O Livro das Maravilhas

O Livro das Maravilhas Marco Polo


Compartilhe


O Livro das Maravilhas





No fim do século XIII, a Europa cristã prepara-se para o grande mergulho que, da perda da Terra Santa à Peste Negra e da Peste Negra ao Grande Cisma, a conduzirá para a Renascença. O mundo islâmico sofre o ataque mongol. O Califado, o Bizâncio e o Santo Império Germânico entram em declínio. É nesta época transitória que três mercadores venezianos, Nicola, Mafeo e Marco Polo, vão deixar sua marca no mundo. De 1250 a 1270, os dois mais velhos visitam Constantinopla, a Rússia e vão em direção à China. Em 1271, Marco Polo junta-se a eles. Atravessam os planaltos da Anatólia, do Irã, o Alto Afeganistão, o Pamir e o Turquistão chinês para chegar a Pequim. Ficam 16 anos na China. A volta os conduzirá a outras regiões: a Indochina, a Indonésia, o Ceilão, as costas indianas. E mesmo regiões não visitadas, como as costas da Arábia, a Etiópia e o litoral africano até Zanzibar, serão fielmente descritas. O livro de Marco Polo apresenta-se ao leitor de hoje não somente como uma geografia completa de seu tempo, como também um testemunho único que exibe aos olhos de uma Europa em crise as incomparáveis riquezas e o grau de civilização da Ásia. Marco Polo encerra a era dos geógrafos do lendário para inaugurar a dos exploradores e colonizadores dos tempos modernos.

Edições (4)

ver mais
O Livro das Maravilhas
O Livro das Maravilhas
O Livro das Maravilhas
O Livro das Maravilhas

Similares

(40) ver mais
Carta de Pero Vaz de Caminha
A Primeira Viagem ao Redor do Mundo
Diários da Descoberta da América
Paraíso Destruído

Resenhas para O Livro das Maravilhas (2)

ver mais
Historicamente importante, porém bastante monótono
on 21/1/17


Se sua intenção ao ler este livro é ter uma leitura agradável e interessante, eu não recomendo. O livro tem grande importância histórica, pois descreve diversos lugares e suas riquezas, além de rotas e costumes culturais, o que posteriormente incentivou e contribuiu para a era das grandes navegações. Por outro lado, é descritivo e repetitivo ao extremo, chegando a tornar-se monótono, exceto uma ou outra parte. Não recomendo se seu interesse for uma leitura atrativa.... leia mais

Estatísticas

Desejam21
Trocam3
Avaliações 3.6 / 79
5
ranking 23
23%
4
ranking 27
27%
3
ranking 39
39%
2
ranking 9
9%
1
ranking 3
3%

64%

36%

Andre Amaral
cadastrou em:
14/04/2009 23:52:45