontrar seu caminho para a felicidade e triunfar sobre a opressão de toda uma era.

O Clube nasceu na Inglaterra vitoriana do século XIX, quando uma mulher quebrou todos os paradigmas impostos pela sociedade ao publicar contos para o público feminino. Apelidaram-na de A Dama, e pouco se sabia sobre sua origem até que um misterioso baú foi encontrado na antiga sede do jornal, décadas depois do Clube ter sido encerrado. Dentro dele, haviam exemplares do periódico contendo as histórias assinadas pela Dama, e cartas originais que narravam escândalos, aventuras, perseguições, casamentos infelizes e luta por igualdade. Histórias reais que a inspiraram a escrever seus contos, que por si só inspiraram outras mulheres daquele tempo.

Os textos a seguir são apenas fragmentos do material encontrado dentro deste misterioso baú. Alguns deles trazem pistas que podem nos levar a descobrir quem era A Dama, e outros nos mostram como as mulheres são, acima de tudo, detentoras de seu próprio destino.

Um livro artístico

Em extras, você conhecerá mais de 20 propagandas vitorianas originais entre as páginas impressas em papel pólen bold 90g e capa em 300g. O livro também recebe um tratamento especial de projeto gráfico entre o moderno e o antigo, exatamente como o livro precisa ser ♥

Contos

Edições (1)

ver mais
O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres

Similares

(4) ver mais
Rastro de Sangue: Jack, o Estripador
Rastro de Sangue: Príncipe Drácula
Dracula

Resenhas para O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres (91)

ver mais
O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres
on 30/8/20


Em contos singelos, retratados na era vitoriana, este pequeno livro nos transporta para um período em que as mulheres não tinham voz, eram tratadas como menos do que seres humanos, como se não tivessem inteligência, como se suas opiniões não fossem relevantes o suficiente para serem ouvidas. Nos são apresentados doze contos e, ao final, um texto espetacular sobre a escritora Emília de Freitas e o que o cenário brasileiro do final do século XIX e início do século XX representava para... leia mais

Estatísticas

Desejam192
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.2 / 396
5
ranking 48
48%
4
ranking 39
39%
3
ranking 9
9%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

6%

94%

Arthur Magnum Mariano
cadastrou em:
24/03/2019 14:09:42
Setsuna
editou em:
07/06/2020 17:57:38